2 Comentário

10 hábitos típicos de manipuladores que você precisa conhecer para não ser influenciado(a)

Os manipuladores, sejam eles conscientemente ou não, brincam com os medos, as dúvidas e desejos de outras pessoas. Não há dúvidas de que a pior coisa que podem fazer é brincar com os sentimentos mais puros e sinceros dos outros, como amor, gratidão e esperança. No entanto, ninguém deve se tornar alguém insensível e compassivo apenas para evitar que tais situações aconteçam. No artigo de hoje vamos te mostrar as situações mais comuns de manipulação para que você se proteja!

1. Sentimento de culpa

Uma pessoa sob o sentimento de culpa é capaz de fazer tudo o que for necessário para compensar os “danos causados”. E isso é exatamente o que o manipulador procura, o que precisa para causar esse sentimento. Você é realmente tão culpado(a)? Você não se sente sobrecarregado(a) por se sentir responsável pelo estado emocional da outra pessoa? Sua reação é sua escolha. Mesmo se você tenha realmente feito algo incorreto ou errado, peça desculpas com sinceridade, mas nunca deixe essa pessoa manipuladora te controlar...

Você se acha manipulado por outras pessoas? Continue conosco na página seguinte para saber mais.

2. Prejudica sua reputação

O manipulador pode provocar uma pessoa, não só para obter benefícios, mas também para satisfazer seu ego, sentir seu poder ou por puro e simples divertimento próprio. Pessoas inseguras com medo de perder reputação podem se tornar vítimas fáceis nas mãos destas pessoas. Primeiro, pense se você realmente precisa se submeter a isso. E não caia em provocações, você sabe muito bem dos seus limites e também sabe que não é o(a) “todo(a)-poderoso(a)". Lembre-se que isso não é motivo para se envergonhar. Você não deve se arriscar simplesmente para preservar uma imagem, que nem sempre condiz com a realidade.

3. O sentido do dever

A pressão para “o sentido do dever” é comumente feita por familiares e amigos. Muitas vezes somos manipulados em relação ao que fazer da nossa vida, fazendo com que tomemos caminhos que eles esperam [/b]que possamos seguir, mas nem sempre é o que queremos. É importante compreender os limites das suas capacidades. Sim, você precisa ajudar, mas isso não significa que você consequentemente tenha de sofrer e desistir de suas próprias necessidades. Claro que é difícil dizer "não" a uma pessoa próxima a você. No entanto, é possível encontrar um meio termo e ajudar essa pessoa sem prejudicar a si mesmo.

Veja mais sobre os indícios de um manipulador na próxima página do nosso artigo

4. O medo da rejeição

Constantemente chantageando seu parceiro, a pessoa manipuladora saber negociar para obter muitos benefícios em troca da promessa de querer e estar sempre próximo. Ele(a) usa o medo da rejeição para controlar a vítima. Amor pode ser comprado? Claro que sim! Mas não com dinheiro e sim com amor em retorno e não com bens materiais: lembre-se disso! É importante aprender a respeitar a si mesmo. Nunca se esqueça de que você merece um amor que se interesse pelo que você é e não pelo o que tem, bem como suas amizades.

5. Sentimento de gratidão

O sentimento de gratidão pode ser usado de gatilho para diferentes abusos. Eles se lembram de cada gesto ou daquele “quebra-galho” que eles fizeram uma vez por você. Os manipuladores tentarão agir como bem entenderem em prol daquilo que desejam. Se for desconfortável para você cumprir algo que lhe foi pedido, não se sinta na obrigação de fazê-lo. Encontre uma maneira de devolver o favor de maneira que seja confortável para ambos e não caia em manipulações injustas.

Se sente mais preparado(a) para agir em relação a uma pessoa manipuladora? Então continue lendo na página seguinte!

6. Sentimento de pena

Muitas vezes, as coisas não vão tão mal quanto parecem, mas para manipular, eles sabem jogar muito bem para despertar o sentimento de pena em outras pessoas, se fazendo de ''coitadinhos'' e provocando na vítima um forte desejo de ajudar um(a) companheiro(a) infeliz. Se a pessoa gosta de se fazer de coitada, faça exatamente o contrário do que ela espera: elogie a capacidade dela de carregar esse fardo. Se ela tentar empurrar algo para você fazer, diga que ela tem talento o bastante para fazer sozinha e que se sairá muito melhor do que se você ajudar. Diga a pessoa que você acredita nela. Diga com sinceridade e você não apenas evitará manipulações, isso também mostra que você está verdadeiramente torcendo por ela.

7. Medo da solidão

Muitas pessoas, por medo de ficarem sozinhas, acabam se sujeitando a ficar com pessoas que as maltratam simplesmente por acreditarem que, se não for essa pessoa, ficarão sozinhas para sempre. O manipulador destrói diariamente a auto-estima da vítima, tornando cada vez mais difícil para a vítima fugir do “medo da solidão” e se libertar disso. Se você está passando por isso, acredite mais em você, se respeite acima de tudo e se ame mais do que alguém pode te amar. Só assim você pode avaliar claramente a atitude de outras pessoas em relação a você, sem cair na armadilha do medo da solidão.

Na última página, vamos falar sobre um dos meios mais comuns sobre como somos manipulados: os falsos elogios!

8. Esperança

Existem manipulações baseadas na falsa-esperança. O sujeito promete que seu comportamento mudará em algum momento, sem previsão exata. Mas a única coisa que esses indivíduos querem é o benefício que a vítima pode oferecer naquele momento, que tocada por essas “boas intenções”, pode dar. Não acredite em promessas vazias. Analise os fatos. Estabeleça prazos específicos e torne certas exigências concretizadas. Não deixe que essas promessas vazias possam influenciar seus pensamentos e suas decisões.

9. Vaidade

Como as manipulações baseadas na vaidade funcionam? Um exemplo clássico é a fábula da raposa e do corvo. Do lado de fora, pode parecer um elogio despreocupado, mas o objetivo do manipulador não é precisamente te agradar. Antes de você se render ao pedido de um falso bajulador, avalie seus próprios interesses, habilidades e preferências. E quanto ao pedido fofo "só você é capaz de fazer isso por mim", você pode responder com classe: "obrigado(a), é um prazer saber que você pensa assim de mim, mas sinto muito, tenho outros planos. "

10. Vergonha
A vergonha é um sentimento que faz você se sentir inferior ou que suas ações estão erradas. As pessoas geralmente estão dispostas a fazer muito para evitar esse sentimento desagradável e, claro, os manipuladores se aproveitam disso com maestria. Se alguém está tentando fazer com que você se sinta envergonhado(a), você deve estar alerta. Porque se cometeu um erro, pode pedir desculpas ou corrigi-lo. E, claro, você não deve se sentir envergonhado(a) por não atender às expectativas dos outros. Sua vergonha serve apenas para os manipuladores para controlarem você.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e com a sua família e não esqueça de curtir a nossa página no Facebook!
Fonte: Unsplash / Twitter/ Pixabay

57
Pessoas que possuem 80% dessas características têm uma personalidade rara
Pessoas que possuem 80% dessas características têm uma personalidade rara
Myers e Briggs desenvolveram um sistema de classificação de pessoas com base em seus traços de personalidade e fizeram algumas pesquisas para descobrir quais são as características que tornam alguém diferente dos outros e quais os traços para que...
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Alfonso Helga Natter
Alfonso Helga Natter 13/10/17 06:03
estou esperta com ese tipo de gente , conheço de perto nao caio nessa armadilha de jeito nenhum
Maria Elza
Maria Elza 12/10/17 06:03
que mentira mais dosgracenta! o .sem o que fazer na vida está querendo discubri até o íntimo dos outros affff tá amarrado ,