0 Comentário

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12

Um menino de 12 anos atirou e matou o primo de 11 anos com uma espingarda de chumbinho. A acidente aconteceu na casa da vítima, que fica na cidade de Guaratã do Norte, a 700 KM de Cuiabá. Tudo aconteceu após o garoto mais velho pegar a espingarda que pertenceu ao seu tio, pai da vítima, e usar ela para dar um tio na porta do banheiro da casa. A bala ricocheteou na porta e atingiu a criança de 11 anos, que saiu correndo e acabou desmaiando em frente a porta da casa de sua avó.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 1

No boletim de ocorrência conta o depoimento do pai do garoto que diz que ele havia usado a espingarda para matar um frango no quintal da sua residência, e que após fazer isso, deixou a espingarda atrás da porta do banheiro da casa. Então, os garotos teriam pegado a espingarda escondido para brincar e o acidente acontecido. O menino chegou a ser socorrido pela avó, e levado ao Pronto Socorro, mas não resistiu e acabou falecendo. A bala atingiu a criança na região do tórax, perto da axila direita.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 2

O menino de 12 anos foi levado pela avó até a delegacia e a arma foi apreendida. Policiais foram até o local para fazer fazer a perícia do local e a arma foi apreendida. O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Durante os relatos o menino de 12 anos, as testemunhas e o pai do garoto confirmaram a mesma história para a polícia. No momento em que a discussão sobre a liberação ou não de armas de fogo no Brasil, precisamos analisar bastante o que isso significaria realmente em nossas vidas.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 3

O uso de armas seria, nesse momento, uma boa saída para nossos problemas? Estamos cientes de que o aumento da quantidade de armas em circulação vai trazer também o aumento no número de mortes por arma de fogo? Fazer com que o cidadão busque se proteger não é aceitar uma falha do Estado e transferir essa responsabilidade para a população? Vale um debate aprofundado sobre o assunto, para que qualquer decisão seja consciente dos seus riscos e vantagens.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 4

Crime passional é aqueles crime que é cometido motivado por uma grande emoção. O termo passional, utilizado para caracterizar o crime, faz referência a um sentimento ou emoção em que existe um alto grau de afeto ou de sentimento de posse em relação à vítima. Infelizmente este tipo de crime é relativamente frequente, e denota total desespero por parte de quem cometeu o crime, uma vez que é claramente uma maneira de não ter mais aquela pessoa ao seu lado, seja por conta de sua morte ou porque ela simplesmente não vai mais querer estar ao lado de um criminoso que tentou contra sua integridade.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 5

Neste artigo contaremos a história de Ana Vitoria Pereira, de 19 anos, moradora de Catalão, Goiás, que foi morta pela mulher de seu amante, com um tiro na cabeça na cozinha do restaurante onde Ana trabalhava e do qual a autora era proprietária. Ana Vitoria trabalhava com a família da autora do crime, que não foi identificada, há mais ou menos 2 anos, e prestava serviços tanto na casa da família quanto no supermercado que eles possuem no mesmo terreno, às margens de uma rodovia em Catalão.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 6

A família da vítima não aprovava o relacionamento entre Ana e seu patrão, mas segundo sua mãe a jovem era muito ingênua e estava apaixonada. Ela disse que tanto ela quanto o padrasto de Ana a alertaram sobre o perigo de que algo desse errado quando a mulher descobrisse a traição, pois não eram apenas patroa e funcionária, mas mantinham uma relação de amizade, o que poderia gerar muito mais revolta por parte da esposa traída, o que de fato aconteceu posteriormente.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 7

Ana começou a prestar serviços para a família da assassina no restaurante, mas quando a mulher engravidou Ana Vitoria passou a ajudar também nos serviços da casa, fosse auxiliando em serviços de limpeza ou ajudando a olhar a filha do casal. Ela passava a semana na residência da família, e foi nesse momento que começou o relacionamento entre Ana Vitoria e seu patrão, segundo contou sua mãe para uma reportagem local.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 8

A autora se entregou e confessou o crime, contando para a delegada que desconfiou que algo estava acontecendo após descobrir mensagens do seu marido no telefone de Ana Vitoria. Ela então chamou Ana Vitoria ao restaurante e perguntou se estava acontecendo alguma coisa entre eles. No depoimento de confissão, a mulher disse que Ana Vitoria não somente confirmou o caso entre ela e o marido da assassina, como também a agrediu verbalmente, dizendo insultos, o que teria deixado-a ainda mais fora de si.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 9

Foi então que segundo o depoimento, ela teria pegado um revólver calibre 38 que seu marido mantinha no local e disparado um tiro contra a cabeça de Ana Vitória, na cozinha do restaurante. Após se dar conta do que tinha feito, a assassina entrou no carro e fugiu. Segundo ela, seus advogados a teriam orientado a voltar para Catalão e confessar o assassinato de Ana Vitoria, o que aconteceu 3 dias após a fatalidade ter acontecido.O caso foi enquadrado como homicídio simples, e a autora responderá processo em liberdade.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 10

No Brasil um homicídio simples pode manter o condenado na cadeia entre 6 e 20 anos. Neste caso, a polícia investiga se há alguma qualificação, como motivo torpe ou impossibilidade de defesa da vítima, o que poderia aumentar a pena para algo entre 12 e 30 anos de prisão. O caso de Ana Vitoria está sendo conduzido pela delegacia da mulher de Catalão, em Goiás, cidade que fica próximo a divisa com o estado de Minas Gerais.

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 11

Crimes como esse infelizmente destroem famílias, por isso mesmo em momentos de total desespero é preciso manter a calma para não acabar cometendo um erro que vai trazer mais benefícios do que resolver nossos problemas. Todos estamos sujeitos a momentos de desilusão e angústia, mas o crime, mais ainda, matar outra pessoa, nunca vai ser a solução para nada, pelo contrário, pode ser o começo de um grande problema. Deixe sua opinião nos comentários, queremos saber o que você achou do artigo e o que você pensa sobre este assunto. As pessoas devem fazer justiça com suas próprias mãos?

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube!
Imagens: Facebook/ Instagram/ Twitter/ Pixabay

Menino de 11 anos morre depois de ser baleado por primo de 12 12
61
O que você acha?! Juntar-se à conversa

A selfie que acabou com a vida dessas 3 meninas