Incrível!

Publicado 2018-03-29
0 Comentário

7 fatos para arruinar os filmes da sua infância

Temos algumas lembranças que são tão importantes para nós que a guardamos a 7 chaves, certo? E certamente há boas memórias que encontram-se em filmes e não deixam de trazer toda uma nostalgia junto a eles. Será que você tem coragem de arruinar, sem a chance de ser remediado, algumas recordações cinemtográficas da sua infância e saber o que realmente estava acontecendo naquele momento? Pois é, esta lista foi baseada em notícias de bastidores e outras análises adicionais dos filmes e, com certeza, vai mexer bastante com você. Confira as 7 curiosidades que separamos que vão desde “Procurando Nemo” até “Mágico de Oz”.

1.Timão e Pumba assistindo Nala e Simba fazerem sexo enquanto cantam sobre isso

1.Timão e Pumba assistindo Nala e Simba fazerem sexo enquanto cantam sobre isso

É difícil esquecer daquele momento em que finalmente Nala e Simba fizeram toda a dança do acasalamento se entreolharam profundamente, esfregaram as cabeças e puderam finalmente estar juntos? Timão e Pumba, amigos fiéis de Simba, com certeza se lembram, porque além de assistirem tudo porque além de assistirem a coisa toda ainda cantarolam a trilha sonora. Para ficar um pouco pior, Scar, seu tio, assiste a todo acontecimento escondido. A famosa música “Can you feel the love tonight?”, Você consegue sentir o amor esta noite?, embala Nala e Simba.

2. Após a morte da mãe de Nemo, Marlin teria se tornado uma fêmea e acasalaria com o próprio filho

Sem dúvida “Procurando Nemo” é uma das melhores animações existentes, mas há uma falha no sentido da biologia. Os peixes-palhaço são hermafroditas sequenciais por natureza, o que significa que desenvolvem primeiro o masculino e mais tarde o feminino. Então, quando a mãe de Nemo morreu, Marlin deveria ter se tornado uma fêmea. E, estranhamente, com somente dois espécimes existentes, Nemo teria que acasalar com sua mãe.

3. O sons que os Velociraptors emitem em “Jurassic Park” são tartarugas fazendo sexo

Há algo muito errado em pessoas que não gostaram de “Jurassic Park” além de ter sido um marco no ramo de efeitos especiais na época em que foi lançado, alcançou um sucesso de bilheterias. Seguramente, é um marco na história do cinema. E quem não se lembra dos ruídos emitidos pelos Velociraptors? Aterrorizantres e intensos, aqueles sons nada mais são na verdade do que tartarugas fazendo sexo.O próprio designer de som do filme, Gary Rydstorm gravou estes sons no Marine World.

4. O diretor do “Mágico de Oz” era um simpatizante nazista

É um pouco estranho admitirmos a ideia de que um filme clássico e infantil como “O Mágico de Oz” que conta uma história da importância da amizade e coragem tenha sido dirigido por um nazista. Isso mesmo, o aplaudido diretor Victor Fleming, foi descrito como “violentamente pró-nazista". Ele não se sentiu nada confortável quando os Estados Unidos decidiram lutar ao lado dos “Aliados”. Impossível pensar que o diretor de um clássico infantil tenha tido uma visão tão preconceituosa assim.

5. Mel Blanc dublou todos os animais de estimação da Geppetto, mas sua cena foi cortada

Apesar de vencedor de um Oscar, por sua ótima música, e também ser lembrado por seus personagens memoráveis, o filme poderia ter sido ainda melhor. Isso porque a voz de Pernalonga e o homem das mil vozes, Mel Blanc, tinha sido registrado para fazer as vozes de cada um dos animais de estimação de Geppeto. Mas as falas foram todas cortadas quando os diretores decidiram que os animais não teriam vozes.

6. Will Smith não deveria ter sido capaz de salvar a Terra em Independence Day

As pessoas geralmente costumam gostar do clássico "Independence Day". Will Smith está simplesmente fantástico durante todo o filme. Mas vamos nos remeter ao fato de quando a nave-mãe alienígena atracou entre o planeta Terra e a lua, a sua dimensão acarretaria alguns problemas gravitacionais com as marés. Com isso, aconteceria um verdadeiro desastre bem antes de Will Smith poder nos salvar. Ainda assim, o filme é excelente e vale uma sessão pipoca!

7. ET e Poltergeist eram o mesmo filme

Não você não está lendo errado! É isso mesmo que iria acontecer: ET e Poltergeist seriam o mesmo filme. Ambas longas-metragem tinham o mesmo roteiro, previamente nomeado como “Night Skies” (Céu Noturno) e eles até chegaram a ser filmados juntos. Dúvida? Se você assistir com atenção novamente e reparar as cenas iniciais de “Poltergeist”. E comparar com a filmagem do céu em “ET” vai perceber que é exatamente a mesma. Separados, ambos filmes são considerados clássicos e sucessos de bilheteria.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fotos: Instagram/Twitter

0
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Caos nos Bastidores do Filme Bohemian Rhapsody