Incrível!AnimaisDicas

Publicado 2017-08-11
87 Comentário

Saiba como NÃO cumprimentar um cachorro

Os cachorros fazam parte da vida dos humanos há mais de 10.000 anos, quando começamos a nos alinhar com certas espécies “dóceis” de lobos. Desde então, eles nos ajudaram a evoluir, a cuidar de nossas casas, a amar e a contar com sua companhia. Atualmente, nem todos conhecem a maneira mais correta de interagir com eles. Só no Brasil morrem 5 pessoas por ataques de cachorros por ano, um número que sem dúvidas pode diminuir se soubermos melhor como nos aproximar deles da melhor forma. Quer saber mais? Então, confira abaixo as dicas que preparamos para você.

1. Entusiasmo

O primeiro comportamento que se deve evitar quando você se encontra com um cachorro e quiser interagir com ele é se inclinar sobre ele e levar sua mão até seu focinho. Todo o entusiasmo que você tiver não será compreendido pela pobre criatura, que pode interpretar sua ansiedade erradamente e te atacar. Muitos cães parecem violentos, mas frequentemente isso acontece por causa de uma má comunicação da sua parte. Deixe-o te cheirar e só depois tente um contato mais próximo.

Prossiga com a leitura para conhecer os 7 demais comportamentos que você deve evitar…

2. Tapinhas carinhosos

O segundo passo a não seguir é de novo não encarar o animal enquanto você dá "tapinhas carinhosos" na parte superior de sua cabeça. Primeiramente, saiba a intensidade desses tapinhas para não provocar o cachorro de forma negativa. Segundamente, o cão se irrita rapidamente com esse comportamento quando passa de 5 minutos seguidos, podendo interpretar como um ataque. Se você conhece alguém que costuma fazer isso, avise-o para parar com os tapinhas não tão inofensivos assim.

3. Carinho repentino

O terceiro passo indicado em nosso repertório tem a ver com o contato físico demonstrado de forma errada já mostrado nos pontos anteriores. É muito ruim para os cães que um indivíduo comece a os abraçar ou os agarrar sem ter um relação direta e prévia com eles. Este é um ato típico das crianças que é mais perigoso do que parece. Isto pode intimidá-los extremadamente e fazê-los responder de uma má forma.

Se a criança não conhece o cão, mesmo que pareça fofinho, ele pode avançar!

4. Evite o desafio

O melhor amigo do homem tem um mecanismo de comunicação corporal da mesma maneira que nós temos e, às vezes, com mal entendidos, estes mecanismos podem interpretar os seus atos de forma confusa. Ficar olhando fixamente em seus olhos é uma das piores coisas que você pode fazer com um cão. Este gesto é interpretado como um sinal de agressividade, um gesto comum feito por seus adversários naturais: outros cães ou gatos. Se você não tem certa familiaridade com o cão que está brincando, tenha extrema cautela e evite contato direto com os olhos.

5. Barulho

Não se deve soltar fogos de artifício, ouvir música muito alta ou gritar de entusiasmo com eles, pois estas ações podem os estressar muito e ter sua presença interpretada como algo desagradável. Seus ouvidos são muito sensíveis e sons extremos é terrível para eles. Nem todos os cães têm a mesma personalidade, nem a mesma educação ou história, então tenha paciência se deseja fazer algo desse tipo perto de um cão.

Confira na página seguinte os hábitos que você não deveria fazer perto de um cão.

6. Afeição demasiada

Se alguém costuma fazer todos os comportamentos inadequados anteriores e ainda tem esse hábito, o mais provável é que a maioria dos cachorros o ataque. É totalmente perigoso agarrar sua cabeça e começar a beijá-los e apertá-los loucamente. É claro que este é um gesto muito positivo da sua parte, pois você só quer demonstrar amor e carinho, mas tudo em excesso é perigoso. Comportamento extremo é um claro exemplo de invasão do espaço do cachorrinho.

A maneira correta

Agora que já conhecemos os atos mais perigosos a evitar, vamos explicar como deveríamos cumprimentar um cachorro. Em primeira instância, o melhor é não fazer contato visual com eles e deixar que eles se aproximem pouco a pouco, no seu ritmo. A postura frente ao cão deve ser de costas ou de lado, sem ameaçá-los de nenhuma maneira. Desta forma você saberá de verdade se ele está afim de te conhecer e que tipo de cão é.

Deixe-o te acariciar

Se finalmente ele ficar muito junto de você e te olhar ou se roçar em você, pode começar a dar seu carinho. A melhor maneira de fazer isso é nas bochechas, na barriga ou nas costas. Este seria um começo de uma bonita amizade e sempre que você voltar a vê-lo, ele vai lembrar do carinho recebido.

O que você achou? Conhecia alguma dessas informações? É muito importante nos conscientizar para não nos metermos em situações de risco. Se você gostou do artigo curta nossa página no Facebook e compartilhe para que todos possam aprender.

353
8 erros históricos muito absurdos nos desenhos da Disney
8 erros históricos muito absurdos nos desenhos da Disney
Não é nenhum segredo que os autores dos desenhos animados produzidos nos estúdios de Walt Disney muitas vezes se baseiam em personagens históricos na criação de suas obras. No entanto, muitos deles confiam tanto no conteúdo de suas animações que...
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Alex Hiraga
Alex Hiraga 30/08/17 06:05
Está dizendo cachorros "QUE NÃO FAZEM PARTE DO SEU CONVÍVIO" ou seja não os seus cachorros os "Estranhos".
Saah Gabrielle
Saah Gabrielle 30/08/17 06:05
Verdade gente
Alex Hiraga
Alex Hiraga 30/08/17 06:05
Eu nem ligo pra eles. Se vierem atacar meus gatinhos,eu deixo as minhas ferinhas baterem neles ou só expulso mesmo. :v Meu gatos já deixaram muito cachorro,que atacou eles sangrando,chorando e mancando klklklk São tão fofinhos! <3
Taianna Oliveira
Taianna Oliveira 29/08/17 06:05
Jkkkkkkk eu sempre faço o que não deve aff
Anthony Halls
Anthony Halls 29/08/17 06:05
Até que foi útil, porém as ilustrações são péssimas!
Thais Souza
Thais Souza 29/08/17 06:05
Eu aperto, faço carinho, aperto o focinho e olha nunca tive problemas. Eles se apaixonam já que estão jogados na rua.
Ana Lima
Ana Lima 28/08/17 06:05
Tem que cheirar o bumbum deles
Lédio Lima
Lédio Lima 28/08/17 06:05
"ele pode atacar" foi dito "n" vezes. Cruz Credo !
Natasha Reis
Natasha Reis 28/08/17 06:05
Melânia Hoffmam Braga kkkkk tu faz tudo errado
Valeria Matias
Valeria Matias 28/08/17 06:05
Ana Lucia Ciappina Laffranchi mostra p Marina.
Sinvaldo Rogerio Santos Santos
Sinvaldo Rogerio Santos Santos 28/08/17 06:05
o certo é pegar no rabo dele, colocar o dedo no olho, e beliscar a oreha ai sim ele fica seu amigo.
Michelle Caçapava
Michelle Caçapava 26/08/17 06:05
Gustavo Ayala Milena Nista Herman
Otávio Ribeiro
Otávio Ribeiro 26/08/17 06:05
ADESTRADOR DE CÃES - RONALDO MASSELI
Bhavayoga Claudia Silva
Bhavayoga Claudia Silva 25/08/17 06:05
Nadege Do Couto Ruy Oliveira
Marília Magdaleno
Marília Magdaleno 25/08/17 06:05
Detalhe: "que não faz parte do seu convívio";
Carol Janes
Carol Janes 25/08/17 06:05
Ana Zanotello Fernanda Honorio Martins
Yasmin de Oliveira
Yasmin de Oliveira 25/08/17 06:05
Vários motivos, eu quando vou na casa de alguém, muitas vezes dou mais atenção aos bichos que as pessoas
Léo Nascimento
Léo Nascimento 25/08/17 06:05
Não tenho o hábito de visitar pessoas. E, quando o faço, dou atenção às pessoas.
Cesar Baltazar
Cesar Baltazar 25/08/17 06:05
Cães desconhecidos merecem atenção redobrada, alguns por mais que demonstrem simpatia podem reagir em contrário repentinamente!
Hugo Bastos
Hugo Bastos 25/08/17 06:05
Fernanda cachorríneos
Fernanda Pigassi
Fernanda Pigassi 25/08/17 06:05
Fazia várias coisas da maneira errada