Incrível!DicasVida Saudável

Publicado 2018-05-07
0 Comentário

6 Sintomas de câncer de mama que não são os nódulos e muitas não conhecem

Considerado o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres, o câncer de mama ainda faz muitas vítimas em todo o mundo. Isso é bem contraditório, se pensamos que este tipo de câncer tem até 98% de chance de cura. Mas para que a cura ocorra, precisamos nos atentar que a detecção do câncer precisa ser feito por meio de exames preventivos de rotina, pois eles são essenciais para um diagnóstico rápido e um tratamento adequado da doença.

O auto-exame de mama pode ser feito em qualquer momento, pois ele ajuda a detectar possíveis nódulos e é a forma mais eficaz de diagnóstico precoce, mas é importante sabermos que nem sempre o cancer de mama se apresenta desta forma e, por isso, pode não ser identificado neste momento. Então, este artigo trata de outros sintomas menos conhecidos do cancer de mama, mas que também podem ser uma forma de identificá-lo.

1. Secreção do mamilo

Este tipo de sintoma pode ser um sinal de câncer de mama. Isso acontece quando as células cancerígenas estão perto das paredes dos ductos mamários. Mas aqui já fazemos algumas observações, se a secreção vier das duas mamas ou a partir dos ductos de leite, a resposta mais provável é que você esteja com algum distúrbio hormonal não canceroso. O problema é quando a secreção atinge apenas uma das mamas e tem a cor rosada ou sanguinolenta, especialmente em mulheres com 40 anos ou mais.

2. Inchaço na região axilar ou ao redor do pescoço

Este é outro item para prestarmos atenção: os inchaços nas regiões citadas estão atrelados à presença dos gânglios linfáticos aumentados, conhecidos popularmente como ínguas, e cientificamente como linfonodomegalia, indicam, na maioria das vezes, uma infecção ou inflamação, mas pode ser um aviso de um câncer também. Esteja atento se houver febre, se o inchaço persistir por mais de 30 dias e se tiver a consistência dura, procure por um médico.

3. Mudança no formato, peso ou tamanho dos seios

O câncer também pode causar algumas alterações nos seios, mas é bom lembrar que os seios já possuem uma anatomia assimétrica por natureza. Porém se os seios tem aumentado e diminuído mesmo que o seu peso não tenha se alterado, é hora de estar atenta. Isso porque as alterações no formato de uma das mamas podem indicar que existe um tumor fazendo volume ou mesmo tracionando a pele por baixo. Ao perceber isso, procure um médico.

4. Alterações na forma, posição ou até inversão do mamilo

Alterações na forma, posição ou inversão no mamilo podem indicar que há um tumor alojado atrás do mamilo. Qualquer alteração neste sentido merece a sua atenção. A alteração, nesse caso, pode dar-se devido a um tumor que fica atrás do mamilo e o puxa para dentro. E o mamilo inverter-se pode ou não ser um sinal de cancer de mama já que há mulheres que tem o mamilo desta forma desde que começam a crescer. E, neste caso, isto apenas trata-se de uma fraqueza de ligamentos na região.

5. Doença de Paget na mama

Esta doença é caracterizada por um tipo de tumor que surge atrás do mamilo. O que tem que ser observarvado é se as bolinhas ao redor do mamilo não são apenas ductos que permitem o bebê amamentar-se. Porém, se as bolinhas tem a cor vermelhas e aparentam ser pequenos machucadinhos de difícil cicatrização, pode ser um sinal da doença de Paget. Portanto, o mais importante a se fazer é procurar um médico se notar qualquer erupção cutânea nesta região.

6. Tipo raro de câncer

A mudança da pele na região das mamas pode ser um sinal de um dos mais raros de câncer de mama. Esta mudança dá a aparência semelhante a uma casca de laranja. Isso acontece porque as células cancerígenas começam a bloquear os canais linfáticos, causando inflamação e pequenas depressões na superfície da mama. Procure um médico para ter o diagnóstico correto.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fotos: Pixabay / Twitter / Instagram / Giphy

9
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Você lava a calcinha no chuveiro? Cuidado com a candidíase...