Controverso

Publicado 2017-12-07
2 Comentário

Inglês que foi preso aos 10 anos em 1993 é pego novamente por pedofilia

O caso

Era 1993. O jovem James Bulger tinha 2 anos e sua mãe o levou ao shopping. Ela se distraiu por alguns segundo no açougue e esse tempo foi suficiente para o pequeno ser levado pelo braço para fora do shopping, como mostraram as imagens de segurança. Após o sequestro, Bulger foi morto após apanhar com tijolos e barras de ferro. Dois dias depois, seu corpo foi encontrado mutilado em trilhos de trem a 4 quilômetros da cidade onde morava, na Inglaterra.

O caso chocou o país, mas a notícia se tornou mundial quando descobriram quem eram os assassinos: duas crianças de 10 anos haviam planejado e executado o crime. Em 1993, Jon Venables e Robert Thompson se tornaram os mais jovens acusados de assassinato na história da Inglaterra moderna.

Saiba o que aconteceu com esses assassinos na página seguinte.

Em depoimentos, os garotos confessaram que pretendiam pegar qualquer criança daquela idade e empurrá-la de um viaduto para uma rua movimentada ou desacordá-la e jogá-la em uma represa. A imagem abaixo mostra o momento do sequestro na câmera de segurança. Na época, eles foram condenados a permanecerem presos até completarem 18 anos, quando seriam liberados sob outras identidades para facilitar a reabilitação dos dois. O caso gerou muita revolta e, até hoje, é citado em discussões sobre maioridade penal no mundo inteiro.

Ainda mais após a soltura, quando eles voltaram a gerar problemas. Em 2001, quando Jon Venables e Robert Thompson tinham 18 anos, eles saíram do encarceramento em liberdade condicional. Apesar da grande repercussão do caso e das notícias da soltura, o caso foi sendo esquecido e ficando para a história. Mas não por muito tempo.

Na página seguinte, saiba o que eles fizeram depois de soltos.

A post shared by @mostevilminds on

Em 2010, quando o assassino Jon Venables já estava em liberdade há 9 anos, ele já tinha desenvolvido problemas com drogas e com bebida, começou a ter problemas para se socializar e chegou a revelar sua verdadeira identidade para colegas em momentos de embriaguez. Fotos recentes do homem foram reveladas, mas não se sabe a veracidade delas. Após a mídia ser proibida de replicá-las, cidadãos revoltados começaram a compartilhá-las nas mídias sociais, como no caso abaixo, mesmo sem confirmação da veracidade.

Após voltar a chamar atenção, Venables acabou sendo preso novamente quando confessou baixar e fazer a distribuição de imagens indecentes de crianças. Ele foi solto aos 31 anos, em 2013, sob protestos dos pais do falecido James Bulger, e acredita-se que receber novamente outra identidade, mas isso também não foi confirmado. Isso não o impediu de aprontar novamente.

Na página seguinte, saiba por que ele foi novamente para a prisão em 2017.

Em 2013, dois homens postaram fotos online dizendo que eram os rostos recentes de Venables e Thompson e acabaram na prisão por nove meses. O caso ficou mais forte quando o pai de James Bulger disse que o governo estava gastando 5 milhões de libras, equivalente e cerca de 21 milhões de reais, para reabilitação e proteção da identidade dos assassinos e fez declarações pedindo que as imagens deles fossem liberadas para as pessoas verem os rostos de criminosos e não mais os das crianças que eles eram anos antes.

Essas discussões voltaram neste ano, quando Venables, agora com 35 anos, foi preso novamente por baixar e fazer a distribuição de imagens indecentes de crianças. Mesmo sendo um criminoso após a maioridade, a identidade atual dele não pode ser revelada por ele ser protegido por anonimato vitalício. Outra discussão é do caso de alguém engravidar ou se casar com um deles sob a nova identidade sem saber quem realmente são. O que você acha disso? Você acredita que os criminosos devem ser protegidos ou não?

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fotos: Instagram/Twitter

4
Conheça todos os PONTOS FRACOS dos signos do zodíaco
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Daniele Dani
Daniele Dani 11/12/17 07:03
Não deveria ser protegida a identidade de criminoso, independente da idade etc.
Ingrid Melquiades
Ingrid Melquiades 11/12/17 07:03
Psicopata geral esse ai!!!