Incrível!Saúde e Beleza

Publicado 2017-08-16
3 Comentário

6 sinais que não devem ser ignorados se você tem pelos no queixo

As mulheres dedicam um tempo estimado de 104 horas por semana para cuidar de pelos faciais. Duas em cada 3 mulheres entrevistadas reconheceram que se olham no espelho continuamente por esta razão. A influência destes pequenos pelos que aparecem no rosto tem um grande impacto social e psicológico naquelas pessoas que padecem deste mal. Ainda não sabe por que eles insistem em aparecer? Continue lendo e te contaremos as diversas razões porque eles aparecem e como podemo acabar com eles.

Genética

Muitos dos traços de uma pessoa se deve a seus genes. Estas características passam de geração em geração e, caso haja pelos em seu rosto, é fácil observá-los também em sua mãe e avó, por exemplo. A dermatologista, Hadkey C. King, relacionou a genética com o fator hormonal: se seus parentes já possuem estas características, é muito provável que esses pelinhos resistentes apareçam.

Para conhecer o que acontece com o corpo neste sentido continue na página seguinte.

Andrógenos

A sobreprodução ovárica de andrógenos é um dos principais motivos pela qual aparecem pelos no rosto porque simplesmente o seu queixo se vê ameaçado por tal secreção de hormônio masculino e produz pelo nesta zona. Este é um desequilíbrio de causa desconhecida, mas numerosos investigadores têm tratado de dar uma explicação lógica para ele, porém a melhor afirmação possível tem sido relacionar este problema com uma condição genética familiar arraigada em certos grupos de mulheres da zona mediterrânea.

Hiperplasia suprarrenal congênita

Esta doença aparece em 1 de cada 1500 crianças, e é diagnosticada ao nascer. É consequência do déficit na produção dos hormônios suprarrenais, devido a um problema com a enzima que as produz. O pelo no queixo se deve à superprodução do hormônio masculino que produz estas células no organismo. Também pode ter lugar devido a um tumor de ovários ou hipertecose.

Quer saber a relação entre ovários policísticos e pelos? Confira na página seguinte.

Síndrome dos ovários policísticos

10% das mulheres sofrem desta desordem segundo Cedars-Sinai. Ela produz tal impacto no corpo que tanto o sistema reprodutor como todos os processos hormonais implicados podem se ver afetados. Não obstante, é possível deter este crescimento graças à pílula anticonceptiva. Esta também ajudará com outros sintomas de ovários policísticos, como pode ser as menstruações irregulares, os cistos ou a infertilidade, entre outro problemas. Diante destes sintomas é importante que um ginecologista recomende o tipo de pílulas que melhor se adequem a seu corpo.

Síndrome de Cushing

Esta síndrome é consequência de estresse excessivo, onde as glândulas suprarrenais reagem incrementando a produção de hormônios. No entanto, esta não é a única razão. A ingestão de certos medicamentos (artrite ou asma) também pode contribuir para o mesmo efeito. Esta síndrome pode provocar que as glândulas produzam cortisol em excesso. Um tumor na pituitária ou a tireóide podem desencadear esta síndrome e consequentemente a aparição de pelos faciais.

A aparência de pelo tem a ver com a idade? Confira na página seguinte.

Idade

Com o passar dos anos o corpo sofre mudanças, especialmente o das mulheres. Ver o corpo afetado pela gravidez, pela menopausa e por outras fortes mudanças hormonais, trará alguns ''estragos'' no corpo da mulher e pelos no rosto é uma das condições mais típicas. O organismo em si tem memória e esta é sua resposta diante de tanta mudança que a pessoa sofreu. Com o tempo, este crescimento pode chegar a se estabilizar, mas saiba que é possível proceder com a sua eliminação de forma artificial.

Acabe com tudo!

As pinças serão suas melhores amigas e aliadas. Na verdade, ela não fará com que esses pelos indesejáveis sumam como muitas histórias por aí contam. Porém, é o principal método para acabar com eles temporariamente. O laser e a fotodepilação também podem ser uma maneira de terminar com este problema. Será o único meio efetivo que terminará com sua aparição quase para sempre. Porém, como já escrevemos antes aqui, caso estes pelos faciais estejam te trazendo muito incômodo, é sempre bom visitar um dermatologista para que alguma medicação possa ser administrada antes de partir para alguma técnica.

Se você gostou deste artigo, compartilhe com todos e não esqueça de curtir nossa página no Facebook.
Fonte: Instagram/ Twitter/ Starstock

17
Jaden Smith, filho de Will Smith, chama a atenção de todos com sua nova...
Jaden Smith, filho de Will Smith, chama a atenção de todos com sua nova namorada
O filho de um de nossos atores favoritos, Will Smith, está dando o que falar já há alguns anos. A verdade é que Jaden, além de fazer postagens frequentes em suas redes sociais, não se esconde da imprensa e essa é a verdadeira razão pela qual não...
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Suzane Carvalho
Suzane Carvalho 19/08/17 06:03
Eu tb kkkkkkkkk Eu tenho um pequeno sinal no queixo que nasce um pelo nele kkkk
Marcos Boca Matos
Marcos Boca Matos 18/08/17 06:03
Ufa!! Fui ler a matéria já com o coração a 180, mas fiquei tranquilo. Tenho pêlos no queixo sim.
Suzane Carvalho
Suzane Carvalho 19/08/17 06:03
Eu tb kkkkkkkkk Eu tenho um pequeno sinal no queixo que nasce um pelo nele kkkk
Rosana Fidelis
Rosana Fidelis 18/08/17 06:03
So vi 2 em toda materia cade as outras 4