PolêmicoAnimais

Publicado 2016-08-15
7 Comentário

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta!

O verdadeiro fenômeno social dos selfies feitos com telefones celulares atingiu um novo patamar. Novos negócios surgiram a partir das selfies assim como novas manias foram disseminadas, afinal de contas a moda não para. A revista russa “Slon” tem estudado o fenômeno da selfie e apresentou várias teorias que podem explicar o sucesso deste formato de fotografia. Uma das teorias aborda o crescimento do narcisismo humano. Então não é uma necessidade maior ou menor de se admirar, mas sim um instrumento tecnológico que facilita esta adoração.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 1

Mas a resposta não é o narcisismo já que isso existe desde a fotografia clássica. Na verdade, a causa de tanto sucesso é mais profunda. Para os fotógrafos, o objetivo era simplesmente o de preservar memórias. Hoje em dia todos nós podemos registrar fotos e depois acessar diferentes momentos de nossa vida através da Internet. Sendo assim, pode-se afirmar que o objetivo é manter um feed de notícias. Neste artigo iremos lhe contar uma das terríveis consequências das famosas selfies.
Clique em “Página seguinte” para continuar lendo o conteúdo do post.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 2

A tecnologia rodeia cada minuto de nossas vidas. Por toda parte vemos telefones, tablets, etc. O psicólogo britânico Bruce Hood afirma que o surgimento da selfie se deu devido a necessidade de humanizar nosso ambiente. É o mesmo que o desejo de criar robôs antropomórficos, embora sejam tecnologicamente difíceis e, por vezes, sem sentido prático. Nos cercar com rostos humanos é como colocar fotos em um apartamento novo. Isso nos ajuda a obter certo nível de conforto.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 3

Uma selfie pode ter importante papel nos meios de comunicação, assim como o “smile” foi introduzido para ajudar a expressar emoções nas mensagens de texto. A selfie é a evolução atual mais lógica devido ao maior acesso à Internet e a telefones inteligentes. Embora nem tudo seja positivo, já que às vezes o uso da selfie pode trazer sérias consequências.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 4

A quantidade de informações pessoais que as pessoas disponibilizam na rede pode ser um fator preocupante com base na forte vigilância feita por muitos governos. Programas como o recém estreado nos Estados Unidos, Prism, fazem você se perguntar sobre o que os países podem fazer e, em especial, o que eles já estão fazendo de forma despercebida. Um relatório da ONU datado de 17 de abril de 2013 destaca que a tecnologia existente hoje facilita o monitoramento das comunicações.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 5

Existem ferramentas para o monitoramento de tráfego web, bem como de chamadas e mensagens de texto. Tendo em mãos tantas informações, não é uma tarefa difícil intervir na vida dos indivíduos de forma concreta. Isto significa que somos completamente monitorados e é mantido o controle de cada passo que damos.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 6

Os argumentos da segurança nacional e da luta contra o crime são os mais frequentes nas justificativas para a permissão do monitoramento das pessoas. O documento da ONU reconhece a importância dos meios de comunicação para os fins citados acima. Mas as leis que regem a intervenção do Estado no controle da Internet são muitas vezes inadequadas ou inexistentes. O caso de Prism é um dos mais conhecidos e polêmicos devido a magnitude da espionagem realizada.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 7

O país com maior vigilância de rede é a China. É obrigação das empresas locais com grande participação estatal controlar suas redes. A intenção é impedir a proliferação das mensagens contrárias ao regime. Agora temos o caso de um cidadão que compartilhou uma selfie em suas redes sociais e isto lhe causou sérias consequências para sua integridade psicológica.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 8

Diggy é um cão carinhoso que foi adotado de um abrigo de Detroit por Dan Tillery. Até aqui parece tudo correto. Não há nada mal em tudo isto… O problema é que em Michigan, Estados Unidos, onde ambos vivem, é proibido ter cães da raça pitbull. O americano Pitbull Terrier é uma raça de cachorro ocasionalmente confundida com o americano Staffordshire Terrier, com o qual compartilha origens, mas difere em critérios de seleção.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 9

Depois de fazer uma selfie com seu cachorro… Surgiu uma denúncia anônima que deixou este animalzinho à beira da morte. Esta é a forma como a polícia de Detroit agiu.

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 10

Diggy é o cachorro mais carinhoso do mundo e Dan está muito indignado, pois não sabe o que fazer para salvar a vida de seu amigo. Tudo que ele quer é ir junto de Diggy e ter certeza de que nada de ruim irá acontecer. O que é surpreendente é que Diggy, na verdade, não é um pitbull e sim um bulldog americano. Mas a polícia insiste na tese de que o cachorro é de uma raça ilegal…

Ele fez uma selfie com seu animal de estimação, postou no Facebook e algumas horas depois a polícia estava batendo em sua porta! 11

É horrível que existam leis assim contra esta raça de cachorro. Mas o mais impressionante foi a declaração da polícia: “Olha, eu acabei de dizer, eu acho que é um pitbull e isso é o suficiente. Sendo assim, você tem quatro dias para tirá-lo da sua casa”. Se você se comoveu com esta história, a compartilhe com todos os seus amigos e familiares.
Fonte: Starstock/ Imgur

17
O que você acha?! Juntar-se à conversa

O príncipe Harry quebrou o protocolo real desafiando a rainha Elizabeth pelo bem de Meghan
Rômulo Tadeu Negrão
Rômulo Tadeu Negrão 16/08/16 06:03
O rEMO continua sem divisão.
Alex Souza Da Conceição
Alex Souza Da Conceição 16/08/16 06:03
Porra mano, ja to ficando com raiva dessa pagina, um enrolação da porra, so pra dizer q no estado no cara n pode ter cachorro. Vão a merdaa
Leandro Santos
Leandro Santos 16/08/16 06:03
Alguém denunciou ele, pq nos EUS nn pode ter cachorro da raça q ele tinha, um pitbull
Débora Guimarães
Débora Guimarães 16/08/16 06:03
Uma volta do cacete pra no final n da em nada.
Henrique Yang
Henrique Yang 16/08/16 06:03
Palmeiras Não Tem Mundial!
Paula Carolina Perini
Paula Carolina Perini 16/08/16 06:03
Tá... Mas eai oque aconteceu com o cachorro...??!!??!!...
Rafael Henrique
Rafael Henrique 16/08/16 06:03
suponho q sacrificaram ele
Rafael Henrique
Rafael Henrique 16/08/16 06:03
suponho q sacrificaram ele