Incrível!Celebridades

Publicado 2018-03-19
5 Comentário

As coisas imprescindíveis que você não sabia sobre a vida de Pablo Escobar

Os últimos trinta, no máximo quarenta anos de história colombiana, são claramente marcados pelo tráfico de drogas, entre outros fatores notáveis, como a violência endêmica da região, subversão, corrupção, crime e paramilitaríssimo. No entanto, assim como no que diz respeito aos fenômenos que enumeramos, Não devemos esquecer também que há uma certa condenação social absoluta tanto a nível nacional como internacional, o caso do tráfico de drogas é algo assustador.

As coisas imprescindíveis que você não sabia sobre a vida de Pablo Escobar 1

Quando se trata de venda de narcóticos, observamos que há uma certa benevolência social amplamente utilizada para julgar seu impacto. Seja devido à curiosidade intrínseca que este tipo de atividade desfruta quando se mistura com sangue, dinheiro e substâncias proibidas, ou devido à disseminação de mitos e lendas que tem sido articulada através de poderosos dispositivos de difusão cultural. O fato é que hoje, vemos como se admira, e até idolatra, personagens tão sinistros como o ex-contrabandista e político de origem colombiana, Pablo Escobar Gaviria.

A série “Narcos”, entre muitos outros livros, documentários e outros documentos, favorecem o benefício da dúvida de figuras como o narcotraficante acima mencionado, sobre quem as pessoas geralmente têm mais palavras de idolatria do que de condenação. Mas como essa situação foi alcançada? Quanto de bom ou mal é dito de Pablo Escobar Gaviria é verdade? e quanto não é? Neste artigo, tentamos abordar o fenômeno colombiano do narcotráfico nos últimos tempos através de seu melhor representante, e revelamos os dados mais interessantes sobre sua figura. Para isso, recorremos a fontes reconhecidas como o escritor Castro Caycedo, que teve a oportunidade de encontrar com o protagonista deste artigo até oito vezes.

1. Ele não ofereceu pagar a dívida externa da Colômbia

1. Ele não ofereceu pagar a dívida externa da Colômbia

Uma das lendas mais difundidas sobre Escobar, que também contribui para melhorar sua imagem social, é que ele ofereceu para pagar a dívida externa de seu país pedindo em troca de garantias de abolição da extradição. Algumas pessoas importantes participaram de um acordo de fuga negociado em que havia propostas de pagamento de rotas, além de pistas de decolagem e laboratórios de cocaína. Mencionou-se até o abandono do tráfico de drogas, conforme estabelecido em um memorando oficial preparado em conexão com essa negociação e que foi enviado pelos narcos ao Presidente Bentacur, bem como à DEA. Porém nunca o pagamento da dívida externa foi acordado, como comumente é dito.

1. Ele não ofereceu pagar a dívida externa da Colômbia 1

2. Nunca houve um encontro pessoal entre Gabriel García Márquez e Pablo Escobar.

Poucos anos após a morte de Rodrigo Lara Bonilla e no contexto da escalada perturbadora da violência que ocorreu no país, havia aqueles que falavam da figura do escritor como um possível intermediário entre o narcotráfico e o Estado, dada a admiração de que Escobar teve para “Gabo” (a quem, de fato, ele chamou de "El Maestro"). Ainda assim, a verdade é que as abordagens sempre ocorreram através de mensageiros, de modo que nunca houve reunião pessoais entre as duas personalidades notáveis.

2. Nunca houve um encontro pessoal entre Gabriel García Márquez e Pablo Escobar.

3. A alta produtividade de "Tranquilandia" e o mito do pequeno plano da Fazenda Napoles

Nessa ocasião, não vamos desmentir e sim confirmar algumas notícias que chegaram nos últimos tempos. Por um lado, os assessores econômicos do traficante colombiano conseguiram confirmar que o conhecido laboratório de cultivo de coca ¨Tranquilandia¨, efetivamente, chegou a dar, em apenas oito meses, mais de recursos do que empresas como Coltejar nos primeiros vinte anos de operação. Por outro lado, esclarecemos, desta vez para negar novamente, que o avião que o chefe teve na Fazenda Nápoles não foi o primeiro que teve, uma vez que o primeiro que havia adquirido acabou afundado no mar, com setenta e cinco quilos de Coca, depois de um acidente.

3. A alta produtividade de "Tranquilandia" e o mito do pequeno plano da Fazenda Napoles

4. Piadas sobre os animais da Fazenda Nápoles

Após a chegada dos animais que Escobar importou para sua Fazenda Nápoles, aconteceu algo atípico. Havia apenas um hipopótamo macho, e nenhuma fêmea. Por esta razão, ele teve que comprar o último animal que ele precisava para completar a “arca de Noé” depois de uma semana. Além disso, é fato confirmado que após a apreensão que as autoridades realizaram de quatro zebras, o traficante de drogas ordenou que fosse pintado um grupo de burros com as cores da zebra e os trocou pelos animais confiscados. Estes foram parar no zoológico da cidade de Medellín.

4. Piadas sobre os animais da Fazenda Nápoles

5. O seu vício em substâncias viciantes

Como afirma o escritor Castro Caycedo, em nenhuma das oito vezes que se encontrou com o criminoso mítico ele não viu Pablo Escobar consumir qualquer tipo de droga, nem mesmo uma dose de licor. A bebida favorita de Escobar, por mais estranho que possa parecer, é cerveja sem álcool. No entanto, o chefe da máfia falou em sua nomeação, com um cigarro tradicional misturado com maconha, que gostava de fumar às três da manhã todas as noites. Substância com a qual, para completar, ele nunca traficou.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fonte: Unsplash / Pixabay / Pixels / Twitter

4
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Fotos nunca vistas antes de Pablo Escobar
22/03/18 07:03
Até o maior criminoso do mundo gosta do seu cachorro, mas o que é relevante nao é o cachorro.
22/03/18 07:03
Nooooooooooooooooooooooooooossaa que grande bosta
21/03/18 07:03
uma é que ele é irmão do Belchior...
21/03/18 07:03
Me sinto uma nova pessoa.
20/03/18 07:03
Uma eh q ele parece o Ratinho...