Incrível!Polêmico

Publicado 2017-10-12
0 Comentário

Top 5 dos fenômenos naturais inexplicáveis

Onde você estará quando começar a chover aranhas do céu? Todos amamos uma boa história com esse tipo de mistério, mas, às vezes, a Mãe Natureza consegue se superar. E não estamos nos referindo a coisas básicas como "por que o céu azul" ou "por que a água é molhada". Não, nós estamos falando sobre mistérios reais que são extremamente difíceis de explicar, mesmo com nosso nível atual de tecnologia. Das cidades que flutuam no céu ao incidente secreto de Tunguska, aqui estão os 5 maiores fenômenos naturais ainda sem explicação!

5. Cidades no céu

5. Cidades no céu

Eu sei que é difícil acreditar assim de primeira, mas esse fenômeno é real. Em 21 de Abril de 2017, em Jieyang, na China, centenas de pessoas viram a imagem de uma cidade flutuando sobre as nuvens. Graças ao poder da Internet, temos algumas das fotos tiradas naquele dia, mas, saiba que isso já aconteceu antes. Ilusões de ótica semelhantes foram registradas em 5 locais diferentes na China seis anos antes deste evento.

Confira a possível explicação na página seguinte.

5. Cidades no céu 1

Embora algumas das teorias incluíssem alienígenas, a segunda vinda de Cristo ou um teste de holograma do Exército chinês, achamos seguro dizer que nenhuma delas é verdadeira. Aqui está outra explicação possível - Fata Morgana! Este fenômeno climático pode ser visto quando a luz passa por ondas de calor causando um efeito de duplicação. Você deve admitir que é um pouco mais fácil de acreditar do que uma invasão de alienígenas desagradáveis que querem dominar a Terra.

4. Chovendo cães, gatos... e aranhas?

Falando em "desagradável", o que você obtém ao combinar ventos de tempestade e ninhos de aranha? Isso mesmo, você está obtendo o maior pesadelo de quase maioria da população da Terra. Imagine presenciar gafanhotos caindo do céu, ou vacas durante um tornado, mas quem "lá em cima" achou que seria uma ótima ideia deixar literalmente chovendo aranha? Infelizmente, enquanto não seja algo que ocorre com frequência, os animais que não podem voar realmente caem do céu de vez em quando. Alguns exemplos incluem sapos, girinos, aranhas, peixes, enguias, cobras, vermes e até aranhas. Os cientistas ainda estão desconcertados pela “logística” e peculiaridade desse fenômeno, mas uma coisa é certa - É PARA MORRER DE MEDO! Abaixo uma foto numa cidade da Austrália em que ocorreu esse fenômeno. Não é neve, são teias de aranha!

Assustador, não é? Confira mais na próxima página!

4. Chovendo cães, gatos... e aranhas?

3. O super atraente

Vamos ficar o mais longe possível dos aracnídeos por enquanto... Para entender por que esse é estranho, primeiro você deve aceitar que o Big Bang aconteceu. Você sabe, quando toda a matéria no nosso universo estava tão comprimida que apenas explodiu. Depois disso, a matéria, a anti-matéria e todas as coisas que não conhecemos ainda voaram para o espaço. Basicamente, foi uma grande explosão, e desde então, tudo que há no universo tem se afastado um do outro (a menos que a gravidade o atraia).

3. O super atraente

Então, existe essa “coisa” que vamos chamar de “O super atraente”, que está a 150-250 milhões de anos-luz, que está puxando coisas para a Via Láctea e outras galáxias próximas a uma velocidade de 600km/h. Como, por quê, e o que exatamente está causando esta atração? Infelizmente, ninguém sabe, mas em 2016, um grupo de cientistas internacionais conseguiram finalmente passar pela Via Láctea usando o radiotelescópio, Parkes do CSIRO, e descobriu mais de 800 galáxias agrupadas nessa área. E agora existem 2 teorias: 1) dizendo que todas essas galáxias estão também exercendo essa atração, e 2) as galáxias foram puxadas para lá.

Agora vamos desalecerar um pouco e seguir para a última página dos fenômenos. Não perca!

2. O murmúrio de Taos

HumnmMnmNnmMm... Bem-vindo à Taos! Localizada na região centro-norte do Novo México, a cidade é mais conhecida pelo misterioso "murmúrio de Taos", um ruído relatado por 2% da população que diz ter ouvido. A parte curiosa é que ele é descrito de forma diferente por cada indivíduo, e nenhum dos equipamentos de gravação pode "ouvir" esse zumbido. Até hoje, ninguém tem idéia do que pode ser realmente.

1. O evento de Tunguska

Em 30 de junho de 1908, em algum lugar perto do rio “Podkamennaya Tunguska” na Sibéria, uma bola de fogo maciça é arremessada ao solo antes de explodir cerca de 6 quilômetros acima da superfície. A explosão eliminou inúmeros animais, provavelmente até fez com que algumas espécies fossem extintas e fez uma “limpeza” completa das árvores próximas ao local, enviando uma onda de calor num raio de milhas. As pessoas que estavam a 64 quilômetros do epicentro foram derrubadas pela força do impacto. Os cientistas especulam que a bola de fogo era um asteróide ou um meteoro, mas o que é realmente estranho é que nenhuma cratera foi encontrada. O que significa que não há meteoro. Então, o que exatamente aconteceu lá? Que é um mistério sangrento, temos certeza.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e com a sua família e não esqueça de curtir a nossa página no Facebook!
Fonte: Unsplash / Pixabay / Twitter / Youtube / Giphy

2
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Sinais que o Universo dá quando você está no caminho ERRADO