0 Comentário

YOKO ONO e JOHN LENNON: Os Bastidores do Casal

Desde que se conheceram, John e Yoko viveram uma verdadeira história de amor, encontrando paz em uma vida agitada. Por mais que muita gente culpe Yoko pela separação dos Beatles, a história real é bem diferente disso, por isso é que vamos contar tudo sobre esta linda história de amor entre Yoko Ono e John Lennon! Se você é fã, já compartilha esse artigo, curta nossa página!

A história de como John Lennon e Yoko Ono se conheceram tem um monte de versões diferentes, mas o que todas tem em comum é que eles se conheream em no início de novembro de 1966. O que Paul McCartney disse sobre esse primeiro encontro é que Yoko estava colaborando com o músico John Cage em um livro sobre compositores, e por isso, Yoko pediu a ajuda de Paul McCartney para ter acesso as as partituras originais de algumas das músicas da banda. Entretanto ele disse a Yoko para falar diretamente com Lennon, que imediatamente se interessou pela artista.

[clicknext]Veja mais na página seguinte. [/clicknext

YOKO ONO e JOHN LENNON: Os Bastidores do Casal 1

Mas a ordem dos fatores não altera o resultado nesse caso, se formos levar em conta a versão de Lennon apresentou em diversas entrevistas. Em 7 de novembro de 1966, John foi a uma galeria de arte de vanguarda em Londres. Naquela noite, a exposição interativa de Yoko Ono estava sendo exposta e quando eles se cruzaram, ela entregou a Lennon um cartão com a palavra "Breathe", "Respire". Ele ficou impressionado com o trabalho de Yoko. Para Lennon, a vanguarda da época era uma arte deprimente e muito negativa, e quando conheceu o trabalho de Yoko, ele mudou de opinião e logo depois, eles terminaram se amando loucamente.

YOKO ONO e JOHN LENNON: Os Bastidores do Casal 2

Meses depois, em maio de 1968, a então esposa de Lennon, (20) Cynthia, viajou até a Grécia com alguns amigos, e foi nesse momento que Ono se encontrou com John em sua casa, no sul da Inglaterra. Sob o pretexto de criarem um álbum de sons experimentais, eles terminaram produzindo sons do amor, se é que você me entende. Eles chegaram a gravar o álbum experimental "Two Virgins", que foi publicado no mesmo ano com mais outras inúmeras colaborações entre os dois artistas. Alguns dias depois, Cynthia retornou de viagem e viu Yoko vestido sua camisola, e assim se deu o fim do casamento de Cynthia e Lennon, que durou 6 anos. Yoko, que até então também tinha sido casada por 6 anos com o produtor de cinema, Anthony Cox, preencheu os papéis do divórcio um ano depois, em 1969.

[clicknext]Veja mais na página seguinte. [/clicknext

Foi assim que Lennon e Yoko se tornaram almas inseparáveis, apesar da grande polêmica que criaram entre os fãs de John Lennon, por causa da separação dos Beatles. Durante os últimos anos dos Beatles, Yoko frequentou os ensaios do grupo em Abbey Road, sendo a única pessoa fora da banda ou do time de produtores a frequentar esses ensaios, por causa da insistência dela. No entanto, Paul McCartney lembra disso com muito carinho, e cheogu a negar que Yoko seria o motivo da separação da banda. Segundo ele, todos respeitavam o amor profundo de Lennon e Yoko.

YOKO ONO e JOHN LENNON: Os Bastidores do Casal 3

Finalmente, em 20 de maio de 1969, eles se casaram em Gibraltar, em uma cerimônia secreta que durou dez minutos. Mas o que foi segredo foi a lua de mel que o casal teve no hotel Hilton em Amsterdã. Os recém-casados ​​organizaram uma espécie de performance artística chamada "Bed-In", que consistiu em passar uma semana na cama com a intenção de deixar crescer o cabelo e rezar pela paz mundial. Devemos lembrar que estavam no meio da Guerra do Vietnã e o casal convocou a imprensa internacional para seu quarto de hotel para conversar durante 12 horas por dia sobre a paz e protestar contra conflitos presentes em todo o planeta, bem como cantando músicas pacifistas. No início a mídia foi a loucura para fazer a cobertura dos detalhes de um dos casais mais falados do século XX, mas depois de alguns dias, ficaram desapontados com o que viram lá.

[clicknext]Veja mais na página seguinte. [/clicknext

YOKO ONO e JOHN LENNON: Os Bastidores do Casal 4

Desde então, Yoko foi o suporte na vida de John, por causa da pressão de ser uma das pessoas mais famosas da Terra, e, parte pela ajuda de sua esposa, ele se livrou de vários vícios que o destruíam pouco a pouco e, finalmente, ele foi capaz de se reconciliar com os membros dos Beatles. Novamente, nos baseamos no que foi relatado por Paul McCartney que disse que sem Yoko Ono, John Lennon nunca teria escrito as músicas "Don't Let Me Down", "Imagine" e "Woman". Logo, Yoko Ono não só contribuiu para a paz de espírito e estabilidade emocional do marido, mas também para seu legado.

YOKO ONO e JOHN LENNON: Os Bastidores do Casal 5

Mesmo assim, a personalidade forte de cada um deles fez com que se separassem em 1973, e até 1975, Lennon estava namorando a assistente pessoal May Pang. O mais incrível de tudo é que Ono deu sua bênção, e foi ela que sugeriu que John ficasse com May. Yoko precisava de espaço em seu relacionamento e Lennon pode ver o amor por outra perspectiva. Mas isso não é tudo pessoal, John e Yoko retomaram o romance sem qualquer ressentimento e, em 1975, seu filho, Sean Lennon, nasceu. Foi em 8 de dezembro de 1980, quando a fotógrafa Annie Leibovitz, que veio em nome da revista Rolling Stone, capturou a foto do último beijo de John e Yoko. Ela vestida de preto e John encostado sobre ela, totalmente nu. Uma metáfora para a importância do apoio de Yoko na vida de John Lennon. Horas depois, o cantor foi morto em frente a seu apartamento, por um fã alucinado, tirando de Yoko Ono o homem de sua vida. Acha que ela realmente teve culpa pela separação dos Beatles? Diga aí nos comentários e se você ainda não conhece nosso canal no YouTube, se increve lá também!

YOKO ONO e JOHN LENNON: Os Bastidores do Casal 6
0
O que você acha?! Juntar-se à conversa
 Por Onde Anda ANA PAULA ARÓSIO em 2019?