4 Comentário

Auto-Canibalismo: Chef extrai pedaços de pele dos clientes, cozinha e serve como carne para elas mesmas

Muitas vezes, nos pegamos pensando sobre o que o futuro reserva para nossas vidas...E muitas vezes esses pensamentos encantam tanto as mentes de algumas pessoas que são compartilhados com o mundo inteiro. Quem nunca assistiu algum episódio de “Os Jetsons”? Diversas vezes nos pegamos rindo de como os criadores imaginavam o futuro e, por incrível que pareça, muitas de suas previsões se fizeram reais depois de tanto tempo...Além da indústria do entretenimento, também temos muitos artistas que trabalham sobre este tema…

Diversos são os exemplos que podemos mostrar de artistas que mergulham de cabeça nesse assunto para retratar os possíveis desdobramentos dos acontecimentos que temos no tempo presente para daqui 20, 30, 100 anos. Como já falamos em um artigo, temos Patricia Piccinini, que esculpe criaturas geneticamente modificadas usando silicone, resina e cabelo humano. Outro exemplo muito pertinente é o trabalho de Arturs Bērziņš, um artista de Riga, Letônia. O assunto que ele trata é comovente e ao mesmo tempo preocupante.

Mas poucos casos são mais preocupantes que este. O artista Arturs Bērziņš transmitiu sua performance on-line e o que ele planejou é algo um tanto polêmico quanto enojante. Chamada de “Eschatology” (escatologia em português, termo que se refere a área que se dedica ao estudo dos eventos que aconteceriam no final dos tempos), a performance conta com um homem e uma mulher com partes do corpo aparentes e um terceiro indivíduo, usando vestimentas e acessórios de proteção contra contaminação, que é o chef.

Auto-Canibalismo: Chef extrai pedaços de pele dos clientes, cozinha e serve como carne para elas mesmas 1

Os outros dois indivíduos assumem um papel duplo: eles são tanto os consumidores quanto os consumidos. O homem com os trajes de proteção é o cozinheiro e o coletor dos ingredientes utilizados nessa refeição. E qual seria a refeição? A própria carne dos consumidores. Este é o momento horripilante que o artista quis abordar e no vídeo tudo é mostrado: do momento da coleta, preparação do prato até o momento em que ele é servido, lembrando que tudo isso foi feito através de uma transmissão ao vivo pelo Facebook.

Auto-Canibalismo: Chef extrai pedaços de pele dos clientes, cozinha e serve como carne para elas mesmas 2

Se você achou que as imagens são perturbadoras, você não está só. As pessoas que estavam assistindo a performance de Arturs também acharam e inclusive contactaram a polícia da Letônia. Cabe destacar que foi uma enxurrada de comentários feitos por telespectadores que se incomodaram com as cenas (inclusive o editor que escreveu este artigo). Abaixo mostramos o vídeo em que ele usa um bisturi para “coletar” o ingrediente da refeição direto da fonte: os consumidores.

Auto-Canibalismo: Chef extrai pedaços de pele dos clientes, cozinha e serve como carne para elas mesmas 3

Sem nenhuma anestesia, ele faz um corte e retira uma pequena porção de pele dos consumidores. Em seguida, ele se posiciona à frente dos dois, com um fogão portátil e uma frigideira à sua frente e começa a preparar o alimento. Após o preparo, ele calmamente pede que os consumidores se levantem enquanto ele caminha para serví-los com suas próprias carnes. De pé, ele serve os consumidores com a carne frita em suas bocas. Horrorizados, diversos espectadores entraram em contato com a polícia.

As autoridades do país do Báltico estão tentando procurar algo que possa incriminar o artista por seu polêmico trabalho, mas não conseguem encontrar uma justificativa válida de crime para acusá-lo. A ideia da performance é uma tentativa de ilustrar caso as pessoas tivessem de recorrer ao canibalismo caso o estoque de comida do mundo se extinguisse. Os atores envolvidos na performance foram Karl Zvejnieks e Suura Nettle. Você acha que um dia teremos que recorrer ao canibalismo?

Auto-Canibalismo: Chef extrai pedaços de pele dos clientes, cozinha e serve como carne para elas mesmas 4

Se você quer saber qual o gosto que a carne humana tem, nós respondemos. Não pense que nós provamos carne humana, na verdade temos opiniões de terceiros. De acordo com o testemunho de pessoas que literalmente se alimentarem de outras pessoas, o sabor da carne humana não reflete sua aparência de carne. Tanto serial killers quanto os canibais polinésios descreveram carne humana com o sabor sendo mais parecido com o de carne de porco. Mas nem todos os canibais concordam com essa descrição... William Seabrook, um escritor e jornalista, viajou para a África Ocidental na década de 1920 e mais tarde descreveu um encontro com o homem-carne em grande detalhe em seu livro, “Jungle Ways”. Ele disse, na verdade que tem gosto de vitela.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de seguir o nosso perfil no Instagram!
Fonte das imagens: Youtube Arthur Berzinsh
GIPHY / Twitter

0
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Katy Perry come carne humana com outros artistas?
30/03/18 06:03
. Concordo de todos os pecados q o Diabo induz o ser humano a fazer...esse é concerteza o mais maligno de todos...a estória da humanidade infelizmente começou assim com canibalismo...depois q isso td acabou com a graça de Deus...no sé**** XX em pleno Sec XX ouvimos relatos recentes de canibalismos em países desenvolvidos. Gente se protejam pq o demônio tá vindo aí.
30/03/18 06:03
Felipe Moraes verdade
27/03/18 06:03
Meu Deus...pq o povo teima em ser desorientado?Vão trabalhar
27/03/18 06:03
Isso é coisa Diabólica.fim dos tempos
30/03/18 06:03
. Concordo de todos os pecados q o Diabo induz o ser humano a fazer...esse é concerteza o mais maligno de todos...a estória da humanidade infelizmente começou assim com canibalismo...depois q isso td acabou com a graça de Deus...no sé**** XX em pleno Sec XX ouvimos relatos recentes de canibalismos em países desenvolvidos. Gente se protejam pq o demônio tá vindo aí.
30/03/18 06:03
Felipe Moraes verdade