0 Comentário

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays

Se você dormiu no ponto muito provavelmente não conheceu a mais nova palavra do momento: "G0ys"! Mas quem são essas pessoas que se autodeterminam por meio deste nome? Resumindo são homem que se relacionam com outros homens, mas que não são gays. Pois é, a sua cabeça pode estar dando um nó neste momento, mas os g0ys explicam que tudo pode acontecer, mas sem penetração anal e é isso que os diferencia dos gays em si, segundo os g0ys. Algumas pessoas até entendem que isso seria um tipo de bromance, um romance entre dois brothers.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 1

O termo nasceu nos Estados Unidos, mas já tem vários praticantes pelo mundo. Para quem se autodetermina g0y o filme "Brokeback Mountain" seria ótimo definidor do movimento se os dois personagens principais não fizessem sexo. Tirando a penetração, vale tudo para os g0ys: sexo oral, masturbação, beijo, porém o sexo com penetração deve somente ser praticado com mulheres. O que os héteros chamam de preliminares para os g0ys é brincadeirinhas sacanas. No Brasil, o site hererogoy.wenode.com responde pelo movimento.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 2

Não perca o novo vídeo do nosso canal do Youtube! A maioria de nós descobriu o Dia das Bruxas em filmes e séries dos Estados Unidos a que crescemos assistindo, mas poucos sabem que essa tradição é muito maior e mais antiga! Nem norte-americana é! As origens são tão fortes e misteriosas que sobrevivem até hoje - e movimentam MUITO DINHEIRO. Entenda tudo neste vídeo:

Enquanto isso há também o site internacional chamado : g0ys.org, porém podemos afirmar que ambos entendem que a relação entre homens com homens acabou sendo denegrido pelo movimento gay moderno. Segundo os g0ys, isso se dá por conta do sexo anal e da perversão existente no movimento gay. No site brasileiro, não sabe-se ao certo como o termo surgiu, porém eles explicam que o comportamento das pessoas do sexo masculino se amarem e terem relações já era comum na Grécia antiga. Outra coisa que eles rejeitam são pessoas afeminadas e que não permitem "baitolice", segundo o site em português dos g0ys.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 3

Outra coisa que os g0ys fazem questão de deixar bem claro é que eles não casam-se ou namoram com outros homens, mas sim com mulheres. E quando adentramos mais este universo, por meio da internet é possível ler frases do tipo: "g0ys não devem se envolver com o universo gay", "g0ys são machistas", "g0ys só entrarão em ambientes de clubes e festas que sejam voltados para os g0y". O movimento já tem até uma bandeira, de acordo com o site brasileiro de g0ys, que é quase toda em tons de azul porque trasmite a masculinidade latente de quem faz parte do grupo.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 4

Além da masculinidade, segundo eles, presente no azul da bandeira, cada cor tem um significado. O azul escuro representa a intensidade e a profundidade que o movimento tem atualmente. O azul índigo significa a natureza guerreira do homem. O branco simboliza a amizade e paz. E o azul turquesa representa a integridade de todas as pessoas que fazem parte deste grupo. Voltando à um dos pilares dos g0ys que afirmam que o que os diferencia dos gays e bissexuais é a não penetração, mas já existe um nome para relacionamentos que se estabelecem sem penetração, gays e bissexuais chamam de : gouinage.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 5

É importante saber que o movimento não recrimina pessoas com outra orientação sexual que não sejam heterossexuais, ou seja, são aceitos gays e também bissexuais desde que não pratiquem o sexo anal com outros homens goys e que prezem a masculinidade. Com a presença de pessoas com as mais diversas orientações sexuais, o movimento passou a ser considerado um tanto quanto liberal onde não existe homofobia, preconceito, ninguém é recriminado ou qualquer coisa do tipo. O grupo entende que os goys permite sentir afeto por outros homens.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 6

E devido à isso eles tem alguns valores estabelecidos como: amor, respeito, masculinidade e descrição. Como o movimento prega a descrição, não são muitos homens que se assumem como g0ys. Além da questão da descrição, os goys entendem que a coisa caminha mais por estar goy do que ser mais um esteriotipado sexual. No site brasileiro, heterogoy, é possível acessar fóruns onde vários homens deixam seus contatos no intuito de começar um bromance com outro homem que tenha interesse em sua mensagem. E abaixo deixamos um exemplo destes recados que estava em um fórum de discussão do tal site.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 7

Com o assunto: Pegação, "Vitor" deixou a seguinte mensagem no fórum: "Moro no RJ. Sou casado . Tenho minha vida heterossexual ativa. Porém curto uma boa brodagem uma boa putaria. Sou GG . Moreno claro. QUEM for do RJ e curte uma boa pegação chama no email ... Se for AFEMINADOS por favor nem perca tempo ." Em outra mensagem escrita por "Lucas", pode-se ler outra coisa: "Fala manos. Seguinte, tenho 18 anos boa pinta, 100% hetero, trepo só com mulher, tenho jeito de macho msm, 60 kg e magro. Procuro outros caras que curtam esse lance de amassos sem trepar homem com homem, ou seja, de msm perfil que o meu pra poder trocar umas ideias, de macho para macho, zuar e quem sabe tocar uma juntos se morar por perto...", finaliza Lucas.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 8

Além dos sites já citados, no Facebook também é possível encontrar páginas para G0ys, uma delas conta com mais de 3 mil seguidores. Dentro do Facebook é possível encontra Joseph Campestri, de 30 anos, que é um divulgador do movimento nas redes sociais. O homem estudo Sociologia e mora atualmente em Brasília. Ele é o criador da bandeira G0y, que tem sido utilizado no mundo inteiro por pessoas que se identificam com o movimento. Campestri é homossexual, mas entende que o movimento é composto em sua grande maioria por héteros não-normativos.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 9

Joseph também entende que para eles, os g0ys entendem que o sexo anal é totalmente prejudicial ao corpo, mas que não existe nada contra aos que praticam e estão felizes e saudáveis. E o movimento também condena sexo anal com mulheres. Portanto, ele considera que a prática anal é irrelevante e também não há a sua necessidade. Em setembro deste ano, houve o 1º Encontro Nacional Goy, dos 7 a 9 de setembro em Itatiba, São Paulo. O local contava com área de camping, estacionamento, churrasqueira, mesa de jogos, etc.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 10

Segundo os organizadores seria inclusive oferecido translado gratuiro de São Paulo até o local de destino. E você poderia inclusive ir em caravana, sozinho ou em dupla (casal, com um deles sendo hetero-goy). Os valores iam de R$ 70 a R$120 reais no primeiro lote. Depois foi aberto um segundo lote para atender todos os interessados no evento. Com o sucesso dele é bem capaz de haver outros para o mesmo público no ano que vem. Foi anunciada a abertura de um local para o público G0y em São Paulo, uma espécie de pub na região do Arouche. O local funcionará no antigo Blackout Club. E já foi dito que o lugar permitirá a entrada de mulheres e casais.

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 11

Sobre o site heterogoy, que divulgava o evento citado, é possível também consultar algumas dúvidas e perguntas frequentes como: "Eu não consigo entender a diferença entre um homem g0y e um bissexual. Qual a diferença entre um hétero-goy e um bissexual?" ou "Um hetero-goy pode amar um outro homem?". Estas são apenas algumas das dúvidas citadas, mas por ser um movimento que não tem nem ao menos 20 anos há muito mais dúvidas no local. Além da pouca idade do movimento, a curiosidade pela experimentação também pode levar à algumas dúvidas que os donos do site se propõem a responder.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube!
Imagens: Facebook / Twitter

Conheça os G0ys: homens que se relacionam com outros homens, mas não gays 12

Não perca o novo vídeo do nosso canal do Youtube! Os nossos hábitos e maniais podem até nos incomodar um pouco, mas como fazem parte da rotina, não costumamos pensar muito neles. Ainda assim, você já imaginou quanto nossas vidas podem melhorar se mudarmos pequenas atitudes que repetimos todos os dias?? Talvez você possa começar por estas cinco:

118
O que você acha?! Juntar-se à conversa

Como Se Lembrar das Suas Vidas Passadas