Incrível!Polêmico

Publicado 2016-11-07
21 Comentário

Esta fotografia esconde algo que você vai custar a crer. Macabro e inquietante...

A preparação das fotos "post mortem" chamava-se tanatopraxia (a partir do grego tanathos, "morte", e praxis, "prática”). Tratava-se simplesmente de que as imagens parecessem reais, colocando-se os mortos de forma a que parecessem dormir ou em posições comuns e usuais, como se fossem uma outra pessoa da família. O processo iniciava-se com uma injeção de fluido conservante, diretamente no sistema circulatório.

Esta fotografia esconde algo que você vai custar a crer. Macabro e inquietante... 1

Na sequência, passavam aos cuidados estéticos, para que a aparência do falecido permanecesse íntegra, retardando os efeitos post mortem e a decomposição (por cerca de 15 dias). Naquela época, significava um consolo para o sofrimento da família que acabara de perder um ente querido, como bebês ou crianças pequenas, de modo que, mesmo parecendo insensato, parecia algo mais "vivo". Quanto à maquiagem do cadáver, os fotógrafos da época eram verdadeiros artistas, embora isso também variasse, dependendo da causa da morte.

Esta fotografia esconde algo que você vai custar a crer. Macabro e inquietante... 2
49
O que você acha?! Juntar-se à conversa
DAVE DAVE, O AMIGO de Michael Jackson QUEIMADO Pelo Pai
Francisco Souza
Francisco Souza 19/11/16 07:15
pzer sempre valorizando as pessoas depois da morte
Rodrigo Marinho
Rodrigo Marinho 09/11/16 07:03
Não, as duas estão. Isso é oq está escrito na terceira "página" do artigo: A importância desta foto é que essas duas meninas são dois cadáveres. São duas irmãs que morreram, na Inglaterra, no momento em que a Rainha Victoria decretou que o cadáver ou os cadáveres de uma família deveriam ser fotografados, para que se guardasse a foto como recordação.
Marcelo Jovanaci Siqueira
Marcelo Jovanaci Siqueira 09/11/16 07:03
Olha isso Isabela T. Reis Siqueira
Gabriel Crvg Silva
Gabriel Crvg Silva 09/11/16 07:03
Olha isso Raquel Cardozo
Bruna Fernandes Santos Simões
Bruna Fernandes Santos Simões 09/11/16 07:03
Quezia Simoes olha ai
Mirele Costa ZF
Mirele Costa ZF 09/11/16 07:03
Credo gente Q medo
Beatriz Januario Nascimento
Beatriz Januario Nascimento 09/11/16 07:03
Normal , guardar foto de quem ja faleceu,nao achei nada de macabro,
Rodrigo Marinho
Rodrigo Marinho 09/11/16 07:03
Acho que vc não entendeu, eles não só guardavam fotos de falecidos, a foto era tirada quando a pessoa já estava morta. Imagina você arrumar e enfeitar um cadáver, sentar do lado dele e tirar uma foto? Eu achei esquisito
Gurgel Araújo
Gurgel Araújo 09/11/16 07:03
Não é uma foto de quem morreu, ela ja estava mort na foto, entendeu?
Beatriz Januario Nascimento
Beatriz Januario Nascimento 09/11/16 07:03
Isso sim é assustador !
Beatriz Januario Nascimento
Beatriz Januario Nascimento 09/11/16 07:03
Nossa como conseguiram por os morto em pé.
Rodrigo Marinho
Rodrigo Marinho 09/11/16 07:03
Kkkkkkk aí já era outra macumba deles
Rodrigo Marinho
Rodrigo Marinho 09/11/16 07:03
Acho que vc não entendeu, eles não só guardavam fotos de falecidos, a foto era tirada quando a pessoa já estava morta. Imagina você arrumar e enfeitar um cadáver, sentar do lado dele e tirar uma foto? Eu achei esquisito
Gurgel Araújo
Gurgel Araújo 09/11/16 07:03
Não é uma foto de quem morreu, ela ja estava mort na foto, entendeu?
Beatriz Januario Nascimento
Beatriz Januario Nascimento 09/11/16 07:03
Isso sim é assustador !
Beatriz Januario Nascimento
Beatriz Januario Nascimento 09/11/16 07:03
Nossa como conseguiram por os morto em pé.
Rodrigo Marinho
Rodrigo Marinho 09/11/16 07:03
Kkkkkkk aí já era outra macumba deles
Lucca Morandin Graboski
Lucca Morandin Graboski 09/11/16 07:03
Sim! Apenas a que está "em pé" .
Gurgel Araújo
Gurgel Araújo 09/11/16 07:03
Antigamente era muito comum as famílias registrarem fotos pos-mortem, era feita uma técnica para que o cadaver permanecesse intacto por mais ou menos uns 15 dias, eles faziam um último registro pois fotos era algo muito caro, muitas das vezes a foto pos-mortem era o único registro que o individuo tinha.
Lucca Morandin Graboski
Lucca Morandin Graboski 09/11/16 07:03
Não! Apenas a que está "em pé" .
Rodrigo Marinho
Rodrigo Marinho 09/11/16 07:03
A importância desta foto é que essas duas meninas são dois cadáveres. São duas irmãs que morreram, na Inglaterra, no momento em que a Rainha Victoria decretou que o cadáver ou os cadáveres de uma família deveriam ser fotografados, para que se guardasse a foto como recordação.
Helen Marques
Helen Marques 09/11/16 07:03
Me faz lembrar aquele filme,Os Outros.
Clarete Pinheiro
Clarete Pinheiro 09/11/16 07:03
Assustador e muito interessante... Né! Tbm mostrou isso
Clarete Pinheiro
Clarete Pinheiro 09/11/16 07:03
Assustador e muito interessante... Né! Tbm mostrou isso
Breinner Freitas
Breinner Freitas 08/11/16 07:03
Pois é, galera! Antigamente não existiam celulares ou aparelhos compactos de fotografia. Além de ser um"trambolho" p carregar, ainda não eram baratas as revelações das fotos! Por isso, pela ausência de fotos em abundância, as pessoas aproveitavam o infeliz momento da morte, p guardar de lembrança, afinal, ngm sabe o dia derradeiro. O q hj consideramos macabro, antigamente, era além de comum, tbm uma forma de se recordar da pessoa falecida!
Joao Vitor
Joao Vitor 08/11/16 07:03
Os dois estão mortos
Lucca Morandin Graboski
Lucca Morandin Graboski 09/11/16 07:03
Não! Apenas a que está "em pé" .
Rodrigo Marinho
Rodrigo Marinho 09/11/16 07:03
A importância desta foto é que essas duas meninas são dois cadáveres. São duas irmãs que morreram, na Inglaterra, no momento em que a Rainha Victoria decretou que o cadáver ou os cadáveres de uma família deveriam ser fotografados, para que se guardasse a foto como recordação.