47 Comentário

Evidências intrigantes de que as histórias bíblicas têm uma base real

De acordo com o censo de 2010, mais de 80% dos brasileiros são cristãos. Isso quer dizer que pelo menos 160 milhões de brasileiros acreditam no Antigo e no Novo testamentos da Bíblia. Apesar de muito ter sido contestado ou questionado do livro, como a história de Adão e Eva ser apenas uma maneira de catequizar os povos nórdicos (que vêm da Dinamarca, da Finlândia, da Islândia, da Noruega e da Suécia), algumas evidências físicas e arqueológicas dão suporte às crenças desses milhões de brasileiros. Neste artigo, separamos as sete mais impressionantes. Confira:

1- A Arca de Noé

1- A Arca de Noé

Em 2014, estudantes Universidade de Leicester decidiram testar as instruções dadas no Livro de Gênesis para a construção da Arca de Noé. De acordo com o escrito na Bíblia, eles deveriam construir uma arca de 300 côvados de comprimento, 50 côvados de largura e 30 côvados de altura. O objetivo deles era testar de algo assim realmente flutuaria. Uma dificuldade que encontraram logo no início foi o fato de um côvado ser uma medição pouco precisa. Um côvado é o comprimento da ponta do dedo médio de uma pessoa para o cotovelo.

Entenda o que os alunos fizeram para contornar essa dificuldade na página seguinte.

1- A Arca de Noé 1

Para começar o projeto, eles resolveram padronizar um côvado em 19 polegadas (equivalente a 48 centímetros). Assim, a arca teria comprimentos equivalentes a um pequeno navio de carga: 145 metros de comprimento, 24 metros de largura e 14 metros de altura. Com os comprimentos resolvidos, eles resolveram passar para as outras instruções. Os alunos então focaram no material. A Bíblia diz que a arca foi feita de madeira gopher. Outro desafio encontrado, já que nem os especialistas sabem o que é isso.

1- A Arca de Noé 2

Após alguma pesquisa, eles concluíram que se tratava de um tipo de cipreste, ou seja, um tipo de árvore conífera da família dos ciprestes, que costuma ser usada como ornamento e para a produção de madeira. Com isso em mente, começaram a fazer os cálculos. Segundo eles, uma arca de cipreste vazia pesaria aproximadamente 1,2 mil toneladas. Próximo passo: quanto uma arca desse porte aguentaria carregar sem afundar? Para a densidade não ser maior que a da água, o máximo de carga que ela aguenta seria de 51 mil toneladas, pouco mais de 12 vezes seu peso.

Será que ela aguentaria todos os animais então? Confira na página seguinte.

1- A Arca de Noé 3

Agora a questão: a arca poderia levar dois de cada animal? Por mais que existam cerca de oito milhões de espécies de animais descobertas até hoje, a maioria sobreviveria a uma inundação sem precisar de ajuda. Então os alunos calculam que apenas 35 mil pares de animais precisariam ser embarcados. Levando em consideração que filhotes de certas espécies, como de elefantes, poderiam ser colocados na arca, ela teria sido facilmente capaz de transportar a todos. Claro, isso não explica cientificamente como 70 mil animais entraram na arca, mas aí já é demais para cálculos de alunos de física, não é mesmo?

2- A casa onde cresceu

2- A casa onde cresceu

Há muitos que comparam Jesus a Sócrates quando dizem que ambos seriam produto da imaginação de outras pessoas ou de outro pensador específico. Ainda assim, baseados em arqueologia e nos textos bíblicos, especialistas dizem que Jesus teria nascido por volta de 4 a.C. e sido criado como judeu em Nazaré. Pelos textos bíblicos, não se sabe muito além disso. Por volta de 1880, freiras descobriram essa estrutura feita de argamassa e pedra. Dentro dela, relíquias como sugerem que o local era habitado por uma família judaica.

Na página seguinte, confira o que mais descobriram sobre essa casa.

Baseado nessas descobertas, um arqueólogo chamado Ken Dark afirmou no ano passado ter encontrado uma casa nazarena onde Jesus pode ter vivido como uma criança. Ele, aliás, afirmou não ter sido o primeiro a encontrar o local. Em seu estudo, ele cita um texto escocês do século VI que fala de uma peregrinação que fazia uma parada na casa onde Jesus havia crescido. Além disso, as evidências mostram que a casa foi abandonada no primeiro século d.C., mas que alguém a identificou e a decorou com mosaicos durante o período bizantino.

Participantes das cruzadas também cuidaram da estrutura por volta do ano 1100 d.C. Contudo, a casa foi queimada pouco tempo depois, no século 13, o que levou embora a possibilidade de encontrar mais evidências. O pesquisador explica que não consegue confirmar cientificamente se a casa realmente foi o local onde Jesus cresceu, mas que confia na crença dos bizantinos e dos participantes das Cruzadas. Ainda assim, segundo ele, não há uma boa razão científica para desconfiarem que essa também não seria a casa certa.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fotos: Twitter/Pixabay

156
O que você acha?! Juntar-se à conversa
O Grande TRUQUE do Oscar 2019 Por Lady Gaga e Bradley Cooper
15/02/18 07:03
Jose Batista A. Dantas, tua ignorância no assunto me espanta, não lê, não pensa, mas fala bobagens. Todo mito quando repassado recebe o acréscimo de informação e não o contrário como é o caso que tu quer passar. Teu nível de desentendimento é tão grande que tu pensa que só os sumérios falam a este respeito, quando na verdade até os povos pré colombianos possuem histórias de um dilúvio global, plágio também? A China possui uma forma de passar essa história bem interessante dentro dos seus ideogramas, na verdade existem mais de 200 culturas que relatam um dilúvio global, um barco e uma família, é tudo plágio? Faça um favor, se quer ser ateu, seja, mas não seja burro, é feio e tu passa vergonha com isso.
15/02/18 07:03
Eduardo Gums, alguns dos exemplos: Já no livro de Gênesis a Bíblia cita a formação continental ordenando que surja a porção seca, muito recentemente descobrimos que no início existia um supercontinente chamado pangeia, é o único livro da época que relata sobre isso. A Bíblia cita as curvas do vento, cita que o fundo da terra é como fogo, fala das cadeias de montanhas submarinas, até recentemente se acreditava que o fundo do oceano era plano com as praias, apenas com algumas irregularidades, veja no livro de Jó, estes são apenas alguns exemplos, mas tem muito mais coisa, os próprios dinossauros são citados.
15/02/18 07:03
Livro da época de pangéia? Qual é o livro de 65 milhões que tem? As descobertas recentes são comprovações doque já existia, muitas coisas eram já conhecidas, mas se perderam junto com a biblioteca de Alexandria, estamos redescobrindo novamente o passado destruído.
15/02/18 07:03
Realmente um verdadeiro lixo de matéria.
15/02/18 07:03
Manasses Junior Alves, sabe pq estou vivo? Não conta pra ninguém, mas a 37 anos atrás meu pai e minha mãe transaram gostoso e saiu esta linda obra de arte que sou eu, mas isso é segredo, não conta pra ninguém valeu...
15/02/18 07:03
Para os que não crêem em Deus, nenhuma explicação é possível. Para os que crêem, nenhuma explicação é necessária.
15/02/18 07:03
Guilherme Da Silva Pires vc está vivo porque Deus quer.... Se ele não quisesse vc não estaria...
15/02/18 07:03
Fala sério Manesses.
15/02/18 07:03
Nunca falei mais sério na minha vida....
15/02/18 07:03
Triste ver um povo tão desacreditado das coisas divinas assim....
15/02/18 07:03
A Bíblia está para todos, é incontestável mais a desobediência do povo não permite que creiam
15/02/18 07:03
Se vc pegar o livro de genises, a criação que a bíblia fala,compara com a ciência pra ver se tem algo de diferente. Será que só agora viram que as duas se completam! Só tenho uma coisa a dizer "EU JÁ SABIA"
15/02/18 07:03
A ciência tira a conclusão baseada nas evidencias, se não tem evidencias não tem conclusão, a ciência não tem vergonha de dizer que não sabe, se surgem novas evidencia a conclusão pode mudar, a ciência não tem vergonha de dizer que errou, já pseudociência, a crença, tira as evidencias baseada na conclusão, assume que a bíblia esta certa e tenta provar.
15/02/18 07:03
Só tenho uma coisa a dizer, ateísmo é modinha.
15/02/18 07:03
Esse é o mantra do alienado.
15/02/18 07:03
pra quem acreditar em vassoura, lenço ungido óleo de Israel água do jordão tudo e possível. essa foi explicacao mas exdruxula que ja li sobre o dilúvio!
15/02/18 07:03
Jorge Falcão alienado deve ser você, ao demônio, e Bosco Joao, vc esta no mesmo barco
15/02/18 07:03
gostei da parte que diz, já na primeira justificativa: "Claro, isso não explica cientificamente como 70 mil animais entraram na arca, mas aí já é demais para cálculos de alunos de física, não é mesmo?" acho que demais é acreditar numa reportagem que quer provar algo com esse tipo de argumento, ou prova que funciona mesmo ou não é prova, só o mesmo de sempre.
15/02/18 07:03
Imaginação, realmente isso faltava aos hebreus, afinal, apenas pegavam lendas politeístas de outros povos e convertiam de acordo com seus ideais, e se não fosse a escrita suméria com estes mitos, nem bíblia teria sido escrito.
15/02/18 07:03
Bruno La Porta Welausen a biblia traz coisas desconhecidas pela ciencia até 200 anos atrás?poderia explicar isso?eu sou cristão,mas não conheço tanto a biblia