Incrível!Histórias reais

Publicado 2018-06-13
0 Comentário

Caminhão é arrastado pela força do vento no Rio Grande do Sul: “Não teve como a gente se defender”

As rajadas de vento mais intensas que a estação meteorológica estava registrando no Rio Grande do Sul era de 109km/h nesta segunda-feira (11), quando o caminhoneiro Domingos Favretto, de 57 anos, estava dentro de seu veículo seguindo de Tapejara em direção a Coxilha. Ele tomou um susto quando o caminhão começou a ser arrastado e a rolar só com a força do vento. A chuva também estava forte enquanto ele era levado junto do caminhão por dezenas de metros até parar o meio de uma lavoura. A situação toda levou alguns minutos. Entrevistado pelo jornal online G1 RS, ele disse que "Era um tombo seguido do outro.”

Como não há radar na região, não é possível saber exatamente qual era a velocidade do vento no momento do acidente para ter chegado a essa situação. Domingos sofreu escoriações por todo o corpo e está internado no hospital para se tratar. Consciente e se recuperando, o homem disse ainda na entrevista ao G1 que nunca havia passado por alguma situação como essa e que não tinha como se defender: “Nunca imaginei chegar nesse ponto. Não sei bem o quanto ele foi para o meio da lavoura, acredito que uns 30, 40, 50 metros, não sei bem, mas eu consegui ficar dentro do caminhão."

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fotos: Twitter

41
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Pai "batiza" filho de "Vaineymar" e viraliza nas redes sociais