Incrível!Histórias reais

Publicado 2017-05-10
28 Comentário

Assim está Lina Medina Vásquez hoje, a mãe mais jovem de toda a história

A vida é cheia de marcos e fatos surpreendentes, especialmente se olharmos para trás e recordamos os acontecimentos históricos mais chocantes já ocorreu. Entre todas as pessoas (algumas boas e outras más e cruéis), há um outro grupo relativamente grande de indivíduos e sujeitos que ficam em segundo plano e nunca são notados, ou pelo menos os diferentes meios de comunicação não queriam que seus casos viessem à luz, e, no entanto, desempenharam papéis fundamentais em tais eventos. Hoje vamos contar a vida da mãe mais jovem de toda a história, uma menina peruana chamada Lina Medina. Não perca seu caso incrível!

Seu nome completo é Lina Marcela Medina de Jurado, e agora tem 83 anos. No entanto, esta mulher peruana tornou-se a mãe mais jovem confirmada na história da medicina, dando à luz na idade de cinco anos, sete meses e vinte dias. Nascida em Ticrapo, na província de Castrovirreyna, Peru, sendo o ourives Tiburelo Medina o seu pai e sua mãe Victoria Losea. Um dia qualquer ela foi levado ao hospital pelos seus pais porque seu abdômen tinha aumentado consideravelmente... Como isso foi possível?

Clique em ”Página Seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

As publicações sobre seu caso na maioria dos jornais da época relataram que sua história havia se desenvolvido em muitas frentes. O jornal San Antonio Light informou em sua edição de 16 de Julho de 1939, que esperava visita da menina às instalações de pesquisa de universidades nos Estados Unidos, que uma associação de obstetras peruanos havia exigido que a menina fosse transportada um hospital nacional de maternidade. No entanto, isso não foi tudo o que foi dito sobre o caso.

Este jornal citava relatórios de 18 de abril em outro boletim peruano chamado La Crónioca, que afirmava que um cineasta americano tinha enviado um representante "com autoridade para oferecer a soma de 5.000 dólares em benefício da menor (em troca dos direitos de filmagem). No entanto, a oferta foi rejeitada contundentemente. O mesmo artigo, reimpresso um artigo de Chicago, assinalou que Lozada havia gravado Medina para documentação científica e havia mostrado na Academia Nacional de Medicina do Peru. No entanto, em uma viagem para a remota cidade natal de Lina, os filmes tinham "caído no rio", enquanto cruzava uma ponte.

Clique em ”Página Seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

Um mês e meio após o diagnóstico original, Medina, com a idade de 5 anos, 7 meses e 21 dias, deu a luz a um menino, por cesariana, no dia 14 de maio de 1939, o que fez dela a pessoa mais jovem conhecida na história a dar a luz. A cesariana foi necessária devido ao pequeno tamanho de sua pelve e a cirurgia foi realizada pelo Dr. Lozada e pelo Dr. Bussalleu, com auxílio do anestesista Dr. Colareta. Quando os médicos realizaram a cesária para retirar o bebê, eles descobriram que ele tinha os órgãossexuais totalmente maduros, provavelmente devido a puberdade precoce.

Seu caso foi relatado em detalhes pelo Dr. Edmundo Escomel, na revista médica La Presse Médicale, incluindo detalhes adicionais de que sua menarca (primeira menstruação) ocorrera aos oito meses de idade, em contraste com um relatório anterior, que indicava que ela havia tido períodos regulares desde que tinha três anos (ou dois anos e meio, de acordo com um outro artigo). O relatório também detalhou que ela também teve um desenvolvimento mamário proeminente com a idade de quatro anos. Aos cinco anos, seu corpo apresentou um alargamento pélvico e uma maturação óssea avançada.

Clique em ”Página Seguinte” para ver o resto do conteúdo do post.

O filho de Medina pesou 2,7 kg no nascimento e foi chamado de Gerardo em homenagem ao seu médico. Gerardo foi criado acreditando que Medina fosse sua irmã, mas descobriu que com a idade de 10 anos ela era realmente sua mãe biológica. Medina nunca revelou o nome do pai da criança, nem as circunstâncias de sua gravidez. Escomel sugeriu que talvez ela mesma não soubesse, escrevendo que Medina "não podia dar respostas precisas." Embora o pai de Lina tenha sido preso por suspeita de abuso infantil, ele foi liberado mais tarde por falta de provas, e o pai biológico não foi identificado.

Seu filho cresceu saudável, porém morreu em 1970, com a idade de 40 anos, devido ao câncer de ossos ou um infecção da medula óssea (dependendo das fontes). A idade adulta jovem, Medina trabalhou como secretária na clínica de Lozada, localizada em Lima, que lhe deu uma educação e ajudou a introduzir o seu filho na escola. Mais tarde, ela se casou com Raúl Jurado, que é o pai de seu segundo filho, nascido em 1972. Desde 2002, viveram em um bairro pobre de Lima, conhecido como "Chicago Chico". Nesse ano ela acertou uma entrevista com a Reuters, cansada de se esquivar de tantos repórteres.

Embora tenha se especulado que o caso era fraude, vários médicos ao longo dos anos comprovaram-no, com baseando-se em biópsias, radiografias do esqueleto fetal do útero e outras fotos tiradas pelos médicos que cuidaram dela. Há duas fotografias publicadas documentando o caso. A primeira foi tirada com má qualidade no início de abril de 1939, quando Medina tinha sete meses e meio de gravidez. Tirada do lado esquerdo da Medina, ele mostra a sua posição contra um fundo pano de fundo neutro. Essa foi a única fotografia publicada de Lina durante a referida etapa.

A outra fotografia é de qualidade muito superior e foi tirada um ano depois, em Lima, quando Gerardo tinha onze meses de idade. Em 1955, exceto para os efeitos da puberdade precoce, não houve nenhuma explicação de como uma menina de cinco anos de idade poderia ter concebido uma criança. Na verdade, a gravidez precoce extrema em meninas de cinco anos ou menos só foi documentada através do caso de Medina. Agora ela tem 83 anos e vive tranquilamente em Chicago Chico, perto de Lima. Não há dúvida de que o caso dessa menina passou a pela história como algo irrelevante, apesar de, até agora, ser algo único, nunca mais repetido até então, pelo menos não com a mesma idade.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fotos: thesun

20
O que você acha?! Juntar-se à conversa
O tipo de pessoa tóxica que mais atrai, de acordo com seu signo
15/04/18 06:03
A criança iria espremer seus órgãos internos levando ela a morte
13/04/18 06:03
JÁ LI MAS MESMO ASSIM NÃO ACREDITO OK. CADA UM TEM SUA OPINIÃO E A MINHA É ESSA.
Para Os Curiosos
Para Os Curiosos 12/04/18 06:03
Ester essa história é realmente impressionante não é? Lina Medina é realmente um mistério para a medicina...concorda?
12/04/18 06:03
Gente!!! Que história é essa? Primeiro que para engravidar e parir aos 5 anos, o que já é algo terrivel, alguém abusou dessa criança. Imagina quanto sofrimento e confusão para uma criança dessa idade??.
12/04/18 06:03
particularmente não acredito uma criança de 5 anos menstruar,acho difícil.
12/04/18 06:03
Também acho. Os órgãos nem desenvolveram ainda
13/04/18 06:03
JÁ LI MAS MESMO ASSIM NÃO ACREDITO OK. CADA UM TEM SUA OPINIÃO E A MINHA É ESSA.
12/04/18 06:03
Também acho. Os órgãos nem desenvolveram ainda
12/04/18 06:03
É o mesmo q acreditar na inocencia do Lula
12/04/18 06:03
Pra mim é farsa. Cadê a foto dela atual?
12/04/18 06:03
Yafa Hadhija será possível?
11/04/18 06:03
Olha aí Simone Silva.. lembra que lhe contei..
Para Os Curiosos
Para Os Curiosos 12/04/18 06:03
Ester essa história é realmente impressionante não é? Lina Medina é realmente um mistério para a medicina...concorda?
Nélio Lemos Costa
Nélio Lemos Costa 21/05/17 06:03
Com apenas 5 anos? E sem menstruação, como ela engravidou?
Miriam Mello da Costa
Miriam Mello da Costa 21/05/17 06:03
Não leu?puberdade precoce.
Miriam Mello da Costa
Miriam Mello da Costa 21/05/17 06:03
Não leu?puberdade precoce.
Nélio Lemos Costa
Nélio Lemos Costa 21/05/17 06:03
Notícia sensacionalista, besta quem acredita.
Miriam Mello da Costa
Miriam Mello da Costa 21/05/17 06:03
É verdadeira..ela ainda vive
Miriam Mello da Costa
Miriam Mello da Costa 21/05/17 06:03
É verdadeira..ela ainda vive
Luciani Oliveira
Luciani Oliveira 20/05/17 06:03
Coitada....passada....Mas parece que ela foi bem atendida na época pela mãe e o médico!
Daniela França
Daniela França 20/05/17 06:03
Eu tenho pra mim que o pai é o vó do filho dela
Daiane Oliveira
Daiane Oliveira 20/05/17 06:03
No caso vc quer dizer o pai dela
Giovana Vitorelli
Giovana Vitorelli 20/05/17 06:03
Ja li em uma outra matéria que tudo indica que sim e a mãe sabia
Daniela França
Daniela França 20/05/17 06:03
Isso é de se esperar, muita mulher por aí desfarcadas de mãe.
Daiane Oliveira
Daiane Oliveira 20/05/17 06:03
No caso vc quer dizer o pai dela
Giovana Vitorelli
Giovana Vitorelli 20/05/17 06:03
Ja li em uma outra matéria que tudo indica que sim e a mãe sabia
Daniela França
Daniela França 20/05/17 06:03
Isso é de se esperar, muita mulher por aí desfarcadas de mãe.
Ana Elisa Reis
Ana Elisa Reis 20/05/17 06:03
Muito triste essa história.