Incrível!

Publicado 2017-10-12
66 Comentário

Exemplos de “dupla moral” que só pessoas criteriosas conseguirão entender...

Está claro que a nossa sociedade mudou bastante nos últimos, digamos 100 anos, mas isso não descarta que ainda há um longo caminho a percorrer e a grande diversidade de dupla moralidade que ainda dividem a sociedade no ano de 2017 destaca esta premissa perfeitamente. É por isso que reunimos um conjunto de ilustrações perspicazes que podem nos fazer descobrir as incômodas verdades que se escondem por trás de algumas situações da vida cotidiana. A julgar por estas imagens, fica claro que os termos como "igualdade de gênero" é reduzido a um mero slogan. Não hesite em verificar por si mesmo.

1. Amamentar

Estamos cansados de ver todos os tipos de anúncios publicitários onde é exaltada a exposição da pele, em qualquer de suas formas, mas é fortemente criticado que as mães amamentem seus filhos em locais públicos. Existem milhares de comerciais, revistas, cartazes, que mostram mulheres de biquíni, minissaias, vestidos... e isso não parece incômodo. No entanto, se uma mulher vê a necessidade de descobrir seu seio para amamentar seu filho, todo mundo vê como algo desagradável.

Siga adiante e conheça algumas atitudes de dupla moral que estão ultrapassadas nos tempos atuais, mas que ainda estão bem presentes na sociedade. Não perca!

2. Não me elogie se você não for bonito...

Esta é, provavelmente, uma situação que pode afetar tanto homens como mulheres. O que a ilustração tenta explicar é que em determinadas situações, quando uma pessoa quer fazer um elogio, como neste caso, dizer a uma colega de trabalho que "está muito bonita", pode ser recebido de diversas maneiras, dependendo do emissor do elogio. Em outras palavras, se quem nos faz um elogio é bonito, elegante e bem apresentado, achamos encantador. No entanto, se a pessoa que faça isso seja "gordinho" e nem um pouco bonito, será bem desagradável ou mesmo pode pensar que se trata de uma pessoa "abusada".

3. Como você gosta dessa comida estando desse jeito?

Voltamos a uma dupla moral que acontece muito na sociedade de hoje. De fato, alguns já chegaram a chamá-la de "gordofobia", como se esta fosse uma tendência aceita como algo completamente natural. Basicamente, é uma discriminação de pessoas consideradas como tal, sendo muitas vezes ridicularizadas e enfrentando obstáculos na hora de tentar viver uma vida normal. A foto mostra uma menina magra e com um belo corpo comendo alimento gorduroso, para o que a sociedade responde "que linda", "você é tão legal", etc. Por outro lado, se é "gorda", as pessoas começam a dizer coisas como "por favor, você come como uma porca" ou “você considera isso uma dieta saudável?".

Siga em frente e veja mais alguns falsos moralismos muito comuns em nosso dia a dia...

4. Os relacionamentos e as roupas

Este tipo de cenário acontece muito quando se trata de relacionamentos, principalmente entre adolescentes. Sempre que um garoto modesto e normal, que não se destaca em nenhum aspecto físico, ousa chamar uma menina bonita e atraente para sair, mas ela se recusa, dizemos que ela é superficial. No entanto, se o caso é diferente e uma menina completamente normal chama um belo rapaz para sair, dizem que ela deve estar desesperada. Por quê? O mesmo acontece com o vestuário. Um vestido curto pode mostrar além da conta e ser uma tentação, e um vestido longo pode indicar que você é uma puritana. Aonde isso nos leva?

5. A boa aparência de ambos os sexos

Bom, nesta seção não há muito o que falar, porque a imagem que apresentamos abaixo fala por si só. Simplesmente, queremos dizer que isto acontece com meninos e meninas, e que se sentem afetados com a obesidade ou com a magreza de diversas maneiras. Por exemplo, se um menino com sobrepeso consegue ter um relacionamento com uma garota magra, costumam dizer que: "Minha nossa, não sente vergonha em estar com esse corpo diante de uma mulher como ela?". No entanto, quando se trata do caso contrário, dizemos: “Dou todo apoio, menina! Não tenha medo de se mostrar como você é. Você não precisa perder peso!". Obviamente, isso pode mudar em ambos os casos, e as diferenças podem ser alteradas completamente.

Na página seguinte lhe mostraremos dupla moralidade bem comuns aplicada a classes...

6. Católicos hipócritas

O que a imagem abaixo tenta expor é a duplicidade daqueles que se amparam na palavra de Deus, indo à igreja todos os fins de semana e se mostrando como "bons cristãos", mas, em seguida, levam uma vida de hipocrisia. Eles riem e falam mal de quem consideram abaixo de seu status, fazem vista grossa quando o próximo precisa de uma ajuda deles, falam pelas costas dos outros, não entendem nem compartilham, ou mesmo acusam a fé e as crenças dos outros. Como disse o próprio Papa Francisco, estas pessoas não levam uma vida cristã, são hipócritas e para ser católico como elas, melhor ser ateu. O que você acha?

7. Direitos dos animais

Por que poderia haver uma dupla moral ou uma grande hipocrisia na questão dos direitos dos animais? Segundo estudos, o homem só apoia e defende uma minoria dos animais, enquanto todo o restante cai no esquecimento. Afirma-se que 95% das pessoas que ficam comovidas quando veem um de cachorrinho sendo abandonado ou um gatinho sendo maltratado, ignoram completamente que no mundo são maltratados e aniquilados mais de 1 bilhão de insetos e animais “indesejáveis" ou "nocivos" ao dia. Por que não existem direitos que defendam os touros, vacas ou porcos?

Na última página apresentaremos os últimos exemplos de dupla moral que assolam a sociedade moderna...

8. Onde nós estamos?

Algo que estamos cansados de ver e sofrer diariamente é o fato de julgar uma mulher pela sua vestimenta. Se uma mulher se veste de uma maneira um pouco antiquada, significa que ela é feia e nunca vai encontrar um parceiro que a queira desse jeito. Se, de outra maneira, usa um vestido curto, está provocando os homens para que abusem dela. Por outro lado, uma menina que gosta do estilo musical heavy metal e se veste de acordo com o tema, é uma geek e quer impressionar os meninos. Se uma mulher tem um corpo bonito e decide colocar um top e uma saia é porque fez cirurgia plástica ou uma mulher que é obrigada a limpar e cuidar da casa e que a única coisa que sabe fazer é educar os filhos. Enfim, se você opta por vestir roupas sociais e estar bem arrumada, é uma mulher egoísta que se preocupa mais com a sua carreira e trabalho do que com seus próprios filhos.

9. A maquiagem

Todos sabem o quanto as mulheres têm que suportar com relação à maquiagem. Para começar, se eles usam maquiagem é principalmente para se sentirem bem consigo mesmas e com os outros. Não precisam que ninguém lhes diga se estão usando muita ou pouca... cada uma tem seu próprio jeito e o faz da maneira que desejar. A ilustração nos mostra uma mulher bem maquiada de frente para um homem, que diz que ela não precisava usar tanta maquiagem, porque ela é bonita de qualquer maneira. No entanto, no dia seguinte, depois de dar ouvidos a ele, aparece sem maquiagem e ele responde: "Meu Deus, você está doente? Parece cansada!".

10. Âmbitos sociais

Infelizmente, as três situações descritas a seguir estão profundamente enraizadas em nossa sociedade e mostram a enorme mudança diante a valorização do homem e da mulher. Para começar, se um cara é bonito e tem uma grande facilidade de paquerar e atrair outras meninas, é alguém "popular". No entanto, se a mulher é franca e fala abertamente na frente de vários caras, é uma "dada" que só está interessada nos homens. Se um cara é encarregado de um grupo de pessoas, ele tem "habilidades de liderança", mas se for uma mulher a encarregada, é uma "mandona". Para finalizar, se um grupo de rapazes se encontram e falam dos outros, estão "dando um rolê” ou “jogando conversa fora". No entanto, se um grupo de meninas está trocando ideias sobre alguém, são "umas bisbilhoteiras e fofoqueiras".

E você, o que acha de todos os tópicos que apresentamos nesta lista? Parece exagero ou realmente a sociedade precisa rever seus conceitos? Comente-nos. Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e não se esqueça de curtir nossa página no Facebook!
Fonte: Twitter

167
6 tipos de publicações típicas de pessoas com baixa autoestima
6 tipos de publicações típicas de pessoas com baixa autoestima
O número de usuários das redes sociais continua crescendo: segundo informações do “Digital in 2017 Global Overview”, 2,789 bilhões de pessoas no mundo têm acesso a elas. Todos os que têm contas em portais semelhantes ao Facebook, Snapchat,...
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Alexandre Luis Sczepanski
Alexandre Luis Sczepanski 18/10/17 06:03
Em todos os grupos feministas e pro feministas que vc encontrar na internet
Alexandre Luis Sczepanski
Alexandre Luis Sczepanski 18/10/17 06:03
já quando é o ''Gordinho'' com a magrinha ai é errado, e é machismo shahshashahshas
Ellen Maynara
Ellen Maynara 18/10/17 06:03
O bom da vida é comer
Léo Lisbôa
Léo Lisbôa 18/10/17 06:03
Ellen. Depois dessa declaração. Quer casar comigo ? Kkkkk
Eliza Molina
Eliza Molina 18/10/17 06:03
"cole algo com mais fundamento" O MANO COLOU UM PARADA DE UM **** FILÓSOFO E O CARA QUER ALGO COM MAIS FUNDAMENTO tô chorani
Osvaldo Gaion
Osvaldo Gaion 18/10/17 06:03
Poderia ser de quem fosse... mas não é nada mais do que uma explicação. Esse **** filosofo que vc enxeegou eu desconheço... Mas mesmo que fosse uma verdade absoluta, fora de contexto são apenas palavras ao vento... pode continuar CHORANI... que tu ta PRECISANI....
Osvaldo Gaion
Osvaldo Gaion 18/10/17 06:03
O resto não compensa nem reaponder... um post ... com essas questões de sexismo... e ataque a fé alheia, que coloca a questão da amamentação como ofensiva... só pode ser coisa de esquerdistazinho doutrinado pelo professorzinho... e eu ja vi tanto disso que fico entediado... Todos iguais repetindo retóricas como se fossem papagaios.
Simone Bach
Simone Bach 18/10/17 06:03
Resumindo, vivemos numa sociedade hipócrita cheia de falsa moral... que se sentem bem diminuindo o que não é considerado "adequado"... minha opinião, ninguém é obrigada a gostar do que não lhe é conveniente, mas tem obrigação de respeitar o outro!
Carla Santos
Carla Santos 18/10/17 06:03
O mais louco dessa imagem é que quando a mulher é magra e bonita com um cara gordinho e feio as pessoas acham que ela está com ele por dinheiro e se for o oposto é amor ou o cara é louco
Alexandre Luis Sczepanski
Alexandre Luis Sczepanski 18/10/17 06:03
Gilberto Pacheco Markewitz N foi a sociedade que determino, e sim a natureza. Se acha que n pesquise quantas pessoas morrem por obesidade. Isso é uma forma natural da natureza nos dizer que é errado ser gordo!
Alexandre Luis Sczepanski
Alexandre Luis Sczepanski 18/10/17 06:03
Sem contar que naturalmente temos melhor auto estima, mais saude, mais força, mais tudo. Fale oque quiser, mas ser um pançudo n trás nada de bom em lugar nenhum! Sociedade que impõe? Eu acho que não!!!
Ci Aguiar
Ci Aguiar 18/10/17 06:03
Gostei muito da publicação. Porém em relação a católicos hipócritas não. Essa falta de amor ao próximo está impregnada em todas as religiões e não somente na católica. Pelo contrário, Se formos analisar bem pela imagem iremos tomar mais com pessoas evangélicas agindo dessa forma do que católicos. Mas não to aqui defendendo religião e sim afirmando que não devemos julgar apenas 1 e sim todas as religiões.
Alexandre Luis Sczepanski
Alexandre Luis Sczepanski 18/10/17 06:03
E que tal julgar as pessoas no geral, independe da religião, raça, ou sexo?
Alexandre Luis Sczepanski
Alexandre Luis Sczepanski 18/10/17 06:03
E que tal julgar as pessoas no geral, independe da religião, raça, ou sexo?
Crislâine Torres
Crislâine Torres 18/10/17 06:03
Será que é só os católicos que são hipócritas? Como se nao existissem outras religiões..
Arthur Menezes
Arthur Menezes 18/10/17 06:03
Pra quem escreveu essa materia.... Jornalismo ja foi uma profissão seria no passado....hj é so um bando de pau no cu faminto por atenção.... Em 10 anos essa área vai ser extinta
Elaine Cristina Silva Carmo
Elaine Cristina Silva Carmo 18/10/17 06:03
Se a pessoa pensa que está feliz então tá bom pra ela né! Todos são racionais e no fundo, sabem muito bem o que está acontecendo.
Flavio Souza
Flavio Souza 18/10/17 06:03
Elogio de bonito é gentileza. Elogio de cara feio é assédio.
Léo Lisbôa
Léo Lisbôa 18/10/17 06:03
isso tem tanto gay no mundo, os caras comem as mulheres e se tornam mulheres. Ainda bem que não transo kkkk
Ellen Maynara
Ellen Maynara 18/10/17 06:03
Sempre irão criticar
Constantine Souza
Constantine Souza 18/10/17 06:03
ainda não aconteceu comigo. kkkkkkkkkkkkkkk