Incrível!

Publicado 2017-05-25
2 Comentário

O que nossos gestos inconscientes revelam sobre nossa personalidade?

Muitos cientistas famosos, de universidades de todo o mundo, há muito tempo disseram que as pessoas usam um sistema de comunicação espontânea ao falar, que reforça a sua mensagem ou passa informações adicionais além das que são transmitidas apenas pelas palavras. Eles chamam isso de "expressão acústica analógica", o que em outras palavras, descreve uma série gestos não verbais. Isso expande a capacidade de comunicação das pessoas e ocorre sem muita ou nenhuma intenção de quem está falando (de modo inconsciente), embora possa ser usado de modo consciente para dramatizar uma fala.

1. Tédio

Apesar dos pesquisadores saberem que as pessoas modulavam suas falas, eles achavam que essa modulação simplesmente tinha a intenção de enfatizar pontos ou transmitir emoções. No fundo, é um tipo de linguagem corporal que acabamos usando e que acaba sendo muito importante em nosso dia a dia porque nos ajuda a passar muitas características ou detalhes de nossa personalidade. Muitas vezes, sem perceber, acabamos revelando pensamentos que queríamos esconder, pois essa outra linguagem revela isso de modo inconsciente.

1. Tédio 1

1. Tédio

Quando se está entediado, o seu corpo vai revelar alguns sinais. Normalmente você pode reagir da seguinte maneira: pode achar alguma coisa para fazer (desde falar com a pessoa que está do seu lado, até ficar olhando ao redor constantemente) ou pode também ficar olhando várias vezes para o relógio, por exemplo. As pessoas entediadas, muitas vezes fazem ações repetitivas, como mecher os dedos da mão ou as pernas. Essas repetições significam que você está (inconscientemente) deixando claro o seu tédio. O seu rosto também pode acabar mostrando falta de interesse, bocejos ou ombros caídos.

Se identificou aqui? Espere para ver como é a linguagem corporal quando se está nervoso! Veja na página seguinte.

1. Tédio 2

2. Nervosismo

Se quiser tentar ver se alguém está dando sinais de que está nervoso, preste atenção em algumas partes do corpo e em seus movimentos, por exemplo, preste atenção em seu rosto e como movem os olhos, as sobrancelhas e a boca. Observe como ele mexe a cabeça, ombros e mãos, e em como ele se senta. Se a pessoa parece um pouco trêmula e inquieta, ela pode estar tentando esconder alguma coisa. Quando alguém está nervoso, vai tentar ocupar o menor espaço possível com seu corpo, seus ombros podem ficar caídos, os cotovelos de lado e as pernas juntas. Tocar o rosto, torcer as mãos e mexer os pés são todos sinais de nervosismo.

2. Nervosismo

3. Mãos nos quadris

Esta pose é adotada por quem está "pronto para o ataque", alguém que se sente seguro. Além disso, ao colocar as mãos nos quadris, com os pés abertos, ocupando ainda mais espaço, essa pessoa está mostrando também a vontade de intimidar a pessoa que quer atacar, em todos os sentidos! Por outro lado, o gesto nem sempre é negativo: pode também significar que estamos esperando algo que vai acontecer, descansando em pé quando não podemos sentar, etc.

3. Mãos nos quadris

4. Atitude segura ou confiante

Quando você vê uma pessoa sentada confortavelmente, apoiando-se no assento ao invés de se posicionar para a frente, seja com as mãos no colo ou atrás da cabeça, isso demonstra que essa é uma pessoa que se sente segura para tomar decisões inteligentes. Normalmente são pessoas que mantêm a parte inferior do corpo imóvel, com ambos os pés bem apoiados no chão ou levemente cruzados, só para uma maior comodidade. O contrário disso, alguém com as pernas cruzadas ou “nervosas”, demonstra sinais de ansiedade. As pessoas confiantes não sentem a necessidade de se defender e se apresentam naturalmente abertas e diretas.

Quer saber que informações você passa só com o que faz com as mãos? A última página mostra isso e muito mais!

4. Atitude segura ou confiante

5. Aperto de mãos

Há diversos tipos de apertos de mão, mas geralmente, alguém com a palma da mão para baixo mostra sinal de autoridade ou de superioridade. Fique esperto! É importante saber disso, porque pode ser útil em determinadas situações, como deixar que seu chefe se sinta poderoso na hora de apertar a sua mão ou quando você for pedir desculpas a alguém por alguma coisa que tenha feito, deixar essa pessoa com a palma da mão para cima, a torna dona da situação. Se você cruza com alguém com a mão fria ou suada, é certeza que isso estará associado a uma personalidade fraca ou falta de energia (uma pessoa passiva ou apática) ou simplesmente pode estar nervosa.

Se você quiser saber mais sobre comportamento e os apertos de mão, fizemos um artigo específico para isto. Você pode encontrá-lo aqui.

5. Aperto de mãos

6. Posição das mãos

Você tem 27 ossos em suas mãos, por isso elas são uma parte muito expressiva de sua anatomia. Dependendo de como você as posiciona e da situação em que se encontra, elas podem passar uma ideia de delicadeza ou fragilidade, mas, por outro lado, também podem passar possessividade, propriedade e até mesmo desejo! Uma mão com a palma para baixo pode conter ou controlar a outra pessoa. Pode passar um senso de autoridade ("Faça isso agora") ou pode ser um pedido ("Por favor, se acalme"). Palmas para baixo, repousando sobre uma mesa, geralmente demostram controle ("Eu sei o que eu faço", "Eu estou no comando").

6. Posição das mãos

7. Atitude aberta

Há várias formas de se passar uma linguagem corporal de abertura. Com isto em mente, é importante avaliar a transição para o momento em que seu corpo se abre e as razões que causam essa mudança em você. Quando os braços ficam em uma posição circular e as palmas das mãos ficam de lado, isso passa a impressão de que a pessoa está oferecendo um tipo de "abraço", mostrando que vai cuidar de tudo. Quando os gestos são mais lentos, simbolizam carinho, na verdade. Por outro lado, quando alguém abre seu corpo e olha para o lado, mostra que está se preparando para o ataque. Posicionar-se com os joelhos afastados, expõem vulnerabilidades, o que pode representar uma diferença perigosa de posições entre você e a outra pessoa.

7. Atitude aberta

8. Falta de concentração

Quando você não está interessado no local em que está ou no que está acontecendo ao seu redor, você pode mostrar desatenção. Uma pessoa mostrando desinteresse pode, na verdade, estar pronta para fazer o que você deseja, como acabar com um papo ou fazer uma excelente venda. Uma forma de mostrar desinteresse é tocar o lóbulo da orelha, ficar tirando fiapos da roupa ou observar as unhas.

Você tinha noção do quanto você se comunica sem perceber? Interessante, não? Se gostou, compartilhe este artigo com todos e sinta-se livre para deixar um Like em nossa página no Facebook!
Fonte: StarStock

8. Falta de concentração
26
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Os truques de psicologia que todos deveriam saber
Miih Delpasso
Miih Delpasso 28/05/17 06:03
Nao consegui ver a pagina seguinte.... enfim!
Luciano de Souza
Luciano de Souza 28/05/17 06:03
Mexe com "ch"? Aurélio nele!