Incrível!DicasVida Saudável

Publicado 2018-06-21
0 Comentário

Vacina para rinite promete acabar com todos os sintomas

Os alérgicos de plantão sabem o que é ter crises de rinite. Este pessoal sofre com coriza, coceira, nariz entupido, olhos lacrimejando e incontáveis espirros. A rinite não traz grandes complicações, mas estes sintomas citados atrapalham quem sofre de rinite de cumprir tarefas básicas do cotidiano e também trazem um grande mal estar. Mas, o que poucas pessoas sabem, é que já existe uma solução que afirma eliminar por completo o desconforto que a rinite causa.

Vacina para rinite promete acabar com todos os sintomas 1

Trata-se de dar qualidade de vida a quem sofre com as crises alérgicas. O produto é a chamada imunoterapia ou melhor conhecido como vacina contra rinite. Diferentemente da gripe ou resfriado, a rinite é uma inflamação da mucosa nasal a partir de uma resposta do nosso sistema imunológico por algo que ele interpretou como uma ameaça. Ou seja, é uma função que existe em nosso corpo para expulsar invasores.

O quadro de rinite inclui dois tipos. Um deles é o não-alérgico, que pode ser causado por medicamento into até hormônios e alguns alimentos. O outro é o mais comum, que é o alérgico, que tem como causa a poeira, ácaros, perfumes, plantas, pelos de animais, etc.. E é para este último caso que pode ser usada a imunoterapia para tratamento da rinite. E os resultados até o momento, tem sido muito animadores e não deixa de dar esperanças para quem procura algo fora dos antialérgicos comuns para dar-lhe conforto.

A vacina é feita a partir do que causa a alergia, em termos mais técnicos é chamado de antígeno. Por isso, a fórmula e a aplicação são totalmente personalizadas e nem sempre tem o mesmo efeito em cada um dos pacientes. Especialistas afirmam que o tal método vai causar mudanças aos poucos no sistema imunológico do paciente com o intuito de que certos agentes não mais lhe causem alergia.

É comum que os pacientes tomem vacinas semanais contra a rinite e que tem em seu conteúdo uma quantidade muito reduzida de antígeno. A partir da reação do paciente, não havendo nenhuma alteração negativa, o médico pode aumentar a dosagem e a quantidade de vezes a ser aplicada pode chegar a apenas uma vez a cada mês. Outra pergunta muito comum é em relação ao tempo de tratamento e isso pode não ser um dado muito animador para quem sofre de rinite.

O tempo de tratamento com a imunoterapia pode de ir de 1 até 5 anos. Em relação à preços, ele varia de caso para caso. Apesar de levar o nome de vacina e provocar o entendimento de que há a cura para tal mal, não é bem assim. O tratamento não faz com que a pessoa deixe de ser alérgico. Além disso, a imunoterapia não provoca a imunização à reações alérgicas.

O que ela faz é diminuir a sua sensibilidade em relação ao que te causa alergia, o que é feito por meio de um exame anterior à imunoterapia. Por isso, não há a cura da rinite, mas pode ficar adormecida por um bom tempo a ponto de não te incomodar tão cedo. Esse tipo de tratamento que não promove a cura, mas melhora sintomas é chamado de imunoterapia. A vacina não trata da prevenção, mas sim do alívio dos sintomas, que é o que geralmente o paciente busca quando consulta um especialista.

Vacina para rinite promete acabar com todos os sintomas 2

Em 2016, fizeram um estudo feito por um otorrinolaringologista Edmir Américo Lourenço, da Faculdade de Medicina de Jundiaí, em São Paulo, e a conclusão foi a de que após um uso contínuo de imunoterapia, foi possível eliminar sintomas como espirro, coriza e coceira em 75% dos voluntários. A pesquisa teve a participação de 281 pacientes e a imunoterapia foi uma ótima ferramenta para controlar essa patologia.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Fotos: Pixabay / Twitter / Giphy

663
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Mulher com câncer de mama terminal é "curada" pelas próprias células pela primeira vez na história