Incrível!Histórias reais

Publicado 2018-10-03
0 Comentário

Mulher é flagrada tentando entrar com estimulantes sexuais em presídio

Uma mulher foi flagrada tentando entrar em um presídio em Álvaro de Carvalho, no estado de São Paulo, com 40 comprimidos de um estimulante sexual não aprovado pela ANVISA. Os comprimidos estavam escondidos no meio de uma linguiça.Ela admitiu que a intenção era levar aos comprimidos para um detento da instituição. Como os comprimidos não são permitidos no Brasil, a polícia militar foi acionada, já que eles entram no Brasil por meio de contrabando. Casos assim são mais comuns do que imaginamos.

Mulher é flagrada tentando entrar com estimulantes sexuais em presídio 1

Uma outra mulher foi flagrada pelos aparelhos de escaneamento corporal durante a revista para a entrada na penitenciária Valdic Junio Alves Primo, em Avanhandava, com maconha escondida no próprio corpo. Os agentes observaram que havia um volume anormal na região pélvica da mulher. Quando eles perguntaram a ela o que era, ela admitiu que havia introduzido maconha no ânus ela mesma retirou o pacote que havia colocado lá. Nesse caso a polícia também foi acionada pois se trata de uma substância entorpecente.

Mulher é flagrada tentando entrar com estimulantes sexuais em presídio 2

Esses casos de pessoas tentando entrar nas penitenciárias com drogas escondidas nos lugares mais inusitados não são incomuns. No início de 2018, na penitenciária de Bauru, uma mulher foi detida após os equipamentos de raio x detectarem que ela tentava entrar com maconha escondida em cabos de vassoura.Existem também vários casos de pessoas que tentam entrar nas penitenciárias com drogas misturadas à comida. Uma mulher foi detida em Marília após descobrirem que a carne que ela estava levando estava recheada de maconha.

Mulher é flagrada tentando entrar com estimulantes sexuais em presídio 3

Caso semelhante aconteceu em setembro, na Penitenciária de Álvaro de Carvalho, onde alguém tentou entrar com maconha escondida na carne de panela. Em fevereiro, outra mulher foi flagrada no presídio de Assis com bombons recheados com drogas. No CDP de Bauru, a visitante flagrada levava droga misturada em um picadinho de carne com batata. Também em Assis, o flagrante foi de maconha escondida dentro de um saco de achocolatado em pó. Lembrando que todas as pessoas flagradas tentando entrar com maconha nos presídios também são indiciadas, uma vez que se trata de uma substância proibida.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube!
Imagens: Pixabay

Mulher é flagrada tentando entrar com estimulantes sexuais em presídio 4

Não perca o novo vídeo do nosso canal do Youtube! Você sabia que o cérebro de Einstein foi roubado sem a autorização prévia dele? Como se isso não bastasse, ainda foi dissecado e passou décadas viajando por várias cidades dos Estados Unidos em um cooler de cerveja? Pois é, esses são apenas detalhes da bizarra saga do cérebro de Einstein que contamos neste vídeo:

5
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Já Temos Spoilers Sobre "A Longa Noite", Série Derivada de Game Of Thrones