0 Comentário

Entenda a doença hepática de Whindersson Nunes, que pode evoluir para um câncer

No último domingo, o Youtuber mais famoso do país anunciou em seu Instagram que começou uma rotina de exercícios físicos e também uma dieta. A razão é é simplesmente estética. Apesar de ter que perder 30 quilos para interpretar a si mesmo em um filme que contará a história da sua vida, ele, após exames, descobriu que está com gordura no fígado, chamada pelos médicos de esteatose hepática. Whindersson tem motivos bastante fortes para se preocupar, uma vez que essa é uma doença que pode trazer consequências sérias à saúde.

O fígado é um órgão de importância vital para nós. Ele são produzidas as proteínas do nosso sangue e também metabolizadas algumas toxinas e medicamentos e onde são transformados as proteínas, açúcares e gorduras que ingerimos. A esteatose hepática é, como foi dito, o nome dado quando a gordura se acumula no nosso fígado. É uma doença reversível, mas que se não for tratada pode evoluir para um câncer ou cirrose. Para a reversão, no entanto, é preciso que haja mudança no estilo de vida e alimentação.

Continue acompanhando nosso artigo para saber mais sobre esteatose hepática.

Os principais fatores de risco para desenvolvimento da esteatose hepática são o sobrepeso e a obesidade, aumentando consideravelmente para pessoas que bebem mais de dois copos de bebida alcoólica por dia. No Brasil, o câncer de fígado é o sexto que mais mata, segundo dados do Ministério da Saúde. Um estudo recente mostrou que o consumo exagerado de carne vermelha processada também pode aumentar o risco de desenvolver gordura no fígado, além de nos tornar resistente à insulina.

Jovens estão ficando cada vez mais doentes

Hoje, mais da metade da população adulta está acima do peso ideal. Mas a população jovem também vem sofrendo mais com obesidade. O que antes estava concentrado na parcela com escolaridade mais baixa, hoje ela têm avançado entre aqueles que têm nível médio e alto de estudo. Entre as pessoas que têm entre 9 e 11 anos de estudo, o número de obesos mais que dobrou entre 2006 e 2016. Além de gordura no fígado, diabetes e colesterol alto são cada vez mais frequentes entre as pessoas que estão na faixa de idade entre 15 e 25 anos.

Clique em página seguinte para ler mais sobre o assunto.

Segundo as autoridades fatores que influenciam nesse resultado são que as pessoas estão substituindo o arroz com feijão por outros pratos cada com mais carboidratos. A falta de uma rotina de exercícios e o estresse são fatores que influenciam muito nisso também. Os jovens de hoje se movimentam cada vez menos, ficando horas parados em frente a computadores e videogames. Segundo especialistas, hoje existem adolescentes de 15 anos tomando remédios para combater pressão alta, coisa que há alguns anos só era vista com pessoas acima dos 30 anos.

A melhor coisa para se fazer é atuar na prevenção, adotando hábitos alimentares melhores e em uma rotina de exercícios. Não podemos aceitar que pessoas tão jovens iniciem tratamentos que há alguns anos eram prescritos somente para pessoas acima dos 30 anos, simplesmente pelo fato de não se alimentarem corretamente. Não podemos aceitar que a correria diária coloque de lado a alimentação saudável e a prática de atividades físicas, nos deixando doentes.

Clique em página seguinte e leia todo o artigo.

Novidade no tratamento

A USP fez uma pesquisa recentemente, buscando formas de diminuir o tempo gasto pelos pacientes na eliminação dessas gorduras. No estudo foram colocadas placas de laser sobre o abdomen, glúteos, quadríceps e bíceps dos pacientes, após eles terem realizados exercícios aeróbicos e de musculação por uma hora. A esses pacientes também foi passada uma dieta equilibrada e lhes foi pedido que evitassem o consumo de álcool durante o tratamento. Os resultados comprovaram que os pacientes que utilizaram as placas de raio laser tiveram uma diminuição de 80 a 90% maior do que aqueles que não as usaram.

E você, está acima do peso? Está fazendo alguma coisa para mudar esse quadro, como atividades físicas e ter uma dieta rica em frutas e verduras? Lembre- se que essa é uma condição onde há possibilidade de reversão do quadro, e você não precisa esperar que evolua para um câncer para iniciar um tratamento, basta se cuidar para ter uma vida com mais qualidade.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Imagens: Twitter/ Instagram

9
O que você acha?! Juntar-se à conversa
O bebê de "Ninguém Segura Este Bebê" já completou 23 anos