Saúde e Beleza

Publicado 2016-12-20
4 Comentário

Um mês antes de um ataque do coração, seu corpo o avisa com essas 6 advertências…

As doenças cardíacas são a principal causa de morte em muitos países, incluindo os Estados Unidos. Em média, 614.000 pessoas morrem, a cada ano, de doenças relacionadas com coração. Essa é uma das causas de morte mais evitáveis. A maior parte deste aumento acentuado no número de mortes pela doença cardíaca é resultado de nossos hábitos. Nós tendemos a nos alimentar com alimentos pouco saudáveis, fumar cigarros e ter um estilo de vida sedentário, com pouco movimento.

Isso é um desastre para o humilde e trabalhador coração. As verdadeiras chaves para evitar um ataque cardíaco basicamente são comer bem, fazer exercícios, não fumar e limitar o consumo de álcool. Quando um ataque cardíaco chega, ele pode vir de repente. Mas, às vezes, há um conjunto de sinais de alerta que seu corpo lhe envia antes de ter um ataque cardíaco. Preste atenção aos seguintes sinais, e não hesite em visitar um médico quando sentir qualquer um deles... Continue lendo!
Clique em “Página seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

1. Fraqueza

Antes de um ataque cardíaco, você pode perceber que tem grande fraqueza física, e este é um dos primeiros sinais de que o caso é iminente. Este é o resultado de um coração que é forçado a trabalhar mais para obter o sangue que circula como de costume. A constrição das artérias, também associada com a doença cardíaca, significa que flui uma menor quantidade de sangue nos músculos, levando-os a enfraquecer e se atrofiar.

2. Suores frios e desorientação

Como um coração doente não consegue bombear sangue eficientemente, grandes mudanças na quantidade de oxigênio e nutrientes para o cérebro são geradas. Esta falta de sangue pode resultar em suores frios e tonturas. Além disso, você também pode sentir-se mal, com dores de estômago recorrentes. Sua mente também pode sentir um pouco "nublada", com períodos de confusão às vezes, até mesmo sem saber onde você está.

3. Pressão no peito

Nunca, nunca, jamais, ignore qualquer pressão sobre o peito, bem como nenhuma dor itinerante. É um sinal claro de que você pode ter algum problema cardiovascular que precisa ser verificado e tratado. A dor no peito é um indicador precoce de que um ataque cardíaco está chegando, e poderia vir a qualquer momento. Você pode notar uma dor que se espalha para os ombros, braços e costas. Nesse caso, consulte um médico imediatamente.

4. Sintomas da gripe

Este aviso é simplesmente anedótico, porque sabemos que o resfriado pode ter muitas razões, principalmente do tipo gripal. No entanto, muitas pessoas que tiveram ataques cardíacos disseram ter sintomas semelhantes aos da gripe nas semanas e até mesmo alguns meses antes de seu episódio. Preste atenção a qualquer detalhe.

5. Exaustão Geral

Sentir-se fatigado e cansado e pode ser um sinal claro de que o seu coração não está funcionando corretamente. A diminuição do fluxo sanguíneo enfraquece os músculos e cria uma espécie de "nevoeiro cerebral". Beber álcool e fumar cigarros certamente pode exacerbar alguns desses sintomas. Se você está começando a se sentir cansado, considere parar e visitar um médico imediatamente, pois pode ser tarde demais.

6. Falta de ar

Dor no peito, pressão e falta de ar são sintomas que não devem ser ignorados apenas para o seu bem. Como suas artérias ficam mais estreitas, seus pulmões não são tão capazes de obter o sangue que necessitam para funcionar. O coração e os pulmões trabalham em conjunto, de modo que se um não o faz corretamente, o outro não faz também. Sem sangue, seus pulmões trabalham mais, dando a sensação de falta de ar. Avance para a última página para uma recomendação final…

As pessoas que têm tendência ao diabetes têm um maior risco de ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais. Além disso, o tabagismo, a pressão arterial alta e os níveis elevados de colesterol podem aumentar esses riscos. A coisa mais importante é controlar o açúcar no sangue, a pressão arterial e os níveis de colesterol para manter um monitoramento abrangente na prevenção de ataques cardíacos. Não hesite em visitar o seu médico, ocasionalmente, se você tem diabetes, exercitar-se de vez em quando e, especialmente, não ter um estilo de vida sedentário, pois ele pode multiplicar a probabilidade de um acidente cardíaco. Compartilhe este artigo com todo o mundo e deixe um Like em nossa página de Facebook!

Fonte: Starstock

151
7 Coisas que você não deveria fazer na hora de dormir e que poderiam ser...
7 Coisas que você não deveria fazer na hora de dormir e que poderiam ser fatais!
A cama é um dos lugares em que passamos mais tempo. Um descanso adequado é essencial para levarmos uma vida plena, com um rendimento ótimo. Os especialistas recomendam um sono diário de 7 a 9 horas para os adultos. Neste mundo moderno em que...
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Thales Lima
Thales Lima 26/12/16 07:05
Não morro nunca do coração
Breno S. Souza
Breno S. Souza 25/12/16 07:04
Gustavo Lima, olha q comentário perfeito! Concordo com ele!
Gustavo Lima
Gustavo Lima 25/12/16 07:04
Leia Thales Lima Breno Ueslei Oliveira Israel Lima
Thales Lima
Thales Lima 26/12/16 07:05
Não morro nunca do coração
Gerson Ferreira
Gerson Ferreira 24/12/16 07:03
Esse tipo de artigo é tão genérico, que nem consegui ler até o fim. Dor no peito, ou dor que se espalha pelas costas, como também fadiga, têm tantas, mas tantas causas, que dizer que sentir isso pode ser um ataque cardíaco, é pra deixar pessoas em estado de alerta o tempo todo sem necessidade. Bad.
Breno S. Souza
Breno S. Souza 25/12/16 07:04
Gustavo Lima, olha q comentário perfeito! Concordo com ele!