Incrível!DicasVida Saudável

Publicado 2018-06-25
0 Comentário

Dicas para combater os sintomas mais comuns do climatério

A menopausa é um período pelo qual todas as mulheres vão passar. Esse é um período após a última menstruação espontânea da mulher, o tempo em que estão sendo encerrados os ciclos ovulatórios e menstruais da mulher. O início da menopausa só pode ser considerado após um ano da última menstruação, uma vez que a mulher pode menstruar ocasionalmente durante esse tempo. E esse período de um ano chama-se climatério. Ele representa a passagem da fase reprodutiva da mulher para a não reprodutiva.

Dicas para combater os sintomas mais comuns do climatério 1

A menopausa é só mais um estágio na vida da mulher, e deve ser encarado como tal. É sabido que existem alguns sintomas que as mulheres sentem durante o período de transição, que podem ser bastante incômodos, mas podem ser amenizados. Esses sintomas são: Ausência da menstruação; Ressecamento vaginal (secura); Ondas de calor;
Suores noturnos; Insônia; Diminuição no desejo sexual; Diminuição da atenção e memória; Perda de massa óssea (osteoporose); Aumento do risco cardiovascular; Alterações na distribuição da gordura corporal; Depressão.

Dicas para combater os sintomas mais comuns do climatério 2

Essa fase, que vai acontecer com as mulheres, geralmente entre os 45 e os 55 anos, e que é considerada por muitas como um período de algum sofrimento, por causa dos sintomas que podem ser bastante intensos, variando de mulher para mulher, pode ser aliviado com uma dieta adequada, rica em alguns nutrientes específicos. Nesse artigo contaremos para você os detalhes sobre essa dieta, e como esses alimentos vão aliviar os sintomas sentidos por você na menopausa. Continue acompanhando o artigo e não perca nossas dicas!

Soja para o calorão

Soja para o calorão

Os efeitos da soja, que é muito rica em isoflavona, é muito positivo para as mulheres e são bastante conhecidos já há algum tempo. Isso porque a isoflavona vai atuar com um substituto do estrogênio, que está sendo produzido em quantidades cada vez menores pelo organismo feminino, durante o período do climatério. Três colheres de sopa de soja cozida ou uma fatia de tofu equivalem a 50 miligramas de isoflavonas, quantidade diária mínima para os efeitos desaparecerem.

Soja para o calorão 1

Cálcio contra a osteoporose

Muitas mulheres apresentam a diminuição da densidade óssea, e devem estar atentas quanto a prevenção contra a osteoporose. Para isso é necessário a ingestão de alimentos ricos em cálcio, como o leite e seus derivados como queijos e iogurtes, mas também nabo, brócolis, espinafre e sardinha. Também é bastante importante prestar atenção para não consumir na mesma refeição alimentos que vão atrapalhar na absorção do cálcio, esses alimentos geralmente são ricos em ferro, como o feijão, a carne. Fique atenta e procure ingerir esses nutrientes em refeições diferentes.

Cálcio contra a osteoporose

Sardinha e aveia reduzem o cansaço

Sardinha e aveia são ricos em uma enzima chamada Q10, que é um antioxidante que está envolvido no processo de produção energética no nosso organismo. A coenzima Q10 diminui com o passar da nossa idade, e a sua suplementação aumenta nossa energia, reduz o cansaço, melhora o sistema imunológico e a textura da pele. Além disso, a sardinha é riquíssima em ômegas, que fazem muito bem para nosso coração. Só vantagens em se consumir esses alimentos regularmente.

Sardinha e aveia reduzem o cansaço

Contra o inchaço, diminua o sódio

Para diminuir o sódio na alimentação não basta somente diminuir a quantidade de sal que é usado na hora de cozinhar, mas também alguns dos ingredientes que são usados na hora de preparar os alimentos. É preciso reduzir a ingestão de enlatados, embutidos, conservas, alimentos processados e industrializados. Para isso tente produzir seu próprio molho de tomates e também o tempero utilizado. E se for consumir conservas, enxague em água antes de comer os alimentos, isso vai ajudar a reduzir a quantidade de sal.

Contra o inchaço, diminua o sódio

Chá branco no combate à gordura

O chá branco é mais rico em catequinas que o chá verde, tem efeitos antioxidante aumentado, o que vai proporcionar a potencialização do funcionamento hepático, eliminação de toxinas do organismo e normalização das lipoproteínas. Suas substâncias antioxidantes também aumentam o metabolismo basal, auxiliando no controle do acúmulo de gordura visceral.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Imagens: Pixabay

Chá branco no combate à gordura
0
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Por que as Spice Girls estão de volta sem Victoria?