5 Comentário

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável

Judy Hunt Charest se perguntou por que quando estava prestes a chegar o Natal, seu pai sempre a segurava um pouco mais forte do que o normal e por que esses abraços eram mais carinhosos do que os outros.

Quando Judy completou 21 anos, sua mãe Margurite Hung revelou um comovente segredo de família. Ela nunca tinha dito nada a Judy, uma vez que sentia vergonha do que tinha acontecido duas décadas antes na véspera de Natal de 1956.

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 1

Marguerite havia mostrado sinais de doença mental e distúrbio bipolar. Enquanto muitos disseram que ela estava com depressão pós-parto, Marguerite sofria por outro motivos.

Judy disse: "Eu tinha 3 meses de idade e naqueles 3 meses, minha mãe tornou-se mais doente. Eles disseram que era depressão pós-parto e que ela iria superá-la, então não havia necessidade de se preocuparem. Mas então ela desapareceu comigo na véspera de Natal. Chegou a uma ponte e pulou no rio comigo em seus braços".

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 2

Naquele tempo, um trabalhador da Nashville Bridge Company, Harold Hogue, pulou na água gelada para salvar Judy. Outro trabalhador, Jack Knox também se jogou para salvar Marguerite.
Eles disseram que no choque com a água fria, a mulher saiu do estado de psicose e voltou à realidade. De repente, ela começou a gritar: "Meu bebê, meu bebê!" E foi então que Jack percebeu que havia um bebê.

Judy e Marguerite foram retiradas em um barco a remo. Enquanto os homens tentavam ressuscitar Marguerite, Harold só tinha a esperança de que o bebê fosse sobreviver. Ele agitou Judy em seus braços, fazendo-na expelir a água de seus pulmões.

Continue lendo essa comovente história nas próximas páginas!

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 3

"Mr. Hogue correu ao longo da costa me sacudindo por todo o caminho. Eu comecei a tossir e respirar, finalmente vindo a chorar. Se ele não tivesse feito tudo isso, eu provavelmente não estaria aqui hoje. Não havia água em meus pulmões e não tinha ossos quebrados. Estava perfeita. Foi um milagre para ambos."
Depois do acidente, Marguerite foi uma das primeiras mulheres no Tennessee com diagnóstico de transtorno bipolar. Uma vez tratada, ele teve uma vida feliz e saudável.

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 4

Ainda assim, a mãe guardou o segredo e a vergonha do que ela fez com seu bebê, até que contou à sua filha com 21 anos. Agora, 59 anos após o incidente, Judy conta a história.
"Eu acho que no final, minha mãe sentiu-se melhor sobre si mesma. Eu disse: Foi um milagre, olhe para nós agora. Poderia alguma coisa ter acontecido naquele dia, mas não aconteceu. Falei com médicos, paramédicos, bombeiros e perguntei as chances de sobrevivência de um bebê de 3 meses de idade cair de uma ponte em um rio gelado. Todo mundo disse não havia nenhuma. Ainda assim, aqui estou eu."

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 5

"Jack é um verdadeiro herói", disse Hogue, “merece tudo de bom que é dito sobre ele. Nossas vidas mudaram. Nos mudamos para Memphis. Aparentemente Jack morreu alguns anos atrás. Mas vamos contar a história para os nossos filhos. Especialmente no Natal."

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 6

"Eu nunca cheguei a saber mais sobre o bebê ou a mãe. Eu sempre penso sobre o que poderia ter acontecido." Por 60 anos Hogue não conhecia o paradeiro da mãe e o bebê. Mas após tanto tempo, ele descobriu os nomes das mulheres que salvou a vida. E ele descobriu que Judy não estava apenas viva, mas estava ansiosa para conhecê-lo. Quando finalmente eles se viram, foi um momento muito emocionante para todos.

Hogue diz em poucas palavras, mas humilde: "Eu fiz a minha pequena parte. Deus trabalha de formas estranhas."

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 7

Com esta bela história, desejamos que suas memórias sempre continuem a manter imagens das pessoas que tiveram uma grande influência em sua vida. Ah, sim! E, finalmente, vamos contar o presente recebido por Hogue de Judy pouco tempo atrás. Um pequeno relógio de bolso com uma inscrição datada de 24/12/56, dizendo: "Toda pessoa precisa de um herói. Obrigado por ser o meu."

Fonte: Imgur

Em 1956, ele resgatou uma menina que estava se afogando. 59 anos mais tarde, a mãe revela um segredo inimaginável 8
97
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Em 1956, ele resgatou uma bebezinha que estava se afogando. 59 anos depois, veio à luz esse segredo...
Hayna Sales
Hayna Sales 07/06/16 06:00
Página horrível pra quem acessa de smart Phone
Gloria Regina
Gloria Regina 07/06/16 06:00
Kd o resto da história?
Edinei G Guerra
Edinei G Guerra 07/06/16 06:00
A página só posta link
Rafaelly Dos Santos
Rafaelly Dos Santos 07/06/16 06:00
A criança sobreviveu e depois de 59 anos reencontrou o homem q a salvou e deu um relógio com a data da tragédia que a mãe dela bipolar tinha feito ..A mãe tinha transtorno bipolar e se jogou no rio com esse bb ae da foto , a bb só tinha 3 mêses de idade . só que no final deu tudo certo dois homens que salvaram a mãe maluca , salvaram a criança ..fim
Débora Britto
Débora Britto 07/06/16 06:00
Obrigado... kkkkk "Salvaram a mãe maluca" hahahahha Eu ri...
Débora Britto
Débora Britto 07/06/16 06:00
Obrigado... kkkkk "Salvaram a mãe maluca" hahahahha Eu ri...