Incrível!Polêmico

Publicado 2018-10-29
0 Comentário

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável?

O costume de chamar animais de filhos está se tornando cada vez mais difundido. No entanto, mesmo que esse comportamento pareça inofensiva para as pessoas que agem dessa maneira, surgiu recentemente um "especialista" expressando preocupação, dizendo que este comportamento poderia estar dando indicações de transtornos mentais... Será que isso procede? O debate é polêmico e por isso contamos tudo para você logo abaixo.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 1

O argumento sobre os "filhos pet" reforça que dar o mesmo carinho a um animal de estimação que deveria ser dado a um filho é bastante prejudicial. De fato, essas declarações alarmaram um pouco os especialistas em sociologia e psicologia. Toda vez que há mais pessoas que querem tratar seus animais de estimação como se fossem pessoas, as relações interpessoais são ameaçadas. Isso sem mencionar o boom que ocorreu com a chegada dos smartphones e redes sociais.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 2

Não perca o novo vídeo do nosso canal do Youtube! Você sabia que a história da Mulan não veio da cabeça de produtores da Disney? Pois é, não só ela como outros personagens são baseados em pessoas impressionantes que provavelmente vivido e deixado suas marcas no passado. Contudo, particularidades das histórias de cada um tornam a existência deles um mistério. Quer saber mais? Confira neste vídeo:

Essa prática de transferir características humanas a um animal faz com que a pessoa acabe depositando grandes expectativas no próprio bichinho. Além disso, aqueles que em algum momento desejam se tornar pais e criar uma família estariam criando "uma enorme barreira" para possíveis pretendentes. Inconscientemente, é como se dissessem para todo mundo que ninguém seria capaz de cumprir com as expectativas de uma pessoa dessas.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 3

A discussão surgiu com Moisés Heiblum, especialista da UNAM (Universidade Nacional Autônoma do México) e é realmente uma mudança de perspectiva. Fato é que existem pessoas cujas práticas podem ser preocupantes chegando ao ponto de vestirem seus animais em trajes humanos para participar de eventos importantes, como casamentos, aniversários, formaturas, etc. Sem perceber, acreditando que estão fazendo bem ao seu bichinho, eles estariam na verdade prejudicando, segundo Moisés.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 4

Até agora, um grande número de pessoas solteiras e até casais vem adotando essa prática que aparentemente não é muito saudável. Mas, isso não só deixa o contexto convencional, mas pode gerar problemas comportamentais no animal e, por sua vez, também criar um círculo vicioso de co-dependência entre o animal de estimação e dono ou dona. Para isso, Heiblum, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da maior organização de estudos mexicana, resolveu fazer uma análise profunda, dividindo seu argumento em diversas partes para defender sua posição.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 5

Embora seja verdade que cada indivíduo e cada casal é livre para fazer o que quiser com seu dinheiro e tempo, contanto que não afete terceiros, a situação é alarmante, pois muitos casais que já moram juntos decidiram adotar um animal de estimação. como um filho, antes de ter um real. As implicações psicológicas que essa decisão envolve preocupa sociólogos e psicólogos. Para quem já tem problemas em se relacionar com outras pessoas, isso não traz nenhum benefício e pode acabar aumentando ainda mais essa distância. Nota do editor: talvez essa seja realmente a intenção! Para de ser chato Heiblun

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 6

Existem certos sinais que podem indicar que já existe um distúrbio psicológico por causa de um " filho cachorro" ou "filho gato", porque este estudo não se aplica apenas a cachorros, mas pode ser considerado igualmente sério com qualquer outro animal de estimação ao qual sejam atribuídos traços humanos. Neste sentido, hoje em dia, restaurantes, creches, salões de beleza, entre outros estabelecimentos dedicados exclusivamente a animais de estimação, tornaram-se na moda além de muito rentáveis.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 7

Entre os sinais mais agudos desse tal de "distúrbio psicológico" relacionado ao tratamento humano dado a um animal de estimação estão, segundo ele, o fato de chamar o animal de "meu bebê" e tirar selfies com seu pet como se ele fosse uma criança. Mas, juntamente com as questões psicológicas envolvidas, há também especialistas que consideram esse comportamento como abuso animal. Por outro lado, aqueles que se comportam dessa maneira se defendem com o argumento mais simples de todo: que isso não passa de carinho.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 8

Da mesma forma, a prática de comprar roupas para seu bichinho como se fosse um ser humano também poderia implicar um distúrbio de acordo com o especialista da UNAM. Mas, como mencionamos anteriormente, Heiblum não é o único que acredita que esse é um comportamento abusivo. César Millán, mais conhecido como "o encantador de cães", diz que tratar nossos animais de estimação como se fossem nossos filhos, ou simplesmente dar-lhes características humanas é, em certo sentido, um tipo de abuso animal.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 9

De acordo com o renomado apresentador de televisão, fingir que nossos animais de estimação são parte de nossa família humana pode fazer com que eles se sintam inseguros, frustrados, ansiosos e possam até levá-los a perder sua própria identidade. Por outro lado, conviver com outros animais que são tratados como tal pode ser extremamente complicado.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 10

Outro aspecto não muito saudável deste tipo de vínculo é que, tratando o animal como um bebê, você está "encorajando" ele a se tornar dependente de seu dono. Ao mesmo tempo, como sugerimos antes, embora não acreditemos nisso, mesmo no mundo animal existe algo semelhante dos humanos, conhecido por alguns anos como "bullying". Assim, tornando nossos animais de estimação dependentes e inseguros, nós os tornamos alvos fáceis para outros cães se aproveitarem.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 11

Esse apego emocional excessivo pode levar o animal a entrar em um estado de ansiedade. Quando o dono não está em casa, pode ser bastante comum que esses animais comecem a roer, morder, destruir e causar desastres em casa. O "especialista" sugere cautela para saber distinguir o amor e carinho que temos, mas sem esquecer que é um animal de estimação e não uma criança. Isso, longe de prejudicá-los, os ajudará a se sentir seguros e com sua identidade e papel familiar muito claros.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 12

Quando um animal da família se sente superprotegido e mimado ao extremo, ele não é capaz de saber por quê, mas sua frustração o leva à ansiedade manifestada na destruição, raiva e até mesmo na depressão. É bom ficar de olho se de repente seu animal adoeça ou pare de comer de forma inexplicável e súbita. Não vale generalizar e achar que essas mudanças súbitas estão sempre relacionadas a problemas emocionais, deixe para que um veterinário seja o único profissional capaz de emitir qualquer diagnóstico.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 13

Os casos extemos pode gerar uma interdependência entre o animal de estimação e seu dono e como tudo que é extremo, não faz bem. De fato, esse conselho se aplica bem a qualquer esfera da sua vida. Ainda existem muitas pessoas que não estão cientes dessas ocorrências extremas e acabam tratando isso como algo normal. Alguns deles chegam aos consultórios psicológicos por algum sintoma de ansiedade e não notam a raiz da ocorrência.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 14

Nesse caso, aqueles que entram nesse tipo de dinâmica justificam isso sob o argumento de que os animais de estimação "já são familiares". É muito importante estar ciente disso para não causar danos aos animais, integrando-os erroneamente aos "rituais" da cultura humana. Animais de estimação, além de não precisarem passar fome ou sede, bem como ter um ambiente seguro, requerem amor e responsabilidade, Não há nada de errado em tratá-los como animais, porque finalmente é isso que eles são, mesmo sendo muito queridos para nós.

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 15

Deve-se notar que nós mesmos somos animais, mas há algo que nos distingue do resto de nossas espécies, que é o registro da própria história, cultura e raciocínio lógico. Seria bom, então, fazer uso disso neste assunto. Todos são livres para escolher a vida que querem dar a seus animais de estimação, mas é importante deixar claro que, por mais que pretendamos, fazendo-os acreditar que eles são nossos "filhos", eles nunca serão.

Se você gostou deste artigo, deixe um comentário em nossa página! Compartilhe com os seus amigos e não esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube!
Fonte: Instagram / Facebook / Twitter

Tratar um animal como um filho pode indicar que você não está mentalmente saudável? 16

Não perca o novo vídeo do nosso canal do Youtube! Completar 30 anos, ser mulher e ser solteira é algo normal em qualquer país ocidental. Agora, se formos para a China, esses três fatores combinados são quase uma humilhação para a mulheres e para sua família. Por quê? Entenda neste vídeo:

322
O que você acha?! Juntar-se à conversa
Já Temos Spoilers Sobre "A Longa Noite", Série Derivada de Game Of Thrones