Incrível!

Publicado 2016-05-19
2 Comentário

20 construções imponentes e abandonadas que você não pode deixar de ver

Ao longo da história o ser humano foi capaz de criar construções impressionantes que, no final das contas, não serviram para muita coisa ou simplesmente tiveram que ser abandonadas devido ao seu alto custo de manutenção ou falta de uso. Por vezes, erros de projeto ou mudanças geopolíticas deixam à ruína e ao abandono várias construções que se tornam lugares extremamente perturbadores e estranhos. Aqui mostramos a você as 20 construções mais impressionantes que foram abandonadas pelo homem ao longo dos anos.

1. Estação Internacional de Canfranc

1. Estação Internacional de Canfranc

No início do século XIX, a Espanha e o governo francês decidiram construir esta estação gigantesca, superada em tamanho apenas pela estação de Leipzig, na Alemanha. Eles não se preocuparam com os custos pois era para ser a estação mais ao norte da Espanha, facilitando o acesso a outros países europeus. No entanto, após 10 anos de obras, túneis e mais de sete mil metros de linhas férreas, não havia muitos viajantes usando a estação de Canfranc e, por isso, decidiram fechá-la.

1. Estação Internacional de Canfranc 1

2. As fortalezas marinhas de Maunsell

Elas foram construídas sobre o leito da barreira do Tâmisa, em 1942 pela Marinha Real, para combater os ataques aéreos alemães na Segunda Guerra Mundial. Essas construções eram equipadas com poderosos canhões antiaéreos de 3,75 polegadas, canhões marítimos, radares e geradores de energia autônomos.

2. As fortalezas marinhas de Maunsell

3. A cidade de Pripyat

Após o desastre nuclear de Chernobyl, o governo ucraniano foi forçado a criar uma "zona de exclusão" num raio de 30 quilômetros ao redor da cidade. Assim começou a história da cidade fantasma de Pripyat. Quando a central nuclear de Chernobil foi construída, a cidade de Pripyat foi também criada para ser o lar das famílias e dos trabalhadores da central nuclear. No dia do acidente, 26 de abril de 1986, os 50.000 habitantes de Pripyat foram evacuados com emergência.

3. A cidade de Pripyat

Televisores, brinquedos, móveis, objetos de valor, documentos e registros foram abandonados, uma vez que os moradores foram autorizados a levarem apenas uma mala de viagem por família. Apesar da proibição, a cidade foi invadida várias vezes e no início de 2000 já não havia nada de valor na área. O vandalismo e a falta de manutenção aceleraram a deterioração desta cidade deserta, onde não é raro encontrar animais e árvores crescendo no interior das casas abandonadas.

4. Ca 'Dario, a casa assassina

4. Ca 'Dario, a casa assassina

Todos os proprietários dessa mansão veneziana de luxo morreram de forma violenta, sem exceção, entre 1487 e 1993. Uma coincidência macabra que deu fama ao maldito lugar. Os venezianos dizem que Ca 'Dario é "a casa que mata". Além disso, a maioria das mortes violentas ocorreram dentro da casa.

4. Ca 'Dario, a casa assassina 1

5. O cemitério de Abney Park: um outro mundo no centro de Londres

Não tem nenhum lugar mais tranquilo em Londres do que neste cemitério espetacular. Quase escondidas pela névoa, dezenas de estátuas e esculturas observam todos aqueles que passeiam por este cemitério carregado de mistérios e histórias macabras.

5. O cemitério de Abney Park: um outro mundo no centro de Londres

6. A antiga estação de Chamberí

A estação de Chamberí foi construída em 1919, formando parte da linha 1 entre as estações "Igreja" e "Bilbao", encontrando-se em pleno funcionamento até 1966.
No mesmo ano, a cidade decidiu aumentar a capacidade dos trens. No entanto, Chamberí estava localizada numa curva e a sua arquitetura não permitia que se realizassem trabalhos de expansão, tendo sido fechada. Em 2006, o Metrô e a Câmara Municipal de Madrid lançaram o projeto "Andén" para reabilitar a antiga estação em forma de museu.

6. A antiga estação de Chamberí

7. O hospital do pulmão

Localizado nas imediações da cidade de Terrassa, este antigo hospital aberto em 1952 se especializava em doenças respiratórias e é o local onde muitas pessoas morreram de tuberculose. Desde que foi fechado em 1997, os visitantes corajosos afirmam ter testemunhado todos os tipos de fenômenos estranhos.

7. O hospital do pulmão

8. AMARC, o maior cemitério de aviões do mundo

Em pleno coração do deserto de Mohave, em Tucson, Arizona, encontra-se o AMARC (Aerospace Maintenance And Regeneration Center), o maior cemitério de aviões do mundo.

8. AMARC, o maior cemitério de aviões do mundo

9. Escola veterinária abandonada

Não sabemos exatamente qual a localização exata desta extraordinária e gigantesca escola veterinária cujos salões e tetos espetaculares nos levam a pensar de que se tratava, em outros tempos, de um estabelecimento muito importante e prestigiado.

9. Escola veterinária abandonada

10. Centro psiquiátrico Danvers

Construído em 1874 por 1,5 milhão de dólares, o centro Danvers imediatamente se tornou uma das instituições médicas mais luxuosas e importantes da época. Apesar de ser um psiquiatra, o Dr. Thomas Kirkbride decidiu não adotar as más práticas de outros centros, baseando a sua filosofia de cura no bem-estar dos presos, proporcionando-lhes um tratamento amigável e o mais humano possível.

10. Centro psiquiátrico Danvers

11. Bases de submarinos na Rússia

A Rússia possuiu a maior frota de submarinos nucleares do mundo, e foi obviamente necessário construir instalações gigantescas para a construção, manutenção e abrigo destes submarinos. Esta base naval escavada por baixo de uma montanha possui centenas de túneis semi-aquáticos que deram proteção a estes gigantes de ferro.
Esta base naval escavada por baixo de uma montanha possui centenas de túneis semi-aquáticos que deram proteção a estes gigantes de ferro.

12. Barcos abandonados no Mar de Aral

Infelizmente, o Mar de Aral secou completamente e, onde antes havia um paraíso de vida marinha, hoje é apenas um vale árido e desbotado. Na sua superfície, existem centenas de navios velhos e enferrujados que ficaram presos neste deserto de areia e sal.

13. A mansão Excelsior

Este magnífico palácio indiano situado no coração de Luarca, Asturias, foi construído em 1912 por Manuel Mendez de Andes, o sobrinho de um importante empresário asturiano que fez fortuna na Argentina em meados do século XIX. Hoje em dia, o lugar acabou sendo abandonado pelos seus herdeiros, ficando lentamente à mercê do tempo e dos vândalos.

11. Bases de submarinos na Rússia

14. A cidade perdida de Mao

Em 1970, sob a liderança de Mao Zedong, a China decidiu construir esta impressionante cidade subterrânea, como precaução contra um possível ataque nuclear. Vários anos passaram e a guerra nuclear não aconteceu. No entanto, centenas de pessoas continuaram a viver na cidade, permanecendo dentro das instalações sem autorização, transformando-as em uma espécie de casa.

15. O cemitério de trens de Uyuni

Uyuni é conhecida mundialmente pelo seu “salar” - uma enorme extensão branca de sal e lítio rodeada por montanhas pitorescas e lagos de cores. Além disso, também tem um cemitério de trens oxidados que atrai muitos turistas e amantes da fotografia.

12. Barcos abandonados no Mar de Aral

16. As criptas obscuras de Namur e Laeken

Em 1878, Emile Bockstael, o chefe da administração municipal da cidade belga de Laeken, mandou reformar o antigo cemitério da cidade e construir uma imponente cripta de luxo com três galerias principais e mais de uma dúzia delas em cruz. O projeto era tão agradável e funcional, que imediatamente muitas cidades vizinhas decidiram copiar o modelo. A cidade de Namur terminou a sua cópia exata, embora de tamanho menor, em 1885. No entanto, a cripta foi se deteriorando devido à umidade e infiltração de água proveniente do terrento, e acabou sendo abandonada um século depois.

17. Faróis nucleares abandonados na costa russa

A costa norte russa está localizada perto do Círculo Polar Ártico, onde não se pode ver a luz solar durante o inverno. Para evitar acidentes na área, a União Soviética decidiu construir uma cadeia de faróis para orientar os navios a navegar por esta área. Totalmente isolados da civilização, os faróis deviam ser autônomos e, por isso, os engenheiros russos incorporaram pequenos reatores atômicos capazes de administrar energia contínua para alimentar as suas luzes potentes.

18. O parque de diversões "Mattari o Takakonuma Greenland", no Japão

Inaugurado em 1973, este impressionante parque de diversões japonês esteve ativo até ao início dos anos 80. No entanto, a falta de investimento em novas atracções o deixou obsoleto e as pessoas começaram a visitar outros parques mais modernos.

19. O teatro Varia

A decadência e a negligência também podem afetar os lugares mais bonitos e emblemáticos como o teatro Varia. Ele foi considerado um dos mais famosos centros artísticos de Leisure (na Bélgica). O edifício de estilo Art Nouveau foi construído em 1913 pelo arquiteto E. Claesy, mas apesar de ter sobrevivido à primeira guerra mundial, com o passar do tempo e a falta de manutenção ficou em ruínas.

20. Teufelsberg, os últimos restos da espionagem da Guerra Fria

Perto da floresta de Grunewald, em Berlim, a NSA, Agência de Segurança Nacional americana, construiu uma das maiores e mais importantes estações de escuta da Guerra Fria. A partir das suas imponentes antenas parabólicas de longa distância, a agência americana descodificava as emissões da antiga RDA e da Polônia, os movimentos militares do Tratado de Varsóvia e todas as comunicações da Europa. Depois da queda do muro, a estação foi utilizada para operações de rastreamento da aviação civil por mais dois anos, até que foi finalmente destivada em 1991.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube!
Fonte das imagens: Twitter

13. A mansão Excelsior
8
O que você acha?! Juntar-se à conversa

9 lugares tenebrosos que você não deveria visitar
Amanda Teles
Amanda Teles 29/05/16 06:05
Tô com medo pq quando fui dormi eu ouvi na casa : sou Teresa figalgo faço 27 anos de Morta , repasse isso pâra 20 comentários se ñ sua mãe morrerá dia 20
Julio
Julio 22/05/16 23:37
Alguns dos locais citados não estão abandonados. E o caso do cemitério londrino e do cemitério de aviões americanos. Este último presta serviços de guarda e manutenção de aeronaves.