Comovente

Publicado 2017-10-10
3 Comentário

Terremoto 6,3 abala o Norte do Chile nesta Terça-feira

A tranquilidade da madrugada do Chile foi abalada por um terremoto de magnitude 6,3 graus de magnitude na escala Richter. Nesta Terça-feira, 10, o Serviço Geológico dos Estados Unidos, USGS, anunciou que o tremor havia atingido uma área perto da fronteira com a Bolívia e o Peru. O epicentro ocorreu às 2h32 no horário local (3h32 no horário de Brasília). As pessoas saíram de suas casas atentas. Apesar da força e da destruição, não há informações sobre as vítimas ou o que foi atingido na região norte do país até o momento.

Tsunami

De acordo com o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha do Chile, o tremor não dá condições necessárias para o risco de um tsunami. Isso é uma boa notícia para o país, já que está tão propenso a abalos sísmicos. O movimento aconteceu a uma profundidade de 82 quilômetros e a cerca de 70 quilômetros da vila costeira de Arica e a sudoeste da cidade de Putre. Ele também foi percebido nas regiões de Tarapacá e Antofagasta e em algumas partes do Sul do país.

Continue na página seguinte para saber sobre o último grande terremoto no país.

Terremoto de Setembro de 2015

O último terremoto que marcou o Chile também foi no Norte. No dia 16 de Setembro de 2015, um terremoto de 8,3 graus de magnitude na escala Richter atingiu o país e teve seu epicentro às 19h54, pelo horário de Brasília, a 54 km da cidade de Illapel e a 233 km de Santiago, a capital do país. Esse terremoto foi um dos maiores dentre todos os dos 25 anos anteriores.

Com tsunami

Nesse caso, o terremoto teve seu epicentro a 25 km de profundidade e provocou um tsunami. O tremor e a força da água causaram a morte de ao menos 15 pessoas. Devido à força, o abalo atingiu moderadamente a capital do país e assustou muita gente. As réplicas que foram sentidas em seguida chegaram a 6,5 graus, mais fortes do que o próprio terremoto de hoje.

Aguarde mais informações em breve em nossa página no Facebook!
Fonte:Twitter

25
7 imagens que mostram que nem tudo é como que parece
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Sergio Souza Crespo
Sergio Souza Crespo 11/10/17 06:03
É terremoto para todo lado, a coisa está ficando complicada.
Larri Laerte
Larri Laerte 11/10/17 06:03
Moramos em um lugar abençoado
Andrezza Pongelupi
Andrezza Pongelupi 11/10/17 06:03
José Jose Roberto Ornelas ufa