5 Comentário

9 histórias muito sombrias por trás dos contos de fadas da Disney

Todos nós amamos os filmes de Disney e da Pixar, isso é fato. Eles nos fazem sentir borboletas no estômago e, por um instante, pensamos que o amor verdadeiro existe. No entanto, as histórias reais por trás dos maravilhosos clássicos animados são muito diferentes do que eles nos mostram na telona. As produções cinematográficas da Disney baseiam-se em fábulas famosas nos últimos séculos, e é por isso que decidimos contar para você neste artigo o que realmente aconteceu nas histórias originais. Não perca, temos certeza de que isso fará com que você mude a opinião que você tem sobre esses filmes!

1. Branca de Neve e os Sete Anões

Todos conhecemos essa história em que a princesa Branca de Neve foge de sua madrasta. E, embora no filme da Disney, sua majestade peça ao caçador para matar sua enteada e trazer seu coração para ele como prova, a história original é ainda mais aterrorizante. Na história dos Irmãos Grimm, o soberano queria que o homem voltasse com o coração, os pulmões e o fígado da menina. Quando o sujeito voltou com os órgãos de um animal, fingindo que eram os da princesa, a rainha os comeu imediatamente. No entanto, no momento em que descobriu que Branca de Neve ainda estava viva, ela tentou matá-la duas vezes antes de fazer a famosa maçã envenenada. Da primeira vez ela estava usando um espartilho tão apertado que não a deixou respirar, e da segunda, era uma poção que a envenenava.

Tem mais na página seguinte, confira.

2. Cinderela

Esta história parece muito romântica quando você pensa que o príncipe demorou um tempo para procurar seu amor verdadeiro. No entanto, pensar que ele realmente não reconheceu "O amor de sua vida" não é tão bonito. Na história original dos irmãos Grimm, Cinderela não tinha uma fada madrinha, mas plantou uma árvore no túmulo de sua mãe. A menina orou neste lugar e as coisas apareceram, como roupas e sapatos. A jovem dançou 3 músicas, e nas duas primeiras noites, desapareceu de repente, deixando o príncipe com grande curiosidade. Na terceira noite, o herdeiro do trono decidiu colocar uma armadilha para que ele não pudesse escapar. As escadas estavam cobertas com uma substância pegajosa e é por isso que o sapato bonito da Cinderela ficou preso. Depois que as irmãs dela souberam disso, elas cortaram os dedos dos pés e parte do calcanhar, de modo que eles caberiam no sapato perdido, mas o príncipe notou o sangue e não caiu na trapaça. Quando finalmente se casaram, as irmãs queriam ir ao baile, mas não conseguiram, pois alguns pássaros as atacaram no caminho.

3. A Bela Adormecida

Esta história parece muito romântica e bonita, mas na realidade não é. Embora, graças ao beijo do príncipe, a menina acorda, ainda é um pouco perturbador que ele tenha feito este ato sem o consentimento dela. No entanto, na história original, chamado "Sol, Lua e Talia", de Giambattista Basile é ainda pior. Os homens do reino previram que a princesa estaria em grande perigo por um floco de linho. O rei tentou proteger sua filha, mas em seu aniversário de 16 anos, ela viu uma mulher velha costurando e a agulha tocou a pele sob a unha, fazendo com que ela desmaiasse. O rei fugiu deste lugar, deixando o corpo de sua filha, e um novo rei chegou ao lugar. Quando o homem encontrou a moça adormecida, ele a engravidou e a menina deu à luz gêmeos. No momento em que os bebês nasceram, um deles chupou o dedo da mãe e acabou retirando a agulha que a tinha feito dormir. Só aí ela acordou e se deu conta de tudo que aconteceu.

Um tanto pesado, não é? Veja a história da Pequena Sereia na página seguinte.

4. A Pequena Sereia

Este filme da Disney nos encheu de magia e nos fez pensar no amor verdadeiro. No entanto, na história original, as coisas não terminaram como gostaríamos. Embora assumir alguns riscos por sua alma gêmea seja bom, às vezes, Ariel assumiu muitos riscos por um homem que ela realmente não conhecia. A pequena sereia oferece sua língua em troca de ter pernas, mas neste caso, ela não só se tornará uma sereia se ela não cumprir sua promessa, mas também morrerá. Além disso, ela desejava caminhar entre os humanos porque pensava que esses seres tinham almas eternas ao contrário das sereias. Na fábula, eles dizem que ter pernas não era tão fácil quanto parecia, porque cada passo que a garota dava era como pisar numa navalha afiada. O príncipe acaba casando com a mulher que ele pensou ser aquela que o salvou, e a pequena sereia falha porque teve outra opção: livrar-se do príncipe, mas era impossível para ela. Então a jovem voltou para as águas e tornou-se espuma. Diz-se que depois de 300 anos, a menina poderia recuperar sua alma pela boa ação de não matar o jovem.

5. A Bela e a Fera

A história original de Jeanne-Marie Leprince De Beaumont não é tão diferente do que vimos no filme da Disney. O pai da menina era um comerciante com muito dinheiro, mas algo deu errado e ele perdeu sua fortuna. A jovem tinha vários irmãos, incluindo duas irmãs malvadas. O pai de Bella acaba sendo um refém do príncipe, já que ele roubou uma rosa de seu jardim. A Fera lhe disse que o deixaria ir em troca de uma de suas filhas. No momento em que Bella voltou para casa, depois de um tempo morando no castelo, suas irmãs a forçaram a ficar, mesmo ela prometendo à besta que voltaria, pois as irmãs estavam com muita inveja.

Gostava de Pocahontas? Confira mais sobre a história dela na página seguinte.

6. Pocahontas

Como sabemos, esta história era real, embora um pouco diferente do que a Disney nos fez acreditar. Pocahontas era muito pequena e este era apenas um apelido que significava "menina mimada" e na verdade ela era chamada de Matoaka. Ela não estava apaixonada por John Smith, na verdade, ela era apenas uma garota quando o conheceu. Embora não houvesse amor entre eles, os nativos alegaram que a jovem mulher tinha salvado a vida do europeu quando ele foi capturado. Matoaka estava em contato com os europeus e fez trocas para obter alimentos e coisas do novo mundo, além de informar a colônia dos planos do inimigo. Aos 17 anos, ela foi tomada refém e ficou presa por mais de um ano, então fez um acordo com outro homem, John Rolfe, que disse que a deixariam se ela se casasse com ele.

7. Mulan

A verdadeira história de Mulan é muito inspiradora. A famosa guerreira tinha sido treinada por seu pai para se defender dos inimigos e, de fato, ela era reconhecida por ser muito boa em diferentes artes marciais e no manuseio de diferentes armas. Portanto, quando a menina soube que a guerra estava chegando e seu pai deveria comparecer. Era óbvio para toda a família que ela seria a melhor opção para comparecer em vez de seu pai. Na verdade, ao contrário do filme, a jovem não precisava mentir sobre o desejo de ir à guerra, e eles a apoiaram completamente em sua decisão. Ela não teve um grilo da sorte ou um dragão ancestral que a ajudasse, além disso, não descobriram que ela era uma mulher, mas ela decidiu compartilhar seu segredo. Todo o exército levou esta notícia muito bem e eles ficaram muito surpresos. Quando a garota voltou para casa, descobriu que seu pai havia falecido e isso a deixou em depressão.

E sobre a história da princesa e o sapo? Veja mais na página seguinte.

8. A princesa e o sapo

Esta história é uma das mais conhecidas e a verdade é que o filme da Disney fez um excelente trabalho, porque quando a princesa pensou que beijar um sapo seria algo estranho, pudemos compartilhar seu sentimento. Na história original, Tiana não era uma garçonete, mas uma princesa real, a mais bonita de todas. A jovem costumava ir ao bosque para brincar com uma bola de ouro, que ela jogou na água. Um sapo a devolveu para ela, em troca de que o aceitaria como seu companheiro de brincadeiras e danças. Ela aceitou, mas quebrou sua promessa quando retornou ao seu castelo sem ele. No dia seguinte, o sapo apareceu na porta do soberano, ela teve que passar algum tempo com a criatura, embora sua aparência parecesse desagradável. A menina ficou furiosa e o jogou na parede. Naquele momento, ele se tornou um príncipe atraente que agora era seu companheiro, o príncipe a perdoou e eles viveram felizes para sempre. No entanto, nunca houve um beijo, isso foi totalmente inventado.

9. Rapunzel

A história original dos Irmãos Grimm é muito semelhante à que vimos nas telas. Nesta história, o homem que salva Rapunzel era realmente da família real, não um ladrão. Ele foi seduzido por sua voz e queria encontrá-la, pediu para deixar seu cabelo cair de forma que ele pudesse subir até sua varanda. O príncipe era tão fofo, que a menina facilmente se apaixonou por ele e eles se envolveram na mesma noite. A jovem pediu-lhe para trazer a linha de seda toda vez que ele a visitasse, para que ele pudesse subir as escadas. No entanto, a feiticeira percebeu, cortou o cabelo e deixou Rapunzel com dor. A feiticeira enganou o homem e o deixou cair da torre, depois tirou-lhe os olhos. Sendo cego, o menino ouviu a voz da menina na floresta, depois de ter dado à luz gêmeos.

De qual história você gosta mais? Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Imagens: Twitter/ Giphy

3
O que você acha?! Juntar-se à conversa
A vida de BRAD PITT após o divórcio de ANGELINA JOLIE
Érica Adriane Todo
Érica Adriane Todo 30/01/18 07:03
Gabi Marques lê a história da bela adormecidaaa
Érica Adriane Todo
Érica Adriane Todo 30/01/18 07:03
Mas se viu a Elena Gilbert
Érica Adriane Todo
Érica Adriane Todo 30/01/18 07:03
Mas se viu a Elena Gilbert
Gi Kern Farias
Gi Kern Farias 30/01/18 07:03
Stephanie Kern Bonilla
Stephanie Kern Bonilla
Stephanie Kern Bonilla 30/01/18 07:03
Nossaaaaaa que diferença
Stephanie Kern Bonilla
Stephanie Kern Bonilla 30/01/18 07:03
Nossaaaaaa que diferença
Susana Fonseca
Susana Fonseca 30/01/18 07:03
Toda uma infância destruída