Incrível!

Publicado 2017-02-07
4 Comentário

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira...

Quando ouvimos a expressão "Femme Fatale", é provável que nos venham à mente aquelas imagens dramáticas do cinema noir: uma bela mulher cortejando incautos em uma confusa teia de sedução e assassinato... Mas, talvez, e felizmente, tais cenas são relativamente raras na vida real. Neste mundo estranho, é muito mais provável que uma femme fatale não guarde nenhuma semelhança com Lauren Bacall, nem com seu vizinho ao lado.…

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 1

Tal é o caso da Sra. Nannie Doss. Justamente apelidada de "a vovozinha sorridente", Nannie foi sempre considerada uma mulher muito acessível e amável, que na verdade, se casou um total de cinco vezes. Quase todos os homens que se casaram com Nannie tinham algo em comum... eles morreram, de uma forma ou de outra. Você quer saber o que realmente aconteceu? Pois, não perca esta interessante história real!
Clique em “Página seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 2

Nannie casou-se com seu primeiro marido na tenra idade de 16 anos, em 1923. Ela conheceu Charley Braggs na fábrica de roupas, onde ambos trabalhavam. No entanto, se a jovem Nannie buscava de romance, ele não o encontrou. Charley era único filho, de uma mãe solteira e muito pegajosa. A idosa sogra de Nannie mudou-se com Charley depois de seu casamento e nunca mais foi embora. Nannie logo teve quatro filhas e seu hábito de fumar e beber converteu-se em algo diário.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 3

Em meados da década de 1920, duas das filhas de Nannie sucumbiram a uma "intoxicação alimentar" e Charley decidiu abandoná-la. Em 1927, ele levou com ele sua filha mais velha, Melvina. Nannie, por sua vez, ficou com a recém-nascida. Charley sempre afirmou que tinha deixado Nannie porque sempre teve um pouco de medo dela. Isso acabou sendo uma boa ideia, porque ele foi o único a sobreviver para contar a história! Nannie logo se mudou para uma cidade vizinha e acalmava sua solidão lendo histórias românticas.Clique em “Página seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 4

Ela também lia colunas de jornal para "corações solitários" e respondia a algumas pessoas. Foi ali que ela encontrou Robert Franklin Harrelson, um operário de 23 anos de idade. Eles trocaram alguns presentes e rapidamente se casaram, em 1929. Eles viveram juntos, com as duas filhas de Nannie (Melvina voltou a ficar com ela), mas quando se passaram alguns meses, Nannie descobriu que Frank era um alcoólatra, com um registo criminal de assaltante. Apesar disso, o casal permaneceu junto por 16 anos.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 5

Ao longo de todos esses anos, a filha mais velha de Nannie, Melvina, teve um filho, chamado de Robert Lee Haynes. Depois desse, ela teve outro filho, com Nannie a ajudando no parto. Infelizmente, o menino morreu ao nascer. Porém, enquanto Melvina adormecia exausta, ela jura ter visto Nannie segurar o bebê e introduzir algo em sua cabeça. Quando Melvina perguntou a seu marido e à sua irmã o que tinha acontecido com o bebê, eles contaram que Nannie lhes havia dito que ele havia morrido ao nascer... mas eles perceberam que ela tinha um alfinete na mão. Os médicos, no entanto, nunca chegaram a uma razão definitiva para o falecimento.

Clique em “Página seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 6

Melvina e seu marido se separaram. Eles se divorciaram e Melvina começou a namorar um soldado. No entanto, Nannie reprovava esse relacionamento, e enquanto Malvina não estava em casa, seu filho Robert morreu misteriosamente, sob os cuidados de sua "Vovozinha". A causa da morte foi "causas desconhecidas" e dois meses depois, Nannie recebeu um seguro de vida de US$500 em nome da criança. Em seguida, em 1945 (quando o Japão se rendeu aos Aliados), o marido de Nannie, Frank, foi para uma festa que não terminou bem.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 7

Ele chegou em casa bêbado e supostamente abusou de Nannie. No dia seguinte, ela descobriu seu frasco whisky enterrado no quintal. Assim, ela o preencheu com veneno de rato. Frank Harrelson morreu naquela noite. Longe de terminar sua busca interminável por amor, Nannie conheceu seu terceiro marido (Arlie) através de uma outra coluna do jornal, enquanto viaja para Lexington, North Carolina. Ela se casou com ele três dias depois. O casamento foi cheio de problemas, porque, como Frank, Arlie amava beber e era um mulherengo.
Clique em “Página seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 8

Apesar de tudo isso, a vizinhança via Nannie como uma esposa amorosa. Quando Arlie morreu, supostamente de insuficiência cardíaca, a cidade inteira apresentou-se e apoiou Nannie no funeral. Obviamente, o dinheiro do seguro dele não foi suficiente para Nannie. Ela também incendiou a casa do casal que a irmã de Arlie havia deixado para ela em seu testamento. O dinheiro do seguro que cobria a casa foi direto para Nannie. O quarto casamento de Nannie teve curta duração. Depois de alguns meses de casamento, seu marido sucumbiu em função de uma doença desconhecida. Na verdade, Nannie o tinha envenenado até a morte. Finalmente, em 1953, Nannie encontrou o homem que viria a ser sua ruína. Seu nome era Samuel Doss, um homem limpo, educado e que desaprovava os romances e histórias que Nannie amava.

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 9

Assim, em setembro do mesmo ano, Nannie fez uma torta de batata doce para Samuel recheada com arsênico. Quando ele foi para o hospital, foi diagnosticada com uma grave infecção de seu aparelho digestivo. Ele foi tratado, recebeu alta, mas, infelizmente, morreu naquela noite. Em sua pressa para recolher as duas apólices de seguro de vida que ele tinha feito em seu nome, Nannie deu-lhe uma quantidade muito grande de arsênico. A morte súbita e violenta de Samuel, fez com que médicos tivessem que realizar uma autópsia. Aparentemente, em seu organismo havia arsênico suficiente para ter matado 40 cavalos. No fim das contas, Nannie Doss confessou ter matado quatro de seus maridos, sua mãe, sua irmã Dovie, seu neto Robert e sua sogra Lanning. Ela foi condenada à prisão perpétua na Penitenciária do Estado de Oklahoma. Longe de uma compensação karmática por suas ações, Nannie morreu tranquilamente, de leucemia, no ano de 1965. Achou interessante? Pois compartilhe este artigo com todos e deixe um Like em nossa página de Facebook!
Fonte: the-line-up

Nannie Doss: a vovozinha sorridente que liquidou sua família inteira... 10
13
O que você acha?! Juntar-se à conversa
O SUMIÇO de JIM CARREY Após Seus Problemas Emocionais
Daiane Oliveira
Daiane Oliveira 12/02/17 07:03
Que mulher fria e perversa!
Tatiane Natasha
Tatiane Natasha 11/02/17 07:03
Como dizia meu pai:canalhas também envelhecem!
Horsley Ramos de Paula
Horsley Ramos de Paula 10/02/17 07:03
Se fosse no País da Fantasia(Brazil) ele sairia pela porta da frente do tribunal e se fosse condenada(difícil) ficaria presa por no máximo 03 anos. .
Link Zelda
Link Zelda 09/02/17 07:03
preciso de um emprego