Incrível!PolêmicoFamília

Publicado 2016-10-22
8 Comentário

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina

Do ponto de vista da biologia, o gênero com o qual nascemos depende totalmente dos genes que nos são transmitidos. De acordo com a base da genética, temos 50% de chance de nascermos mulher (genes XX) ou homem (genes XY). Mais tarde, durante a difícil fase da puberdade, em nosso organismo aparecem os hormônios responsáveis por nos dar forma e aparência masculina ou feminina. Os meninos experimentam mudanças de voz, crescimento de pêlos em diferentes partes do corpo (por exemplo, na face e axilas) e desenvolvimento geral corporal. As meninas experimentam seus primeiros períodos menstruais e seus corpos se tornam mais femininos, etc.

Isto é o que nos diz a perspectiva biológica a respeito do gênero das pessoas. No entanto, todos nós sabemos que o mundo não é tão simples. Nos meios de comunicação tornam-se cada vez mais populares casos que diferem dos pareceres biológicos, ou seja, aqueles onde o sexo e a identidade biológica de uma pessoa não correspondem uns aos outros. Há casos de mulheres que afirmam ser homens por dentro embora seus corpos sejam 100% femininos e, vice-versa, os homens que se sentem mulheres. Bem, isto é o que nós sabemos e isso é um tema recorrente na mídia, mas... O que aconteceria se esta divergência de gêneros não viesse de dentro, mas fosse imposta pelo mundo exterior?
Clique em "Página seguinte" para continuar lendo o conteúdo do post

Esta história começa nos anos 60 do século passado. Naquele tempo, a questão da genética estava começando a ser desvendada. Foi quando nasceram Bruce e Brian Reimer. Os dois nasceram como meninos perfeitamente normais, em 1965, no Canadá. Infelizmente para eles, aos 7 meses começaram a ter dificuldades para urinar. Seus pais, Janet e Ron Reimer, decidiram resolver o problema de maneira bem peculiar. Eles seguiram os conselhos dos médicos e optaram por uma operação de circuncisão em seus filhos.

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina 3

As coisas começaram a se complicar pouco depois da intervenção médica. Isto se dava porque os médicos tinham utilizado um bisturi elétrico em Bruce e uma falha na potência da ferramenta destruiu as partes íntimas da criança. Os pais não podiam acreditar no que tinha acontecido. Em seguida, cancelaram a operação de Brian e voltaram para casa, aterrorizados. Meses mais tarde, sem saber o que fazer, os Reimer conheceram o Dr. John Money, psicólogo especialista em mudanças de gênero. Para ele, o caso dos irmãos Reimer era o ideal para testar sua teoria.

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina 4

Sua teoria afirmava que NÃO era a biologia que determinava o gênero de uma pessoa. Segundo Money, isto era definido pela forma com que a criança era criada e educada. Lembre-se! Estamos falando dos anos 60 do século passado. Tais teorias são refutadas imediatamente nos dias atuais, mas o nível de conhecimento naquela época era diferente e os médicos exploravam tais teorias. Para comprovar a teoria, Money utilizou as crianças como cobaias, especialmente Bruce, que não tinha partes íntimas devido seu acidente e poderia ser criado como uma menina. Como se isso não fosse suficiente, do ponto de vista dos experimentos, aquela era uma situação perfeita já que também tinha um grupo de controle: seu irmão gêmeo (que manteve sua masculinidade ao não ser vítima da operação).

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina 5

De acordo com o que o momento sugeria, Bruce seria mais feliz sendo criado como uma menina do que como um menino sem partes masculinas. Sendo assim, desta forma ele passou a ser tratado por seus pais. Quatro meses depois, Bruce se tornou Brenda depois de passar por uma série de operações de castração e reconstrução. Quando a operação foi realizada, o garoto tinha 17 meses. Money salientou que seria crucial que os pais nunca revelassem a Brenda ou a seu irmão o que tinha acontecido ou, caso contrário, a mudança não funcionaria. O médico também cuidaria do bom desenvolvimento da criança e provaria que o tipo de criação é mais poderoso do que a própria biologia.

Durante os anos seguintes, o Dr. Money visitou frequentemente a família e observou como se desenvolvia a pequena Brenda, acumulando dados sobre seu comportamento e atitude. O estudo teve o nome se John/ Joan e as primeiras observações foram publicadas em 1975, quando as crianças tinham 9 anos. Eles disseram: "A menina tem muitas características de 'moleque', a energia física abundante, alto nível de atividade e rebelião. Muitas vezes domina grupos de meninas. Apesar disso, ninguém sabe que Brenda é a menina cujo caso estão lendo na mídia. O seu comportamento é tão normal como o de qualquer garota e difere claramente da forma masculina como seu irmão gêmeo se comporta". Em outras palavras, o médico considerou a experiência um sucesso completo.

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina 7

No entanto, com a idade de 13 anos, Brenda começou a entrar na fase da puberdade e tudo mudou. Gradualmente, ela começou a ter sentimentos suicidas e problemas emocionais que a impediam de se relacionar com outras pessoas. Ela começou a ser uma garota solitária e rebelde. Fazia coisas muito masculinas e não havia maneira de convencê-la a fazer "coisas de menina". Dr. Money pensava que se tratava apenas de uma fase que, com o tempo, passaria... Mas os pais não estavam convencidos daquilo. Naquela situação, eles decidiram ir contra as indicações do Dr.: contar a seus filhos a verdade.

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina 8

As consequências de todo o experimento foram muito desastrosas. Brenda, já mais velha, passou por uma cirurgia reconstrutiva para voltar a ser homem. A partir de então adquiriu o nome de David Reimer, se casou e, embora não pudesse ter filhos, era padrasto de três crianças de sua esposa. Infelizmente, o segredo e a experiência lhe afetaram muito e ele não conseguiu se recuperar completamente. David sofreu muito, enfrentou uma depressão profunda, perdeu o emprego e sua esposa. Em 2002, seu irmão morreu de overdose e dois anos depois, com a idade de 28, David Reimer acabou com sua vida.

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina 9

Não foi antes de todos esses anos que, finalmente, consideraram o projeto de John/ Joan um completo fracasso. Esta história é um testemunho muito forte que apresenta as consequências de tentar manipular a vida dos outros, mesmo que sejam os nossos filhos. Independentemente das boas intenções dos pais, alterar o sexo de seu filho em um experimento foi algo que levou a um final trágico.
Fonte: Imgur/ Giphy/ Starstock

A trágica história do experimento em que um menino foi criado dizendo que era uma menina 10
78
O que você acha?! Juntar-se à conversa
DAVE DAVE, O AMIGO de Michael Jackson QUEIMADO Pelo Pai
Natalia Deusa
Natalia Deusa 27/10/16 06:04
coitado do menino , praticamente morreu por culpa dos medicos e ele nao quis ser menina praticamente fotcarao ele
William Araújo Wsa
William Araújo Wsa 25/10/16 06:03
Emanuel Silva De Lima
Leonardo Pereira Trindade Bfr
Leonardo Pereira Trindade Bfr 25/10/16 06:03
"Chocolate com Pimenta"
Jennifer Teles
Jennifer Teles 25/10/16 06:03
Eram gemeos. No final eles dois se mataram.
Cristiane Maria Campos Conti
Cristiane Maria Campos Conti 25/10/16 06:03
não vou nem ler isso ...que loucura
Natan Ferrero
Natan Ferrero 25/10/16 06:03
Se não leu, como sabe q é loucura?
Adriano Hikikomori
Adriano Hikikomori 25/10/16 06:03
Ele sofreu um acidente quando bebe e perdeu o pênis.. Aí um psicólogo decidiu testar uma teoria e convenceu os pais a criá-lo como menina, já que ele não tinha mais órgão masculino..
Natan Ferrero
Natan Ferrero 25/10/16 06:03
Se não leu, como sabe q é loucura?
Adriano Hikikomori
Adriano Hikikomori 25/10/16 06:03
Ele sofreu um acidente quando bebe e perdeu o pênis.. Aí um psicólogo decidiu testar uma teoria e convenceu os pais a criá-lo como menina, já que ele não tinha mais órgão masculino..
David Alves
David Alves 25/10/16 06:03
A tal teoria de gênero na prática.