Histórias reaisPolêmico

Publicado 2018-10-15
0 Comentário

Ex-detento mata esposa por não aceitar fim da relação

Um final triste e que acabou ceifando a vida de mais uma mulher! O marido de Delci Pardinho da Silva, ex-detento e recém-saído da cadeia cumpriu as suas ameaças e matou Delci a tiros. O homem chamado Eliseu Barbosa da Silva deu 4 tiros na esposa na residência dela em Uberlândia, Minas Gerais. Após o crime, Eliseu ainda fugiu em um veículo Celta, que teve a placa memorizada por vizinhos. O homem já vinha fazendo ameaças à esposa e no último dia 3 de outubro. No mesmo dia, é filmado por volta das 19h30 uma discussão entre o casal.

Ex-detento mata esposa por não aceitar fim da relação 1

Durante a discussão, gravada por meio de um circuito de segurança de uma empresa, é possível ver uma briga entre o casal com muita discussão. Após isso, Eliseu é visto levando algumas roupas e saindo de casa. Muito rapidamente, o homem volta para dentro de casa e faz os disparos contra a esposa e volta correndo para fugir. Ele ainda tem dificuldades para abrir o carro e acaba deixando a arma cair, porém consegue fugir. Delci Pardinho chegou a ser atendida pelo Pronto-Socorro da Universidade Federal de Uberlândia, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

Ex-detento mata esposa por não aceitar fim da relação 2

O casal brigava diarimente e a vítima já havia denunciado o marido por agressão de acordo com a lei Maria da Penha. E foi justamente por conta das agressões que Eliseu encontrava-se preso. E segundo pessoas próximas, foi por conta de mais um pedido de separação de Delci que Eliseu acabou matando-a. Era comum as amaeçasde morte que Eliseu fazia a então esposa por conta do pedido de divórcio dela. Após o crime, Eliseu suicidou com um tiro no peito e outro na cabeça. O homem foi socorrido, mas tanto ele quanto a vítima tiveram morte cerebral irreversível, de acordo com a Polícia Militar.

Ex-detento mata esposa por não aceitar fim da relação 3

O carro Celta utilizado por Eliseu passou por perícia e está no pátio de veículos. Dentro do veículo estava a arma de calibre 32 utilizada para o crime. O revólver estava com numeração raspada. Vizinhos afirmam que as brigas do casal eram constantes e houve uma vez em que a vítima fugiu de casa, mas por conta das ameaças do próprio marido contra os filhos e até o neto, Delci decidiu voltar para a casa onde vivia com Eliseu. A última briga do casal acabou sendo fatal e tirando a vida de Delci na noite de 3 de outubro de 2018. Mais um feminicídio para as estatísticas.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de seguir o nosso perfil no Instagram!
Fonte: V9Vitoriosa / Pixabay

Ex-detento mata esposa por não aceitar fim da relação 4

Marido mata a esposa e cozinha o corpo

Crimes de feminicídio são uma grande covardia e acontecem, em todas as partes do mundo, infelizmente. Esse tipo de crime que não tem qualquer tipo de justificativa e cada vez que acontece, choca a todos. Recentemente um crime terrível aconteceu na cidade de Taxco e deixou todo o México estarrecido, também com essa temática tão covarde. A história de hoje é sobre Magdalena Aguilar Romero, que foi morta e seus restos mortais foram encontrados em um estado inesperado.

Marido mata a esposa e cozinha o corpo

Esse chocante caso ocorrido no México abre a discussão sobre os crimes cometidos contra mulheres em todo o mundo. No Brasil, que tem a quinta maior taxa de feminicídios no mundo, o número chega a 4,8 para cada 100 mil mulheres. Acontece na maioria das vezes no ambiente familiar por alguém íntimo da vítima e geralmente é precedido por outras formas de violência, o que nos leva a acreditar que ele poderia ser evitado na maioria dos casos.

Marido mata a esposa e cozinha o corpo 1

Antes de falar de Magdalena, é importante relembrar exemplos que aconteceram no Brasil, como o caso de Eliza Samúdio desapareceu depois de ficar durante alguns dias em um sítio na região metropolitana de Belo Horizonte na companhia do pai de seu filho, o goleiro Bruno, acusado de ser o mandante do assassinato. Segundo uma testemunha, que morreu pouco tempo depois, a modelo teria sido esquartejada e seus restos mortais jogados para que cães os comessem. Embora essa versão nunca tenha sido confirmada, Bruno foi condenado e cumpre pena em uma prisão de Minas Gerais.

Marido mata a esposa e cozinha o corpo 2

Em Campinas, no dia 1° de janeiro de 2017, Sidnei Ramos de Araújo matou sua ex mulher, Isamara Filier, o filho do casal e outras dez pessoas da família dela. Depois de cometer esse ato de maldade e covardia ele se suicidou.No Total nove das vítima eram mulheres. O casal estava no meio do processo de separação e disputavam a guarda do filho, que também foi morto por Sidnei, na justiça. Era festa de réveillon e a família festejava a passagem do ano.

Marido mata a esposa e cozinha o corpo 3

O crime contra a mulher deve ser sempre denunciado. Agressões verbais ou físicas podem ser apenas o primeiro sinal de que uma grande tragédia pode acontecer. Se você sofre qualquer tipo de violência não se cale, denuncie. Não há motivos fortes o suficiente que te obrigue a viver com alguém que cometa qualquer abuso contra você. E se você conhece alguém que passa por esse tipo de situação denuncie também, ofereça ajuda à vítima, antes que seja tarde demais.

Marido mata a esposa e cozinha o corpo 4

Magdalena estava desaparecida desde o dia 13 de janeiro, depois de sair de casa para buscar os filhos na casa do ex marido, Cesar Gomes Arciniega. Desde então seus familiares e amigos começaram uma busca por ela, na intenção de achá-la ainda com vida. Depois de um tempo pediram ao ministério público que fizessem uma busca na casa de seu ex marido, que está foragido. Foi aí que toda a tragédia veio à tona. O que se descobriu foi devastador, e chocou a todos.

Marido mata a esposa e cozinha o corpo 5

Quando chegaram na casa de Cesar, os policiais encontraram os restos mortais de Magdalena. O suspeito do crime, se ex, havia picado seu corpo em partes e elas foram encontradas em vários locais diferentes, A pélvis de Magdalena foi encontrada cozida numa bolsa perto do fogão. Braços e pernas foram encontrados dentro de potes no forno da residência. Outras partes do corpo estavam cozidas também e guardadas num congelador da casa. Presume-se que todo o corpo tenha sido cozido. Veja a imagem na íntegra clicando aqui (imagens fortes).

Marido mata a esposa e cozinha o corpo 6

O governo de Taxco disse que “condena vigorosamente o assassinato de Magdalena Aguilar, que fere nossa sociedade de maneira irreparável.” Ainda segundo a nota, “O assassinato reitera o trabalho que precisa ser feito para proteger e reconstruir a sociedade do nosso município. Desde seu desaparecimento nós oferecemos todo apoio à família de Magdalena, para quem sempre mostramos nossa solidariedade e apoio.” O caso é apurado como feminicídio.

Se gostou deste artigo, nos deixe um comentário, compartilhe com todos e nos acompanhe também no Instagram!
Imagens: Twitter 1 / Twitter 2 / Twitter 3 / Twitter 4 / Twitter 5 //Pixabay

Marido mata a esposa e cozinha o corpo 7
1
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Como Se Lembrar das Suas Vidas Passadas