0 Comentário

Hospital vai ter que indenizar mãe após morte de bebê um dia após o parto

A situação é a seguinte: você está prestes a finalmente, após longos 9 meses de espera, poder ver o rostinho do seu bebê, dar nele o seu primeiro banho, colocar aquela roupinha que havia separado e também unir-se a ele em sua primeira alimentação através do seu próprio leite, mas eis que tudo o que você havia programado muda da noite pro dia. E o direito que é dado à você é o de poder enterrar o seu próprio filho um dia apenas após o parto. Foi o que aconteceu com uma mulher em Belo Horizonte e ela vai receber uma indenização de R$ 200 mil reais por conta da decisão da 17ª Câmara Cível do Tribunal de Minas Gerais (TJMG).

Hospital vai ter que indenizar mãe após morte de bebê um dia após o parto 1

Tudo começou quando a mulher, que estava fazendo o pré-natal na Unidade Básica de Saúde de Citrolândia, em Betim, região Metropolitana de Belo Horizonte, foi informada que faria uma cesariana na Maternidade Pública de Betim. Porém por falta de leitos no dia marcado para o procedimento, a mulher acabou encaminhada para o Hospital Sofia Feldman, que encotra-se na capital de Minas Gerais, Belo Horizonte. Chegando ao local, a mulher afirmou que seu atendimento demorou 6 horas e que depois disso, por 12 horas ficou em trabalho de parto e o enfermeiro que a atendeu tentava um parto normal.

Hospital vai ter que indenizar mãe após morte de bebê um dia após o parto 2

Não perca o novo vídeo do nosso canal do Youtube! Todo mundo tem gripe um dia e sabe que ela é chatinha. Você espirra por uns dias, nariz escorrendo, garganta coçando, às vezes passa um dia com febre e depois volta para a vida normal. Infelizmente, não é assim para todo mundo. Além de pessoas no grupo de risco morrerem com a doença, as autoridades estão lutando para combater as fake news, que são responsáveis por aumentar o número de falecimentos anualmente. Mais e mais pessoas acabem entrando nos grupos de risco ou sofrendo por pura ignorância. Confira neste vídeo por que, em pleno século XXI, 650 mil pessoas morrem por ano por causa da gripe:

O enfermeiro não parecia ter capacidade para ajudar em tal acontecimento. Por conta da incompetência do profissional, foi somente depois de algumas tentativas e quando o bebê já estava quase saindo, que a mulher foi levada a um médico, que prontamente optou pela cesariana para fazer o parto da criança. Depois disso, o bebê foi levado para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde um dia depois, por conta do sofrimento fetal, acabou vindo a falecer. Por isso tudo que aconteceu a ela, a mulher afirmou que o hospital foi negligente e que houve lesões físicas, psicológicas e também morais.

Hospital vai ter que indenizar mãe após morte de bebê um dia após o parto 3

A Justiça pediu que o Hospital Sofia Feldman fosse condenado a indenizar a mulher por danos morais por conta da morte do seu bebê, em valores não divulgados. Além disso, há também a indenização por bens materias calculada em R$ 60 mil reais. Por conta da perda do filho , o Sofia Feldman foi condenado a R$ 200 mil reais por danos morais já que, segundo o relator do caso, houve " profundo desrespeito pela vida humana". Claro, que nada paga o sofrimento de uma mãe ao perder um filho, mas ao menos a justiça pareceu estar do lado da mulher em seu momento de maior dor.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de seguir o nosso perfil no Instagram!
Fonte: Unsplash / Pìxabay / Twitter

Hospital vai ter que indenizar mãe após morte de bebê um dia após o parto 4
0
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Como Se Lembrar das Suas Vidas Passadas